Fechar
Publicidade

Sábado, 23 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

|

O Livrespaço não acabou. Viva o Livrespaço!

Seduzir para a poesia: trajetória do Grupo Livrespaço 1983-1994, de Dalila Teles Veras (organizadora), Cláudio Feldman, José Marinho do Nascimento...


Ademir Medici
Do Diário do Grande ABC

06/02/2009 | 00:00


Seduzir para a poesia: trajetória do Grupo Livrespaço 1983-1994, de Dalila Teles Veras (organizadora), Cláudio Feldman, José Marinho do Nascimento, Jurema Barreto de Souza, Rosana Chrispim e Tônia Ferr (Alpharrabio Edições, 2008), é um livro de conteúdo com suas 208 páginas. Ora denso, ora descontraído, sempre inspirado, é um livro que conta para os de hoje e os de amanhã, dentro e fora do Grande ABC, que esta região de trabalhadores e índices econômicos altíssimos também faz poesia. Poesia e prosa.

 O livro tem poemas dos autores e partícipes de uma história de 11 anos. E tem depoimentos deslumbrantes de todos eles. E eterniza Francis de Oliveira, jovem poeta que se foi tão cedo fazendo lembrar a Lea, vereadora de Mauá e poeta que também disse adeus antes da hora.

 Há o lado pontual, uma descrição do que fez o Livrespaço entre 1983 e 1994. Há uma seleção empolgante das atas das reuniões realizadas nas casas dos seus integrantes. Há fotos, muitas fotos. As atas são geniais:

 "Tônia quer abrir mão do cargo de tesoureira porque não existe mais dinheiro em caixa."

 "Marinho chega todo barbudo. Acidente espinhudo."

 "Agora é a vez do bolero de Encarnita. Pero si pero no, no tiengo o que hablar."

 ALPHARRABIO

 Essa instituição do Grande ABC guarda também a alma do saudoso Livrespaço, e não apenas a sua documentação. Guarda o idealismo dos seus integrantes. Que cidade do mundo não gostaria de ter um Alpharrabio? O poder público patina quando se mete a fazer cultura. Alpharrabio faz cultura bem melhor que as prefeituras. Leiam Seduzir para a poesia e toda a obra que a Alpharrabio nos lega, sem recursos, sacerdócio puro. Um exemplo para os intelectuais encastelados no poder que tentam dominar.

 PONTO ALTO

 Os títulos dos capítulos, das crônicas, dos poemas, todos modernos, avançados, com a cara exclusivista da poesia que se fez no Grande ABC no final do milênio.

 PONTO MENOR

 As legendas das 55 fotos, divorciadas das imagens. Por que não colocar cada legenda debaixo de cada foto e na mesma página? A perfeição buscada no conteúdo maior do livro falta nesse item que não pode ser praticado como mero complemento.

DIÁRIO HÁ 30 ANOS

Terça-feira, 6 de fevereiro de 1979

 Santo André - Fórum da Acisa debate controle da poluição.

 Basquete feminino - O Brasil venceu os Estados Unidos ontem à noite na Associação dos Funcionários Públicos de São Bernardo: 86 a 59. Paula foi a cestinha, com 22 pontos. Hortência, contundida, não jogou.

 EM 6 DE FEVEREIRO DE...

 1969 - Inaugurado o SIC (Serviço de Imprensa e Comunicações), a primeira agência de noticiosa do Grande ABC.

 MUNICÍPIOS PAULISTAS

 Em 6 de fevereiro de 1889, as vilas de Jaú e Araraquara são elevadas à categoria de cidade.

 HOJE

 Dia do Agente de Defesa Ambiental.

 SANTOS DO DIA

 Dorotéia, Gastão e Paulo Miki e companheiros (mártires japoneses do século 16).

ALMANAQUE

 Antonio Maria Filho

Nascimento: Pirassununga (SP), 6 de fevereiro de 1933.

Vereador: 14 de abril de 1964 a 31 de dezembro de 1988.

Partidos políticos: PTB, MDB, Arena e PTB.

Falecimento: Mogi Mirim (SP), 5 de novembro de 2004.

Em quase 25 anos de mandato, atuou como presidente três vezes.

 FONTE: Almanaque de Vereadores, CMSA, 2008, 2ª ed.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;