Fechar
Publicidade

Sábado, 5 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Sócios trazem experiência empresarial para o Azulão

Dérek Bittencourt/DGABC Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Advogado Paulo Fernandes vai ser um dos gestores do clube, que repatriou Fabinho


Dérek Bittencourt
Do Diário do Grande ABC

24/08/2020 | 23:59


Restruturação é a palavra de ordem no São Caetano. Os novos sócios do Azulão admitem que carece-lhes familiaridade com o futebol, mas tentarão através dos conhecimentos empresariais colocar a casa em ordem e fazer o clube novamente grande. Ontem, em entrevista exclusiva ao Diário, o advogado Paulo Henriques Fernandes, 39 anos, um dos novos donos do time, falou sobre essa novidade na vida dele e dos outros três colegas que estarão à frente neste projeto – os nomes dos demais ainda não foram divulgados.

“É uma oportunidade de entrar em área que não conhecemos, mas podemos trazer investimentos e juntar a expertise de cada um nas áreas financeira, jurídica, empresarial e desportiva. Aproveitar que é um clube-empresa que temos oportunidade de trabalhar a gestão na forma empresarial, com todos os ajustes feitos à realidade do futebol, com relação a cargos, estrutura, retorno de investimento. Então este é o nosso desafio”, admitiu Paulo Fernandes. “Aceitamos com muita seriedade, pé no chão, sem loucura financeira, manter o clube em local de destaque, como objetivo maior a conquista de títulos.”

A intenção é sanar todas as dívidas do Azulão, que – segundo informações – estão na casa dos R$ 20 milhões. “Estamos tomando pé de toda a situação financeira do clube. A prioridade é manter folha salarial em dia e vamos contingenciar o passivo, equilibrar contas e crescer em arrecadação de caixa, reinvestimento, ações e promoções, explorar a marca que é forte e pesada”, disse o sócio, que vai marcar para breve reunião com o conselho do clube para uma apresentação.

Justamente por não ter experiência no futebol, Paulo Fernandes e os sócios buscam se cercar de pessoas que tenham conhecimento. E o primeiro contratado, que exercerá a função de coordenador de futebol, foi Fabinho Félix, volante revelado no próprio clube, que vem se capacitando desde que pendurou as chuteiras.

“Fiquei muito feliz pelo convite, em saber que o clube está tomando outros rumos com uma nova direção. É sempre muito bom trabalhar com pessoas capacitadas, vencedoras nas suas áreas, e que estão com um planejamento muito bom pensando em um futuro promissor para o São Caetano voltar a ser a potência que foi no passado”, exaltou Fabinho, que falou deste retorno ao clube. “Estou muito motivado em voltar para esta casa. Passei toda minha carreira pensando que devia algo ao clube e pensando em como retribuir tudo o que o clube fez por mim na minha formação. Não medirei esforços”, concluiu. 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Sócios trazem experiência empresarial para o Azulão

Advogado Paulo Fernandes vai ser um dos gestores do clube, que repatriou Fabinho

Dérek Bittencourt
Do Diário do Grande ABC

24/08/2020 | 23:59


Restruturação é a palavra de ordem no São Caetano. Os novos sócios do Azulão admitem que carece-lhes familiaridade com o futebol, mas tentarão através dos conhecimentos empresariais colocar a casa em ordem e fazer o clube novamente grande. Ontem, em entrevista exclusiva ao Diário, o advogado Paulo Henriques Fernandes, 39 anos, um dos novos donos do time, falou sobre essa novidade na vida dele e dos outros três colegas que estarão à frente neste projeto – os nomes dos demais ainda não foram divulgados.

“É uma oportunidade de entrar em área que não conhecemos, mas podemos trazer investimentos e juntar a expertise de cada um nas áreas financeira, jurídica, empresarial e desportiva. Aproveitar que é um clube-empresa que temos oportunidade de trabalhar a gestão na forma empresarial, com todos os ajustes feitos à realidade do futebol, com relação a cargos, estrutura, retorno de investimento. Então este é o nosso desafio”, admitiu Paulo Fernandes. “Aceitamos com muita seriedade, pé no chão, sem loucura financeira, manter o clube em local de destaque, como objetivo maior a conquista de títulos.”

A intenção é sanar todas as dívidas do Azulão, que – segundo informações – estão na casa dos R$ 20 milhões. “Estamos tomando pé de toda a situação financeira do clube. A prioridade é manter folha salarial em dia e vamos contingenciar o passivo, equilibrar contas e crescer em arrecadação de caixa, reinvestimento, ações e promoções, explorar a marca que é forte e pesada”, disse o sócio, que vai marcar para breve reunião com o conselho do clube para uma apresentação.

Justamente por não ter experiência no futebol, Paulo Fernandes e os sócios buscam se cercar de pessoas que tenham conhecimento. E o primeiro contratado, que exercerá a função de coordenador de futebol, foi Fabinho Félix, volante revelado no próprio clube, que vem se capacitando desde que pendurou as chuteiras.

“Fiquei muito feliz pelo convite, em saber que o clube está tomando outros rumos com uma nova direção. É sempre muito bom trabalhar com pessoas capacitadas, vencedoras nas suas áreas, e que estão com um planejamento muito bom pensando em um futuro promissor para o São Caetano voltar a ser a potência que foi no passado”, exaltou Fabinho, que falou deste retorno ao clube. “Estou muito motivado em voltar para esta casa. Passei toda minha carreira pensando que devia algo ao clube e pensando em como retribuir tudo o que o clube fez por mim na minha formação. Não medirei esforços”, concluiu. 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;