Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 29 de Setembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

São Caetano libera visitas aos cemitérios municipais

Nario Barbosa/DGABC Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Portões ficaram abertos todos os dias, das 8h às 16h; velórios e sepultamentos na região seguem medidas contra Covid-19


Bia Moço
Do Diário do Grande ABC

16/09/2020 | 00:01


Os cemitérios municipais de São Caetano foram reabertos ontem para visitação pública, com horário de funcionamento mais restrito, sendo permitida a entrada da população das 8h às 16h. Os espaços estavam operando somente para sepultamentos e velórios desde abril, como medida de prevenção contra a Covid-19.
A equipe de reportagem foi até o Cemitério da Saudade, no bairro Cerâmica, na tarde de ontem, e, embora os portões estivessem abertos para que as famílias pudessem visitar os túmulos de seus entes queridos, não havia ninguém no local além dos funcionários, que declararam que não houve movimento ao longo do dia. Os profissionais, que varriam o terreno, explicaram que têm tomado todos os cuidados necessários, não só com eles, mas também para que a população possa sentir-se mais segura. Além do uso de máscaras, os coveiros contaram que o cemitério está sendo higienizado para evitar a proliferação do vírus.

Por causa da pandemia, os sepultamentos seguirão sem a utilização da capela para velório, podendo reunir, no máximo, dez pessoas. Os visitantes deverão, obrigatoriamente, usar máscaras e seguir os protocolos de higienização. O velório municipal permanecerá liberado para cerimônias rápidas para até cinco pessoas.
Diretor da Sesurb (Secretaria de Serviços Urbanos), responsável também pelo serviço funerário, Jeferson Soares explicou que a decisão de reabrir a visitação nos cemitérios foi pensando em maneira de amenizar a dor das famílias em luto, sobretudo aquelas que não puderam se despedir de pessoas queridas e também aos que não puderam visitar túmulos em datas especiais celebradas nos últimos meses. “Como o Estado todo de São Paulo se encontra na Fase Amarela do Plano São Paulo, houve consenso em reabrir os cemitérios municipais, sempre resguardando as medidas de segurança e higienização”, explicou Soares.

Segundo o diretor da pasta, entre as medidas de prevenção de contágio e transmissão do novo coronavírus, a Prefeitura realizou a higienização geral, dentro e no entorno dos cemitérios da cidade. “ Além disso, disponibilizamos álcool gel aos frequentadores, tanto no velório como nos cemitérios. Não serão permitidas aglomerações de pessoas e entrada de visitantes deverá ser com o uso de máscaras obrigatório, sempre mantendo distanciamento”, finalizou Soares.

NOVAS REGRAS
Para prevenir a exposição da população ao vírus, há cinco meses a rotina dos velórios e cemitérios da região foram modificadas. As indicações, porém, permanecem as mesmas nas sete cidades do Grande ABC. Se o óbito for por confirmação ou suspeita de Covid-19, os caixões são lacrados e o sepultamento é instantâneo. Se a morte não tiver relação com a doença, a cerimônia de despedida deve durar, no máximo, uma hora, com até cinco pessoas no velório e dez no sepultamento.  



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

São Caetano libera visitas aos cemitérios municipais

Portões ficaram abertos todos os dias, das 8h às 16h; velórios e sepultamentos na região seguem medidas contra Covid-19

Bia Moço
Do Diário do Grande ABC

16/09/2020 | 00:01


Os cemitérios municipais de São Caetano foram reabertos ontem para visitação pública, com horário de funcionamento mais restrito, sendo permitida a entrada da população das 8h às 16h. Os espaços estavam operando somente para sepultamentos e velórios desde abril, como medida de prevenção contra a Covid-19.
A equipe de reportagem foi até o Cemitério da Saudade, no bairro Cerâmica, na tarde de ontem, e, embora os portões estivessem abertos para que as famílias pudessem visitar os túmulos de seus entes queridos, não havia ninguém no local além dos funcionários, que declararam que não houve movimento ao longo do dia. Os profissionais, que varriam o terreno, explicaram que têm tomado todos os cuidados necessários, não só com eles, mas também para que a população possa sentir-se mais segura. Além do uso de máscaras, os coveiros contaram que o cemitério está sendo higienizado para evitar a proliferação do vírus.

Por causa da pandemia, os sepultamentos seguirão sem a utilização da capela para velório, podendo reunir, no máximo, dez pessoas. Os visitantes deverão, obrigatoriamente, usar máscaras e seguir os protocolos de higienização. O velório municipal permanecerá liberado para cerimônias rápidas para até cinco pessoas.
Diretor da Sesurb (Secretaria de Serviços Urbanos), responsável também pelo serviço funerário, Jeferson Soares explicou que a decisão de reabrir a visitação nos cemitérios foi pensando em maneira de amenizar a dor das famílias em luto, sobretudo aquelas que não puderam se despedir de pessoas queridas e também aos que não puderam visitar túmulos em datas especiais celebradas nos últimos meses. “Como o Estado todo de São Paulo se encontra na Fase Amarela do Plano São Paulo, houve consenso em reabrir os cemitérios municipais, sempre resguardando as medidas de segurança e higienização”, explicou Soares.

Segundo o diretor da pasta, entre as medidas de prevenção de contágio e transmissão do novo coronavírus, a Prefeitura realizou a higienização geral, dentro e no entorno dos cemitérios da cidade. “ Além disso, disponibilizamos álcool gel aos frequentadores, tanto no velório como nos cemitérios. Não serão permitidas aglomerações de pessoas e entrada de visitantes deverá ser com o uso de máscaras obrigatório, sempre mantendo distanciamento”, finalizou Soares.

NOVAS REGRAS
Para prevenir a exposição da população ao vírus, há cinco meses a rotina dos velórios e cemitérios da região foram modificadas. As indicações, porém, permanecem as mesmas nas sete cidades do Grande ABC. Se o óbito for por confirmação ou suspeita de Covid-19, os caixões são lacrados e o sepultamento é instantâneo. Se a morte não tiver relação com a doença, a cerimônia de despedida deve durar, no máximo, uma hora, com até cinco pessoas no velório e dez no sepultamento.  

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;