Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 28 de Setembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

diarinho@dgabc.com.br | 4435-8396

Quem é a pessoa mais rica do mundo?

Pixabay Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Patrimônio do primeiro lugar do ranking bate a gigante marca de R$ 1 trilhão


Luís Felipe Soares
Do Diário do Grande ABC

15/08/2020 | 23:59


A pessoa mais rica do mundo na atualidade é o empresário Jeff Bezos, dos Estados Unidos. Segundo a lista Bloomberg Billionaire Index, ranking movimentado todos os dias e que elenca as 500 grandes fortunas mundiais desde 2012, ele tem patrimônio avaliado em cerca de US$ 190 bilhões, o equivalente a aproximadamente R$ 1,039 trilhão levando em conta a recente cotação do dólar para o real. Como os números variam diariamente, pode ser que ele tenha ficado um pouco mais rico ou pobre entre o tempo da escrita deste texto até a publicação desta edição do Diarinho. 

Aos 56 anos, Jeffrey Preston Bezos é famoso por ser o fundador e dono da Amazon, a maior empresa de comércio eletrônico do mundo e que atua em dezenas de países, incluindo no Brasil. A marca é considerada a mais valiosa do mundo nos últimos três anos consecutivos (2017, 2018 e 2019), tendo iniciado a temporada de 2020 com avaliação de US$ 220,7 bilhões (perto de R$ 1,203 trilhão). Apesar de ser o criador e presidente da companhia, o empresário é dono de 12% da Amazon – também responsável pelo streaming Amazon Prime Video. 

Ele aparece na frente de outras figuras ligadas ao mercado digital. Bill Gates, fundador da Microsoft, aparece em segundo lugar na lista, com US$ 121 bilhões (R$ 661 bilhões), com Mark Zuckerberg, fundador do Facebook, na terceira colocação do ranking, tendo US$ 102 bilhões (R$ 557 bilhões). 

Os Estados Unidos são o país com a maior quantidade de milionários. Em 2019, foram responsáveis pela ascensão de 13.443 indivíduos ao patamar financeiro acima de US$ 30 milhões (R$ 164 mihões) em patrimônio, ou seja, o conjunto de bens acumulados que possuem valores monetários. Eles podem ser tangíveis (tocados), casos de automóveis, casas, terrenos e ‘dinheiro vivo’, e intangíveis (que não existem fisicamente), a exemplos de marcas criadas, invenções, direitos autorais ou endereços na internet. 

Na lista, o Brasil aparece na 17ª colocação, com 4.812 pessoas tendo ultrapassado a quantia citada. A pessoa mais rica do País é o banqueiro e empresário Jorge Paulo Lemann, 80 anos, do Rio de Janeiro, com US$ 18,7 bilhões (cerca de R$ 98 bilhões). Até o fechamento desta edição, ele aparecia na 68ª posição no ranking mundial de ‘cheios de dinheiro’.

Consultado no Bloomberg Billionaire Index (www.bloomberg.com/billionaires), levantamento on-line da empresa norte-americana Bloomberg, agência de notícias e especialista em tecnologia e dados financeiros. 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Quem é a pessoa mais rica do mundo?

Patrimônio do primeiro lugar do ranking bate a gigante marca de R$ 1 trilhão

Luís Felipe Soares
Do Diário do Grande ABC

15/08/2020 | 23:59


A pessoa mais rica do mundo na atualidade é o empresário Jeff Bezos, dos Estados Unidos. Segundo a lista Bloomberg Billionaire Index, ranking movimentado todos os dias e que elenca as 500 grandes fortunas mundiais desde 2012, ele tem patrimônio avaliado em cerca de US$ 190 bilhões, o equivalente a aproximadamente R$ 1,039 trilhão levando em conta a recente cotação do dólar para o real. Como os números variam diariamente, pode ser que ele tenha ficado um pouco mais rico ou pobre entre o tempo da escrita deste texto até a publicação desta edição do Diarinho. 

Aos 56 anos, Jeffrey Preston Bezos é famoso por ser o fundador e dono da Amazon, a maior empresa de comércio eletrônico do mundo e que atua em dezenas de países, incluindo no Brasil. A marca é considerada a mais valiosa do mundo nos últimos três anos consecutivos (2017, 2018 e 2019), tendo iniciado a temporada de 2020 com avaliação de US$ 220,7 bilhões (perto de R$ 1,203 trilhão). Apesar de ser o criador e presidente da companhia, o empresário é dono de 12% da Amazon – também responsável pelo streaming Amazon Prime Video. 

Ele aparece na frente de outras figuras ligadas ao mercado digital. Bill Gates, fundador da Microsoft, aparece em segundo lugar na lista, com US$ 121 bilhões (R$ 661 bilhões), com Mark Zuckerberg, fundador do Facebook, na terceira colocação do ranking, tendo US$ 102 bilhões (R$ 557 bilhões). 

Os Estados Unidos são o país com a maior quantidade de milionários. Em 2019, foram responsáveis pela ascensão de 13.443 indivíduos ao patamar financeiro acima de US$ 30 milhões (R$ 164 mihões) em patrimônio, ou seja, o conjunto de bens acumulados que possuem valores monetários. Eles podem ser tangíveis (tocados), casos de automóveis, casas, terrenos e ‘dinheiro vivo’, e intangíveis (que não existem fisicamente), a exemplos de marcas criadas, invenções, direitos autorais ou endereços na internet. 

Na lista, o Brasil aparece na 17ª colocação, com 4.812 pessoas tendo ultrapassado a quantia citada. A pessoa mais rica do País é o banqueiro e empresário Jorge Paulo Lemann, 80 anos, do Rio de Janeiro, com US$ 18,7 bilhões (cerca de R$ 98 bilhões). Até o fechamento desta edição, ele aparecia na 68ª posição no ranking mundial de ‘cheios de dinheiro’.

Consultado no Bloomberg Billionaire Index (www.bloomberg.com/billionaires), levantamento on-line da empresa norte-americana Bloomberg, agência de notícias e especialista em tecnologia e dados financeiros. 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;