Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 27 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

|

Vídeo de Marisa gera polêmica em Ribeirão

Um vídeo divulgado nas redes sociais tendo a candidata do Solidariedade à Prefeitura de Ribeirão Pires, Marisa das Casas Próprias


Raphael Rocha

18/09/2020 | 00:11


Um vídeo divulgado nas redes sociais tendo a candidata do Solidariedade à Prefeitura de Ribeirão Pires, Marisa das Casas Próprias, foi o comentário do dia na roda política da cidade. O material apresenta Marisa voando sobre o município, com uma foca às costas – que ela chama de ‘fofoquinha’ –, dizendo que ela vai comandar a cidade para limpar o município. O vídeo por si só já havia gerado os mais diversos comentários, mas a coisa descambou quando o grupo Fofoqueiros de Ribeirão Pires, no Facebook, publicou uma montagem do original. Além de trocar a trilha sonora, escreveu: “Cuidado, a bruxa ‘tá’ solta em Ribeirão Pires”. O rebuliço foi completo porque Emerson Muzeli, que tem trabalhado para Marisa e é uma das mentes criativas dos vídeos, sugeriu processar o administrador do grupo. “Nossa medida será bruxesca”, escreveu ele. Muzeli foi diretor do programa Adnight Show, na TV Globo, que teve como protagonista o humorista Marcelo Adnet. Ele foi acusado de tentativa de censura, o que rechaçou, dizendo ser autor da peça publicitária e que não deu autorização para modificações.

Impasse – 1
O PTB nacional anulou as convenções de diretórios que não seguiram as orientações da cúpula nacional, entre elas em São Bernardo. O presidente nacional do PTB, Roberto Jefferson, havia determinado o impedimento de alianças com o PT, mas, em São Bernardo, a legenda petebista não só se coligou ao petismo como indicou o vice do ex-prefeito Luiz Marinho, candidato petista na eleição – a advogada Ana Paula Lupino (PTB) foi destacada para a função. A mesma decisão foi aplicada nas cidades de Osasco, Presidente Prudente, Fortaleza e Salvador. A coordenação jurídica de Marinho avalia que é possível reverter qualquer impedimento, uma vez que o acerto teve aval do presidente paulista do PTB, deputado estadual Campos Machado.

Impasse – 2
Diante da decisão da cúpula nacional, ligou o sinal de alerta também na campanha do vereador Marcelo Oliveira, candidato do PT à Prefeitura de Mauá. Isso porque o partido recebeu o apoio do ex-deputado federal Wagner Rubinelli (PTB), que retirou sua candidatura ao Paço para dar suporte ao projeto do petismo. Diferentemente de São Bernardo, porém, o PTB não tem função na chapa majoritária – a vice de Marcelo será a ex-primeira-dama Celma Dias (PT), mulher do ex-prefeito Oswaldo Dias (PT).

Expectativa
Prefeiturável em Santo André, o vereador Sargento Lobo (Patriota) promete divulgar hoje quem será o companheiro de chapa na eleição deste ano. Ele tem dito que mantém conversas com outras legendas e que há tempo para composição. Mas avisou que o vice precisará ter a mesma linha dele: conservadora, defendendo o governo do presidente da República, ligada à igreja, nas suas denominações, e respeitando a base central, a família tradicional.

Escolha
Candidato do PSL ao Paço de Mauá, o vereador Professor Betinho escolheu Dante Mesquita Junior (PSL), conhecido como Tenente Mesquita, para ocupar a vaga de vice em sua chapa. A escolha por Mesquita, que é policial militar da reserva, vai ao encontro com a identidade que o PSL construiu desde a eleição do presidente Jair Bolsonaro, que deixou a sigla no ano passado a fim de asfaltar a criação de nova legenda, o Aliança pelo Brasil. “O Tenente Mesquita é bacharel em direito, pós-graduado em direito militar, é atleta, pastor evangélico e morador do Jardim Zaíra. Tem um currículo grande. É uma pessoa capacitada, tanto tecnicamente quanto emocionalmente. É uma pessoa que vai trabalhar muito, sobretudo na área da segurança na nossa cidade, que é uma das mais deficitárias”, frisou Betinho.

Homologação
O PTC homologou a pré-candidatura de Alex Arrais à Prefeitura de Santo André. Em ato realizado terça-feira na sede do partido, o nome de Arrais foi oficializado na disputa majoritária. A ata, em aberto, não registra o postulante a vice, que tende a ser escolhido perto do prazo limite – dia 26 de setembro. “Ainda estamos em conversas”, pontuou o pré-candidato. A sigla está isolada no páreo, sem coligações. Arrais, 45 anos, é diretor comercial e morador do Parque Gerassi, na região do Centreville. 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Vídeo de Marisa gera polêmica em Ribeirão

Um vídeo divulgado nas redes sociais tendo a candidata do Solidariedade à Prefeitura de Ribeirão Pires, Marisa das Casas Próprias

Raphael Rocha

18/09/2020 | 00:11


Um vídeo divulgado nas redes sociais tendo a candidata do Solidariedade à Prefeitura de Ribeirão Pires, Marisa das Casas Próprias, foi o comentário do dia na roda política da cidade. O material apresenta Marisa voando sobre o município, com uma foca às costas – que ela chama de ‘fofoquinha’ –, dizendo que ela vai comandar a cidade para limpar o município. O vídeo por si só já havia gerado os mais diversos comentários, mas a coisa descambou quando o grupo Fofoqueiros de Ribeirão Pires, no Facebook, publicou uma montagem do original. Além de trocar a trilha sonora, escreveu: “Cuidado, a bruxa ‘tá’ solta em Ribeirão Pires”. O rebuliço foi completo porque Emerson Muzeli, que tem trabalhado para Marisa e é uma das mentes criativas dos vídeos, sugeriu processar o administrador do grupo. “Nossa medida será bruxesca”, escreveu ele. Muzeli foi diretor do programa Adnight Show, na TV Globo, que teve como protagonista o humorista Marcelo Adnet. Ele foi acusado de tentativa de censura, o que rechaçou, dizendo ser autor da peça publicitária e que não deu autorização para modificações.

Impasse – 1
O PTB nacional anulou as convenções de diretórios que não seguiram as orientações da cúpula nacional, entre elas em São Bernardo. O presidente nacional do PTB, Roberto Jefferson, havia determinado o impedimento de alianças com o PT, mas, em São Bernardo, a legenda petebista não só se coligou ao petismo como indicou o vice do ex-prefeito Luiz Marinho, candidato petista na eleição – a advogada Ana Paula Lupino (PTB) foi destacada para a função. A mesma decisão foi aplicada nas cidades de Osasco, Presidente Prudente, Fortaleza e Salvador. A coordenação jurídica de Marinho avalia que é possível reverter qualquer impedimento, uma vez que o acerto teve aval do presidente paulista do PTB, deputado estadual Campos Machado.

Impasse – 2
Diante da decisão da cúpula nacional, ligou o sinal de alerta também na campanha do vereador Marcelo Oliveira, candidato do PT à Prefeitura de Mauá. Isso porque o partido recebeu o apoio do ex-deputado federal Wagner Rubinelli (PTB), que retirou sua candidatura ao Paço para dar suporte ao projeto do petismo. Diferentemente de São Bernardo, porém, o PTB não tem função na chapa majoritária – a vice de Marcelo será a ex-primeira-dama Celma Dias (PT), mulher do ex-prefeito Oswaldo Dias (PT).

Expectativa
Prefeiturável em Santo André, o vereador Sargento Lobo (Patriota) promete divulgar hoje quem será o companheiro de chapa na eleição deste ano. Ele tem dito que mantém conversas com outras legendas e que há tempo para composição. Mas avisou que o vice precisará ter a mesma linha dele: conservadora, defendendo o governo do presidente da República, ligada à igreja, nas suas denominações, e respeitando a base central, a família tradicional.

Escolha
Candidato do PSL ao Paço de Mauá, o vereador Professor Betinho escolheu Dante Mesquita Junior (PSL), conhecido como Tenente Mesquita, para ocupar a vaga de vice em sua chapa. A escolha por Mesquita, que é policial militar da reserva, vai ao encontro com a identidade que o PSL construiu desde a eleição do presidente Jair Bolsonaro, que deixou a sigla no ano passado a fim de asfaltar a criação de nova legenda, o Aliança pelo Brasil. “O Tenente Mesquita é bacharel em direito, pós-graduado em direito militar, é atleta, pastor evangélico e morador do Jardim Zaíra. Tem um currículo grande. É uma pessoa capacitada, tanto tecnicamente quanto emocionalmente. É uma pessoa que vai trabalhar muito, sobretudo na área da segurança na nossa cidade, que é uma das mais deficitárias”, frisou Betinho.

Homologação
O PTC homologou a pré-candidatura de Alex Arrais à Prefeitura de Santo André. Em ato realizado terça-feira na sede do partido, o nome de Arrais foi oficializado na disputa majoritária. A ata, em aberto, não registra o postulante a vice, que tende a ser escolhido perto do prazo limite – dia 26 de setembro. “Ainda estamos em conversas”, pontuou o pré-candidato. A sigla está isolada no páreo, sem coligações. Arrais, 45 anos, é diretor comercial e morador do Parque Gerassi, na região do Centreville. 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;