Fechar
Publicidade

Sábado, 23 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Fim de semana de calor acende alerta para casos de afogamento

Celso Luiz/DGABC Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Neste ano, pelo menos seis pessoas morreram na região; temperatura pode chegar a 35°C hoje


Flavia Kurotori
Do Diário do Grande ABC

12/09/2020 | 00:01


Massa de ar seco irá aumentar a temperatura no Grande ABC neste fim de semana, quando os termômetros podem marcar até 35°C e não há previsão de chuva. Embora o clima seja convidativo para um dia na represa, praia ou cachoeira, é preciso tomar cuidado para evitar acidentes, como afogamentos. Neste ano, ao menos seis pessoas morreram desta maneira na região, sendo duas no fim de semana passado, quando calor e a falta de chuva atraíram diversas famílias para as margens de braços da Billings.

O Corpo de Bombeiros orienta que as pessoas nadem sempre em lugares onde o banho é permitido e tenha a presença de salva-vidas, além de respeitar as placas de advertência e evitar nadar próximo a barcos e outras embarcações.

Ainda que as represas tenham águas tranquilas em comparação ao mar, a recomendação é não deixar a água ultrapassar a altura do joelho, pois o nível pode aumentar rapidamente. As crianças não devem estar desacompanhadas e o consumo de álcool deve ser evitado. Mesmo que saiba nadar, a pessoa deve respeitar seus limites, evitando ir às áreas mais profundas.

Em tempos de pandemia, cuidados para evitar a contaminação pelo novo coronavírus também devem ser adotados. É essencial manter o distanciamento físico, utilizar máscara e não descuidar da higiene, principalmente das mãos.

Inclusive, para evitar a aglomeração na Prainha do Riacho Grande, em São Bernardo, a Prefeitura fechou com gradil o acesso ao espaço destinado para banho e intensificou a fiscalização da GCM (Guarda Civil Municipal) no local. “Pessoal vem na praia, tira a máscara, se abraça, entra na água, e a pandemia ainda está aqui. Enquanto não chegar a vacina, a palavra é proteção”, destacou o prefeito Orlando Morando (PSDB), em vídeo publicado ontem nas redes sociais.

NA SEMANA PASSADA
No feriadão de 7 de Setembro, Dia da Independência do Brasil, no Riacho Grande, um homem de 47 anos foi salvar um dos integrantes da família da água, mas acabou se afogando e foi resgatado sem vida. Em Santo André, uma jovem de 16 anos se afogou ao nadar na represa no Jardim Riviera, área onde o banho não é permitido. Ela foi resgatada pelos bombeiros ainda com vida, contudo, morreu no Hospital Mário Covas após ter parada cardiorrespiratória.

Em Ribeirão Pires, duas pessoas morreram afogadas – um adolescente de 14 anos, em fevereiro, e um homem, 39, em junho. Em março, dois amigos de 17 anos entraram na Represa Billings na região da Estrada José Moura, no bairro Batistini, em São Bernardo. Os jovens ficaram presos em um buraco e, quando um pescador se aproximou, já estavam sem vida. As sete cidades registraram 30 óbitos causados por afogamento em 2019, dos quais 25 vítimas foram retiradas da água sem vida. Em 2018, foram 35 mortes.  



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Fim de semana de calor acende alerta para casos de afogamento

Neste ano, pelo menos seis pessoas morreram na região; temperatura pode chegar a 35°C hoje

Flavia Kurotori
Do Diário do Grande ABC

12/09/2020 | 00:01


Massa de ar seco irá aumentar a temperatura no Grande ABC neste fim de semana, quando os termômetros podem marcar até 35°C e não há previsão de chuva. Embora o clima seja convidativo para um dia na represa, praia ou cachoeira, é preciso tomar cuidado para evitar acidentes, como afogamentos. Neste ano, ao menos seis pessoas morreram desta maneira na região, sendo duas no fim de semana passado, quando calor e a falta de chuva atraíram diversas famílias para as margens de braços da Billings.

O Corpo de Bombeiros orienta que as pessoas nadem sempre em lugares onde o banho é permitido e tenha a presença de salva-vidas, além de respeitar as placas de advertência e evitar nadar próximo a barcos e outras embarcações.

Ainda que as represas tenham águas tranquilas em comparação ao mar, a recomendação é não deixar a água ultrapassar a altura do joelho, pois o nível pode aumentar rapidamente. As crianças não devem estar desacompanhadas e o consumo de álcool deve ser evitado. Mesmo que saiba nadar, a pessoa deve respeitar seus limites, evitando ir às áreas mais profundas.

Em tempos de pandemia, cuidados para evitar a contaminação pelo novo coronavírus também devem ser adotados. É essencial manter o distanciamento físico, utilizar máscara e não descuidar da higiene, principalmente das mãos.

Inclusive, para evitar a aglomeração na Prainha do Riacho Grande, em São Bernardo, a Prefeitura fechou com gradil o acesso ao espaço destinado para banho e intensificou a fiscalização da GCM (Guarda Civil Municipal) no local. “Pessoal vem na praia, tira a máscara, se abraça, entra na água, e a pandemia ainda está aqui. Enquanto não chegar a vacina, a palavra é proteção”, destacou o prefeito Orlando Morando (PSDB), em vídeo publicado ontem nas redes sociais.

NA SEMANA PASSADA
No feriadão de 7 de Setembro, Dia da Independência do Brasil, no Riacho Grande, um homem de 47 anos foi salvar um dos integrantes da família da água, mas acabou se afogando e foi resgatado sem vida. Em Santo André, uma jovem de 16 anos se afogou ao nadar na represa no Jardim Riviera, área onde o banho não é permitido. Ela foi resgatada pelos bombeiros ainda com vida, contudo, morreu no Hospital Mário Covas após ter parada cardiorrespiratória.

Em Ribeirão Pires, duas pessoas morreram afogadas – um adolescente de 14 anos, em fevereiro, e um homem, 39, em junho. Em março, dois amigos de 17 anos entraram na Represa Billings na região da Estrada José Moura, no bairro Batistini, em São Bernardo. Os jovens ficaram presos em um buraco e, quando um pescador se aproximou, já estavam sem vida. As sete cidades registraram 30 óbitos causados por afogamento em 2019, dos quais 25 vítimas foram retiradas da água sem vida. Em 2018, foram 35 mortes.  

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;