Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 23 de Setembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Cultura & Lazer

cultura@dgabc.com.br | 4435-8364

Giselle Itié fala sobre amamentação: - Está sendo uma experiência maravilhosa



15/08/2020 | 15:10


A atriz Giselle Itié deu à luz Pedro Luna há cinco meses e vive compartilhando suas experiências com a maternidade em seu Instagram. Em entrevista à Marie Claire, Itié falou sobre amamentação, uma vez que agosto é o Mês da Amamentação, o intitulado Agosto Dourado:

- Amamentar, até agora, está sendo uma experiência maravilhosa. Me sinto casa vez mais nutrida com essa onda gigante de ocitocina.

Pedro é fruto do relacionamento de cinco anos que Giselle teve com Guilherme Winter. A artista afirmou que a sua maior preocupação era o parto:

- Tudo que eu me preocupei e estudei foi sobre o parto. Eu não pesquisei sobre a amamentação. Então, a nossa amamentação por aqui sempre foi de uma forma bem instintiva, e tive alguns toques básicos de uma consultora de amamentação, após o nascimento do pequeno.

Ainda, a morena comentou sobre como tem se sentido durante esse período:

- Eu estou me sentindo uma mamífera selvagem bem maravilhosa. É muito mágico tudo o que meu corpo está vivendo. Transformação bem potente. Sou muito grata. Tive e tenho muita sorte de poder estar amamentando de uma forma instintiva e fluida. É muito cansativo amamentar de madrugada? É! Mas tem a sua poesia também. Acredito que se a mãe está sentindo dúvidas, dores, desconfortos ou tendo problemas ao amamentar, ela deve procurar uma consultora de amamentação.

E continuou:

- Amamentar é um ato de amor e político. Além de nutrir o meu filho fisicamente da forma mais completa possível, é também uma nutrição amorosa. O amamentar é fortalecer o laço entre mãe e filho. E também é um ato político porque infelizmente nós mães não devemos permitir as pressões da sociedade em relação à amamentação. Ora porque querem injetar fórmulas nos nossos filhos (muitas vezes desnecessariamente), ora objetificam e sexualizam o amamentar.

Por fim, Giselle falou que não tem data marcada para parar de alimentar o filho:

- Meu pequeno tem cinco meses e ele continua com seu tetê. Ele que vai decidir a hora de parar.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Giselle Itié fala sobre amamentação: - Está sendo uma experiência maravilhosa


15/08/2020 | 15:10


A atriz Giselle Itié deu à luz Pedro Luna há cinco meses e vive compartilhando suas experiências com a maternidade em seu Instagram. Em entrevista à Marie Claire, Itié falou sobre amamentação, uma vez que agosto é o Mês da Amamentação, o intitulado Agosto Dourado:

- Amamentar, até agora, está sendo uma experiência maravilhosa. Me sinto casa vez mais nutrida com essa onda gigante de ocitocina.

Pedro é fruto do relacionamento de cinco anos que Giselle teve com Guilherme Winter. A artista afirmou que a sua maior preocupação era o parto:

- Tudo que eu me preocupei e estudei foi sobre o parto. Eu não pesquisei sobre a amamentação. Então, a nossa amamentação por aqui sempre foi de uma forma bem instintiva, e tive alguns toques básicos de uma consultora de amamentação, após o nascimento do pequeno.

Ainda, a morena comentou sobre como tem se sentido durante esse período:

- Eu estou me sentindo uma mamífera selvagem bem maravilhosa. É muito mágico tudo o que meu corpo está vivendo. Transformação bem potente. Sou muito grata. Tive e tenho muita sorte de poder estar amamentando de uma forma instintiva e fluida. É muito cansativo amamentar de madrugada? É! Mas tem a sua poesia também. Acredito que se a mãe está sentindo dúvidas, dores, desconfortos ou tendo problemas ao amamentar, ela deve procurar uma consultora de amamentação.

E continuou:

- Amamentar é um ato de amor e político. Além de nutrir o meu filho fisicamente da forma mais completa possível, é também uma nutrição amorosa. O amamentar é fortalecer o laço entre mãe e filho. E também é um ato político porque infelizmente nós mães não devemos permitir as pressões da sociedade em relação à amamentação. Ora porque querem injetar fórmulas nos nossos filhos (muitas vezes desnecessariamente), ora objetificam e sexualizam o amamentar.

Por fim, Giselle falou que não tem data marcada para parar de alimentar o filho:

- Meu pequeno tem cinco meses e ele continua com seu tetê. Ele que vai decidir a hora de parar.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;