Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 28 de Setembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Pompeo acusa navios da China de pesca ilegal perto das Ilhas Galápagos



27/08/2020 | 11:56


O secretário de Estado norte-americano, Mike Pompeo, acusou nesta quinta-feira, 27, pelo Twitter embarcações da China de realizar pesca ilegal na região das Ilhas Galápagos, no Equador. Segundo ele, há "relatos" de mais de 300 embarcações chinesas na região, as quais desligariam sistemas de rastreamento, mudariam seus nomes e deixariam detritos pelo caminho.

Pompeo pediu ao Partido Comunista da China que "seja transparente e conduza sua própria política de tolerância zero sobre a pesca ilegal".

Segundo a autoridade americana, a China precisa parar com "práticas pesqueiras insustentáveis, que quebram regras" e produzem "degradação ambiental dos oceanos".

Ele disse apoiar o Equador no caso e pediu que Pequim interrompa essas atividades ilegais.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Pompeo acusa navios da China de pesca ilegal perto das Ilhas Galápagos


27/08/2020 | 11:56


O secretário de Estado norte-americano, Mike Pompeo, acusou nesta quinta-feira, 27, pelo Twitter embarcações da China de realizar pesca ilegal na região das Ilhas Galápagos, no Equador. Segundo ele, há "relatos" de mais de 300 embarcações chinesas na região, as quais desligariam sistemas de rastreamento, mudariam seus nomes e deixariam detritos pelo caminho.

Pompeo pediu ao Partido Comunista da China que "seja transparente e conduza sua própria política de tolerância zero sobre a pesca ilegal".

Segundo a autoridade americana, a China precisa parar com "práticas pesqueiras insustentáveis, que quebram regras" e produzem "degradação ambiental dos oceanos".

Ele disse apoiar o Equador no caso e pediu que Pequim interrompa essas atividades ilegais.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;