Fechar
Publicidade

Domingo, 29 de Novembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

McEnany: Trump quer vacina para covid o mais rápido, sem sacrificar segurança

Marcello Casal Jr/Agência Brasil Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra


03/09/2020 | 15:25


Porta-voz da Casa Branca, Kayleigh McEnany negou durante entrevista coletiva nesta quinta-feira, 3, que o presidente Donald Trump esteja pressionando o Food and Drug Administration (FDA) a aprovar logo uma vacina para covid-19. "Ninguém está pressionando o FDA a fazer nada", disse ela sobre o órgão regulador, equivalente à Anvisa brasileira. "O presidente quer uma vacina segura o mais rápido possível, mas não vai de modo algum sacrificar a segurança", garantiu ela.

Durante a coletiva, McEnany também lançou críticas à presidente da Câmara dos Representantes, Nancy Pelosi, que teve imagens divulgadas de uma visita a um salão de beleza. A porta-voz do governo disse que Pelosi faz isso, mas ao mesmo tempo pressiona para que não sejam reabertos pequenos negócios na pandemia.

"Aparentemente, as regras não se aplicam a Nancy Pelosi", ironizou. A porta-voz qualificou ainda como "bizarra" a acusação da deputada de que fizeram uma armação contra ela no caso e disse que Pelosi deveria voltar ao trabalho em Washington para aprovar mais medidas de apoio às pequenas empresas.

McEnany ainda foi questionada sobre um tuíte de Trump que sugeria que as pessoas votassem pelo correio e tentassem no dia da disputa votar presencialmente, para garantir sua participação na escolha do próximo presidente. Questionada se o presidente estava incentivando as pessoas a votar duas vezes, o que é ilegal, ela disse que Trump deseja apenas que as pessoas tenham sua participação garantida.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

McEnany: Trump quer vacina para covid o mais rápido, sem sacrificar segurança


03/09/2020 | 15:25


Porta-voz da Casa Branca, Kayleigh McEnany negou durante entrevista coletiva nesta quinta-feira, 3, que o presidente Donald Trump esteja pressionando o Food and Drug Administration (FDA) a aprovar logo uma vacina para covid-19. "Ninguém está pressionando o FDA a fazer nada", disse ela sobre o órgão regulador, equivalente à Anvisa brasileira. "O presidente quer uma vacina segura o mais rápido possível, mas não vai de modo algum sacrificar a segurança", garantiu ela.

Durante a coletiva, McEnany também lançou críticas à presidente da Câmara dos Representantes, Nancy Pelosi, que teve imagens divulgadas de uma visita a um salão de beleza. A porta-voz do governo disse que Pelosi faz isso, mas ao mesmo tempo pressiona para que não sejam reabertos pequenos negócios na pandemia.

"Aparentemente, as regras não se aplicam a Nancy Pelosi", ironizou. A porta-voz qualificou ainda como "bizarra" a acusação da deputada de que fizeram uma armação contra ela no caso e disse que Pelosi deveria voltar ao trabalho em Washington para aprovar mais medidas de apoio às pequenas empresas.

McEnany ainda foi questionada sobre um tuíte de Trump que sugeria que as pessoas votassem pelo correio e tentassem no dia da disputa votar presencialmente, para garantir sua participação na escolha do próximo presidente. Questionada se o presidente estava incentivando as pessoas a votar duas vezes, o que é ilegal, ela disse que Trump deseja apenas que as pessoas tenham sua participação garantida.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;