Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 22 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

soraiapedrozo@dgabc.com.br | 4435-8057

Desmatamento reforça posição contrária a acordo Mercosul-UE, diz premiê francês



18/09/2020 | 13:30


O primeiro-ministro da França, Jean Castex, usou nesta sexta-feira sua conta oficial no Twitter para declarar a oposição do país a um acordo comercial entre Mercosul e União Europeia. Em sua mensagem, ele falou sobre a destruição de florestas, sem especificar locais.

A publicação é feita no dia em que o presidente Jair Bolsonaro faz uma viagem ao Mato Grosso, na qual ele criticou países que reclamam do Brasil, mas já teriam queimado tudo em suas próprias nações.

"O desmatamento coloca em perigo a biodiversidade e perturba o clima", afirmou Castex.

Ele citou um relatório elaborado por Stefan Ambec, que segundo o premiê reforça a posição do governo francês de se opor ao pacto entre os dois blocos, em seu modelo atual. "A coerência dos compromissos ambientais do nosso país e da Europa depende disso", argumentou.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Desmatamento reforça posição contrária a acordo Mercosul-UE, diz premiê francês


18/09/2020 | 13:30


O primeiro-ministro da França, Jean Castex, usou nesta sexta-feira sua conta oficial no Twitter para declarar a oposição do país a um acordo comercial entre Mercosul e União Europeia. Em sua mensagem, ele falou sobre a destruição de florestas, sem especificar locais.

A publicação é feita no dia em que o presidente Jair Bolsonaro faz uma viagem ao Mato Grosso, na qual ele criticou países que reclamam do Brasil, mas já teriam queimado tudo em suas próprias nações.

"O desmatamento coloca em perigo a biodiversidade e perturba o clima", afirmou Castex.

Ele citou um relatório elaborado por Stefan Ambec, que segundo o premiê reforça a posição do governo francês de se opor ao pacto entre os dois blocos, em seu modelo atual. "A coerência dos compromissos ambientais do nosso país e da Europa depende disso", argumentou.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;