Fechar
Publicidade

Sábado, 5 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Nacional

nacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Ricardo Salles desafia DiCaprio sobre preservação da Amazônia: 'Vai colocar dinheiro?'

Divulgação Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra


10/09/2020 | 15:40


O ministro do meio ambiente, Ricardo Salles, respondeu o ator Leonardo DiCaprio no Twitter, nesta quinta-feira, 10, questionando se ele apoiaria a preservação da Amazônia. A reação de Salles ocorreu após o ator compartilhar a publicação de uma campanha que critica a política ambiental do governo Jair Bolsonaro na Amazônia.

Nesta quinta, Salles escreveu no Twitter: "Querido, @LeoDiCaprio, o Brasil está lançando o projeto Adote um Parque, que permite que você ou qualquer outra empresa ou pessoa escolha um dos 132 parques da Amazônia e diretamente o patrocine com 10 euros por hectare por ano".

E terminou a publicação com a expressão em inglês "are you going to put your money where your mouth is?" (vai colocar dinheiro onde está a sua boca?, em tradução livre). A expressão significa mostrar pelas próprias ações e não apenas por palavras o apoio a uma causa.

Na quarta-feira, DiCaprio publicou em suas redes sociais um vídeo feito pela Articulação dos Povos Indígenas do Brasil com a campanha ''Defund Bolsonaro'' (Corte o financiamento de Bolsonaro). A iniciativa pede o boicote de empresas de soja, carne e couro que, segundo a organização, ao lado do atual governo brasileiro, estariam relacionadas com queimadas na Amazônia.

Não é a primeira vez que o ator se engaja em assuntos ambientais que envolvem a Amazônia. Em 18 de agosto, Leonardo DiCaprio compartilhou nas redes sociais uma reportagem do The Guardian sobre o desmatamento na região brasileira.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Ricardo Salles desafia DiCaprio sobre preservação da Amazônia: 'Vai colocar dinheiro?'


10/09/2020 | 15:40


O ministro do meio ambiente, Ricardo Salles, respondeu o ator Leonardo DiCaprio no Twitter, nesta quinta-feira, 10, questionando se ele apoiaria a preservação da Amazônia. A reação de Salles ocorreu após o ator compartilhar a publicação de uma campanha que critica a política ambiental do governo Jair Bolsonaro na Amazônia.

Nesta quinta, Salles escreveu no Twitter: "Querido, @LeoDiCaprio, o Brasil está lançando o projeto Adote um Parque, que permite que você ou qualquer outra empresa ou pessoa escolha um dos 132 parques da Amazônia e diretamente o patrocine com 10 euros por hectare por ano".

E terminou a publicação com a expressão em inglês "are you going to put your money where your mouth is?" (vai colocar dinheiro onde está a sua boca?, em tradução livre). A expressão significa mostrar pelas próprias ações e não apenas por palavras o apoio a uma causa.

Na quarta-feira, DiCaprio publicou em suas redes sociais um vídeo feito pela Articulação dos Povos Indígenas do Brasil com a campanha ''Defund Bolsonaro'' (Corte o financiamento de Bolsonaro). A iniciativa pede o boicote de empresas de soja, carne e couro que, segundo a organização, ao lado do atual governo brasileiro, estariam relacionadas com queimadas na Amazônia.

Não é a primeira vez que o ator se engaja em assuntos ambientais que envolvem a Amazônia. Em 18 de agosto, Leonardo DiCaprio compartilhou nas redes sociais uma reportagem do The Guardian sobre o desmatamento na região brasileira.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;