Fechar
Publicidade

Domingo, 24 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

economia@dgabc.com.br | 4435-8057

Categoria vota em assembleia propostas das instituições

Se aprovado, acordo oferece aumento real e afasta chance de paralisação dos bancos


Tauana Marin
Do Diário do Grande ABC

01/09/2020 | 00:43


Os bancários do Grande ABC realizaram assembleia, na noite de ontem, para decidir sobre a aceitação das propostas feitas pelas instituições. No entanto, a votação adentrou a madrugada e, até o fechamento desta edição, ainda não havia resultado.

De acordo com o Sindicato dos Bancários do ABC e o Comando Nacional dos Bancários, após várias rodadas de negociações e propostas rebaixadas, que resultariam em redução de até 48% no valor da PLR (Participação nos Lucros e Resultados), reajuste zero nos salários e o fim da 13ª cesta alimentação, a categoria conseguiu “reverter a enxurrada de retirada de direitos e cortes de rendimentos”. Com isso, seria afastada a possibilidade de greve.

A proposta pela Fenaban (Federação Nacional dos Bancos) apreciada pelos bancários propõe aumento de 1,5% para salários, com abono de R$ 2.000 e reposição da inflação (estimada em 2,74% no período) para demais verbas, como vales alimentação e refeição e auxílio-creche/babá. Caso a proposta seja aprovada, o abono será pago até o fim do mês.

Para 2021, o acordo garante a reposição do INPC (Índice Nacional de Preços ao Consumidor) acumulado no período (1º de setembro de 2020 a 31 de agosto de 2021) e aumento real de 0,5% para salários e demais verbas como vales alimentação e refeição, assim como para os valores fixos e tetos da PLR.

A proposta prevê ainda a manutenção de todas as cláusulas da convenção coletiva da categoria e dos acordos específicos de bancos públicos por dois anos. O sindicato dos bancários da região, que reúne 5.500 trabalhadores, enviou a proposta em julho.
 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;