Fechar
Publicidade

Domingo, 27 de Setembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Grêmio perde da Universidad Católica e vê Inter líder do grupo na Libertadores



16/09/2020 | 23:35


Em seus 117 anos de gloriosa história, festejada na terça-feira, o Grêmio pode deixar esta quarta-feira à noite de fora de seus registros. Com uma atuação abaixo da crítica, o time do técnico Renato Gaúcho perdeu, por 2 a 0, para a Universidad Católica, em Santiago, pela terceira rodada do Grupo E da Copa Libertadores.

Além da derrota, o tricolor gaúcho viu seu maior rival vencer o América de Cali e assumir a liderança isolada da chave, com sete pontos, três a sua frente. Universidad Católica e América somam três pontos cada.

O Grêmio repetiu nos primeiros 45 minutos o mesmo futebol descompromissado dos últimos jogos. Resultado: 2 a 0 para a Universidad Católica. E foi pouco. A desvantagem poderia ter sido muito maior se Vanderlei não fizesse pelo menos três boas defesas e tivesse a ajuda da trave.

Com muita movimentação no ataque e troca de passes rápida, os chilenos envolveram com facilidade a zaga gremista desde o primeiro minuto, quando Puch conseguiu a primeira finalização, bem neutralizada pelo goleiro gaúcho.

O time de Renato Gaúcho em nada lembrou o time de anos atrás que sabia pressionar o adversário também fora de casa. Com uma marcação frouxa, deu espaços para a equipe chilena criar oportunidades em sequência e foi omisso nos contra-ataques.

Com isso, o gol do time da casa sairia normalmente. E foi o que aconteceu no fim da primeira etapa, coincidentemente à saída de Geromel (machucado). Aos 43 minutos, Rebolledo cruzou da esquerda, Lezcano desviou e Zampedri fuzilou Vanderlei: 1 a 0.

O gol deu grande moral para os chilenos, que ainda conseguiram o segundo gol antes do intervalo. Aos 45, Piñares recebeu nas costas de Rodrigues, deu belo drible em Vanderlei e completou para as redes.

Se Renato Gaúcho não festejou nenhum gol no primeiro tempo, pelo menos ficou aliviado com o apito final do árbitro argentino Dario Herrera. O treinador sabia que seria impossível o Grêmio repetir a nulidade do primeiro tempo.

Logo aos cinco minutos, o técnico gremista colocou Robinho e Ferreira em campo e a equipe deu um suspiro, que durou pouco. Logo a Universidad Católica retomou as rédeas do jogo e seguiu colecionando boas oportunidades, mas Zampedri, Aued e Núñez desperdiçaram.

Renato continuou a mudar o Grêmio, com as entradas de Rildo e Guilherme Azevedo, mas nada de produtivo foi feito em campo. A Universidad continuou mais perigosa, por intermédio do fôlego inesgotável de Fuenzalida, que sempre deixou a zaga gaúcha em sinal de alerta. Para completar a trágica noite do Grêmio, David Braz recebeu o segundo cartão amarelo e foi expulso.

FICHA TÉCNICA

UNIVERSIDAD CATÓLICA 2 X 0 GRÊMIO

UNIVERSIDAD CATÓLICA - Dituro; Fuenzalida, Lanaro, Huerta e Rebolledo; Saavedra (Francisco Silva), Pinares (Marcelino Núñez) e Aued; Lezcano (Munder), Zampedri (Valencia) e Puch (Buonanotte). Técnico: Ariel Holan.

GRÊMIO - Vanderlei; Orejuela, Pedro Geromel (Rodrigues), David Braz e Bruno Cortez; Darlan (Guilherme Azevedo), Matheus Henrique, Alisson (Rildo) e Isaque (Ferreira); Luiz Fernando (Robinho) e Diego Souza. Técnico: Renato Gaúcho.

GOLS - Zampedri aos 43 e Pinares aos 45 minutos do primeiro tempo.

ÁRBITRO - Dario Herrera (ARG).

CARTÃO AMARELO - Zampedri.

CARTÃO VEERMELHO - David Braz.

RENDA E PÚBLICO - Jogo disputado com portões fechados.

LOCAL - Estádio San Carlos de Apoquindo, em Santiago.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Grêmio perde da Universidad Católica e vê Inter líder do grupo na Libertadores


16/09/2020 | 23:35


Em seus 117 anos de gloriosa história, festejada na terça-feira, o Grêmio pode deixar esta quarta-feira à noite de fora de seus registros. Com uma atuação abaixo da crítica, o time do técnico Renato Gaúcho perdeu, por 2 a 0, para a Universidad Católica, em Santiago, pela terceira rodada do Grupo E da Copa Libertadores.

Além da derrota, o tricolor gaúcho viu seu maior rival vencer o América de Cali e assumir a liderança isolada da chave, com sete pontos, três a sua frente. Universidad Católica e América somam três pontos cada.

O Grêmio repetiu nos primeiros 45 minutos o mesmo futebol descompromissado dos últimos jogos. Resultado: 2 a 0 para a Universidad Católica. E foi pouco. A desvantagem poderia ter sido muito maior se Vanderlei não fizesse pelo menos três boas defesas e tivesse a ajuda da trave.

Com muita movimentação no ataque e troca de passes rápida, os chilenos envolveram com facilidade a zaga gremista desde o primeiro minuto, quando Puch conseguiu a primeira finalização, bem neutralizada pelo goleiro gaúcho.

O time de Renato Gaúcho em nada lembrou o time de anos atrás que sabia pressionar o adversário também fora de casa. Com uma marcação frouxa, deu espaços para a equipe chilena criar oportunidades em sequência e foi omisso nos contra-ataques.

Com isso, o gol do time da casa sairia normalmente. E foi o que aconteceu no fim da primeira etapa, coincidentemente à saída de Geromel (machucado). Aos 43 minutos, Rebolledo cruzou da esquerda, Lezcano desviou e Zampedri fuzilou Vanderlei: 1 a 0.

O gol deu grande moral para os chilenos, que ainda conseguiram o segundo gol antes do intervalo. Aos 45, Piñares recebeu nas costas de Rodrigues, deu belo drible em Vanderlei e completou para as redes.

Se Renato Gaúcho não festejou nenhum gol no primeiro tempo, pelo menos ficou aliviado com o apito final do árbitro argentino Dario Herrera. O treinador sabia que seria impossível o Grêmio repetir a nulidade do primeiro tempo.

Logo aos cinco minutos, o técnico gremista colocou Robinho e Ferreira em campo e a equipe deu um suspiro, que durou pouco. Logo a Universidad Católica retomou as rédeas do jogo e seguiu colecionando boas oportunidades, mas Zampedri, Aued e Núñez desperdiçaram.

Renato continuou a mudar o Grêmio, com as entradas de Rildo e Guilherme Azevedo, mas nada de produtivo foi feito em campo. A Universidad continuou mais perigosa, por intermédio do fôlego inesgotável de Fuenzalida, que sempre deixou a zaga gaúcha em sinal de alerta. Para completar a trágica noite do Grêmio, David Braz recebeu o segundo cartão amarelo e foi expulso.

FICHA TÉCNICA

UNIVERSIDAD CATÓLICA 2 X 0 GRÊMIO

UNIVERSIDAD CATÓLICA - Dituro; Fuenzalida, Lanaro, Huerta e Rebolledo; Saavedra (Francisco Silva), Pinares (Marcelino Núñez) e Aued; Lezcano (Munder), Zampedri (Valencia) e Puch (Buonanotte). Técnico: Ariel Holan.

GRÊMIO - Vanderlei; Orejuela, Pedro Geromel (Rodrigues), David Braz e Bruno Cortez; Darlan (Guilherme Azevedo), Matheus Henrique, Alisson (Rildo) e Isaque (Ferreira); Luiz Fernando (Robinho) e Diego Souza. Técnico: Renato Gaúcho.

GOLS - Zampedri aos 43 e Pinares aos 45 minutos do primeiro tempo.

ÁRBITRO - Dario Herrera (ARG).

CARTÃO AMARELO - Zampedri.

CARTÃO VEERMELHO - David Braz.

RENDA E PÚBLICO - Jogo disputado com portões fechados.

LOCAL - Estádio San Carlos de Apoquindo, em Santiago.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;