Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 30 de Novembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Rio Grande recebe ambulância com UTI

 Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Leito móvel é o primeiro de urgência da cidade e será utilizado para dar suporte à UPA


Yasmin Assagra
Do Diário do Grande ABC

02/09/2020 | 00:01


A Prefeitura de Rio Grande da Serra recebeu, ontem, a primeira UTI (Unidade de Terapia Intensiva) móvel da cidade. A ambulância foi doada pelo grupo JBS e equipada com recursos do município, que investiu R$ 71 mil para comprar ventilador pulmonar e monitor cardíaco. Com essa ação, a indústria de alimentos chega a R$ 615 mil em equipamentos cedidos para cidade, entre camas hospitalares, desfibrilador, eletrocardiógrafo, máscaras e luvas de proteção.

Diferentemente de uma ambulância convencional, o equipamento que entrou em funcionamento em Rio Grande da Serra é adaptado para atender urgência e emergência, oferecendo suporte ao paciente transportado, já que conta com respirador portátil, monitor cardíaco, eletrocardiógrafo e desfibrilador. “Será oferecido todo suporte de uma UTI dentro do veículo, então, se caso o paciente sofra uma parada cardíaca, no veículo ele já receberá todo atendimento e suporte até chegar em um hospital”, explicou a secretária de Saúde do município, Raquel dos Santos Costa.

O equipamento será utilizado para transferir pacientes atendidos na UPA (Unidade de Pronto Atendimento), na Vila Figueiredo, com casos mais graves, para outras unidades de saúde da região, como o Hospital Estadual Mário Covas, em Santo André, Hospital de Clínicas Dr. Radamés Nardini, em Mauá, ou Hospital Estadual do Serraria, em Diadema, já que Rio Grande da Serra não possui leitos físicos de UTI.

De acordo com a secretária de Saúde, a ambulância “não fará socorro na rua” como os demais veículos do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) e será utilizada apenas sob demanda. Caso tenham necessidade, os munícipes devem recorrer às UBSs (Unidades Básicas de Saúde) ou solicitar transporte médico por meio do número 192. Nesta caso, a situação do paciente é avaliada e, tendo necessidade, é acionado o sistema Cross (Central de Regulação de Oferta de Serviços de Saúde), administrado pelo Estado, que verifica qual unidade de saúde mais próxima tem vaga disponível para o atendimento.

Antes da ambulância com UTI, Rio Grande da Serra dependida do Samu para conseguir transferir os pacientes para os outros hospitais. “Quando as pessoas estão entubadas, existe essa necessidade de serem transferidas para outros hospitais e todas às vezes precisamos do Samu para nos auxiliar. Agora, Rio Grande da Serra possui este equipamento que vai ajudar não apenas a nossa população, mas também de municípios vizinhos, que podem contar com a ambulância quando precisarem”, destacou o prefeito Gabriel Maranhão (Cidadania). 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Rio Grande recebe ambulância com UTI

Leito móvel é o primeiro de urgência da cidade e será utilizado para dar suporte à UPA

Yasmin Assagra
Do Diário do Grande ABC

02/09/2020 | 00:01


A Prefeitura de Rio Grande da Serra recebeu, ontem, a primeira UTI (Unidade de Terapia Intensiva) móvel da cidade. A ambulância foi doada pelo grupo JBS e equipada com recursos do município, que investiu R$ 71 mil para comprar ventilador pulmonar e monitor cardíaco. Com essa ação, a indústria de alimentos chega a R$ 615 mil em equipamentos cedidos para cidade, entre camas hospitalares, desfibrilador, eletrocardiógrafo, máscaras e luvas de proteção.

Diferentemente de uma ambulância convencional, o equipamento que entrou em funcionamento em Rio Grande da Serra é adaptado para atender urgência e emergência, oferecendo suporte ao paciente transportado, já que conta com respirador portátil, monitor cardíaco, eletrocardiógrafo e desfibrilador. “Será oferecido todo suporte de uma UTI dentro do veículo, então, se caso o paciente sofra uma parada cardíaca, no veículo ele já receberá todo atendimento e suporte até chegar em um hospital”, explicou a secretária de Saúde do município, Raquel dos Santos Costa.

O equipamento será utilizado para transferir pacientes atendidos na UPA (Unidade de Pronto Atendimento), na Vila Figueiredo, com casos mais graves, para outras unidades de saúde da região, como o Hospital Estadual Mário Covas, em Santo André, Hospital de Clínicas Dr. Radamés Nardini, em Mauá, ou Hospital Estadual do Serraria, em Diadema, já que Rio Grande da Serra não possui leitos físicos de UTI.

De acordo com a secretária de Saúde, a ambulância “não fará socorro na rua” como os demais veículos do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) e será utilizada apenas sob demanda. Caso tenham necessidade, os munícipes devem recorrer às UBSs (Unidades Básicas de Saúde) ou solicitar transporte médico por meio do número 192. Nesta caso, a situação do paciente é avaliada e, tendo necessidade, é acionado o sistema Cross (Central de Regulação de Oferta de Serviços de Saúde), administrado pelo Estado, que verifica qual unidade de saúde mais próxima tem vaga disponível para o atendimento.

Antes da ambulância com UTI, Rio Grande da Serra dependida do Samu para conseguir transferir os pacientes para os outros hospitais. “Quando as pessoas estão entubadas, existe essa necessidade de serem transferidas para outros hospitais e todas às vezes precisamos do Samu para nos auxiliar. Agora, Rio Grande da Serra possui este equipamento que vai ajudar não apenas a nossa população, mas também de municípios vizinhos, que podem contar com a ambulância quando precisarem”, destacou o prefeito Gabriel Maranhão (Cidadania). 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;