Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 30 de Novembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Santo André lidera ranking nacional de cidades inteligentes

Claudinei Plaza/DGABC Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Município, que em 2018 ocupava a modesta 88ª posição, tem 20 dos 26 serviços analisados no levantamento


Flavia Kurotori
Do Diário do Grande ABC

24/08/2020 | 23:24


Santo André assumiu a primeira posição na classificação de serviços virtuais oferecidos pelas cidades após ganhar três colocações entre 2019 e 2020 no ranking das cidades amigas da internet, promovido pelo Sinditelebrasil (Sindicato Nacional das Empresas de Telefonia e de Serviço Móvel Celular e Pessoal). A premiação será hoje, a partir das 10h, em evento que será realizado on-line.

O ranking de serviços das cidades inteligentes identifica os municípios brasileiros com maior oferta de plataformas inteligentes ao cidadão. Em 2018, Santo André ficou na 88ª colocação e, em 2019, na quarta posição. O prefeito Paulo Serra (PSDB) afirmou que um dos pilares da administração é trazer tecnologias para oferecer serviços acessíveis e de qualidade à população. “A própria pandemia, do ponto de vista sociológico, acabou nos obrigando a utilizar ferramentas tecnológicas por necessidade e vemos como este é um caminho que tende cada vez mais a evoluir para agilizar o atendimento do serviço público.”

Santo André possui 20 dos 26 serviços analisados na categoria, a exemplo do licenciamento de obras e atividades com 100% dos processos eletrônicos; do aplicativo Colab, no qual os moradores registram pedidos de serviços de manutenção e fiscalização da Prefeitura; do COI (Centro de Operações Integradas), com mais de 300 câmeras para aprimorar operações policiais; e do Santo André Mob, aplicativo que informa horários de linhas de ônibus. Outros destaques são o programa Banho de Luz, que instalou LED em 40% dos pontos de iluminação da cidade, cujo funcionamento é acionado a distância; e o Parque Tecnológico e o Pitch-Gov, que selecionou startups para oferecer soluções tecnológicas à administração pública.

“Este processo tem um aspecto econômico muito importante. No caso da iluminação pública, o controle a distância permite economia de 30% a 40% nas contas de luz e reflete diretamente no bolso do cidadão”, apontou o prefeito. Segundo ele, o Parque Tecnológico, que terá núcleo de inovação em breve, é um dos principais atrativos para a “nova indústria”, ligada à tecnologia, com alto valor agregado e que não requer amplo espaço físico.

O ranking das cidades amigas da internet também destaca os 100 maiores municípios brasileiros que oferecem ambiente adequado à instalação de infraestrutura de redes de telecomunicações, como antenas e fibra óptica. Nesta categoria, Santo André foi da 98ª para a segunda colocação.

Paulo Serra salientou que o município é um dos mais preparados para receber a tecnologia 5G, desde a estrutura das antenas até nos processos burocráticos de implementação. Atualmente, qualquer empresa que deseje instalar a tecnologia na área andreense pode realizar todos os procedimentos totalmente on-line.

Esta é a quinta edição dos rankings do Sinditelebrasil e, além da apresentação dos municípios vencedores, o evento terá debate para discutir os principais desafios das legislações municipais para a instalação de infraestrutura e dos processos de licenciamento municipais para as antenas de celular e internet móvel.  



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Santo André lidera ranking nacional de cidades inteligentes

Município, que em 2018 ocupava a modesta 88ª posição, tem 20 dos 26 serviços analisados no levantamento

Flavia Kurotori
Do Diário do Grande ABC

24/08/2020 | 23:24


Santo André assumiu a primeira posição na classificação de serviços virtuais oferecidos pelas cidades após ganhar três colocações entre 2019 e 2020 no ranking das cidades amigas da internet, promovido pelo Sinditelebrasil (Sindicato Nacional das Empresas de Telefonia e de Serviço Móvel Celular e Pessoal). A premiação será hoje, a partir das 10h, em evento que será realizado on-line.

O ranking de serviços das cidades inteligentes identifica os municípios brasileiros com maior oferta de plataformas inteligentes ao cidadão. Em 2018, Santo André ficou na 88ª colocação e, em 2019, na quarta posição. O prefeito Paulo Serra (PSDB) afirmou que um dos pilares da administração é trazer tecnologias para oferecer serviços acessíveis e de qualidade à população. “A própria pandemia, do ponto de vista sociológico, acabou nos obrigando a utilizar ferramentas tecnológicas por necessidade e vemos como este é um caminho que tende cada vez mais a evoluir para agilizar o atendimento do serviço público.”

Santo André possui 20 dos 26 serviços analisados na categoria, a exemplo do licenciamento de obras e atividades com 100% dos processos eletrônicos; do aplicativo Colab, no qual os moradores registram pedidos de serviços de manutenção e fiscalização da Prefeitura; do COI (Centro de Operações Integradas), com mais de 300 câmeras para aprimorar operações policiais; e do Santo André Mob, aplicativo que informa horários de linhas de ônibus. Outros destaques são o programa Banho de Luz, que instalou LED em 40% dos pontos de iluminação da cidade, cujo funcionamento é acionado a distância; e o Parque Tecnológico e o Pitch-Gov, que selecionou startups para oferecer soluções tecnológicas à administração pública.

“Este processo tem um aspecto econômico muito importante. No caso da iluminação pública, o controle a distância permite economia de 30% a 40% nas contas de luz e reflete diretamente no bolso do cidadão”, apontou o prefeito. Segundo ele, o Parque Tecnológico, que terá núcleo de inovação em breve, é um dos principais atrativos para a “nova indústria”, ligada à tecnologia, com alto valor agregado e que não requer amplo espaço físico.

O ranking das cidades amigas da internet também destaca os 100 maiores municípios brasileiros que oferecem ambiente adequado à instalação de infraestrutura de redes de telecomunicações, como antenas e fibra óptica. Nesta categoria, Santo André foi da 98ª para a segunda colocação.

Paulo Serra salientou que o município é um dos mais preparados para receber a tecnologia 5G, desde a estrutura das antenas até nos processos burocráticos de implementação. Atualmente, qualquer empresa que deseje instalar a tecnologia na área andreense pode realizar todos os procedimentos totalmente on-line.

Esta é a quinta edição dos rankings do Sinditelebrasil e, além da apresentação dos municípios vencedores, o evento terá debate para discutir os principais desafios das legislações municipais para a instalação de infraestrutura e dos processos de licenciamento municipais para as antenas de celular e internet móvel.  

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;