Fechar
Publicidade

Domingo, 20 de Setembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

soraiapedrozo@dgabc.com.br | 4435-8057

Cade decide aprofundar análise da fusão de Fiat Chrysler e Peugeot



12/08/2020 | 17:21


O Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) resolveu aprofundar a análise da operação de fusão da Fiat Chrysler e da Peugeot. Despacho publicado no Diário Oficial da União (DOU) declara o negócio "complexo" e determina a realização de novas diligências para a análise de entrada e rivalidade no caso e conceder às empresas a oportunidade de apresentar as eficiências decorrentes da operação.

"A instrução realizada até o momento pela Superintendência-Geral apontou a necessidade de aprofundamento da análise do mercado de furgões pequenos, dado que a participação combinada das partes é extremamente elevada e há dúvidas acerca das condições de entrada e rivalidade no mercado em questão", cita nota técnica do Cade sobre a transação. As empresas têm 15 dias para, se quiserem, enviarem mais informações sobre o assunto.

A fusão de Fiat Chrysler e Peugeot foi notificada ao Cade em maio deste ano. Segundo informado pelas empresas, o negócio prevê a criação de um grupo automotivo com forte presença mundial em P&D e um ecossistema capaz de promover a inovação e enfrentar os desafios de mobilidade autônoma, conectada, elétrica e compartilhada. Anunciada no ano passado, a fusão das duas empresas foi avaliada em US$ 50 bilhões.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Cade decide aprofundar análise da fusão de Fiat Chrysler e Peugeot


12/08/2020 | 17:21


O Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) resolveu aprofundar a análise da operação de fusão da Fiat Chrysler e da Peugeot. Despacho publicado no Diário Oficial da União (DOU) declara o negócio "complexo" e determina a realização de novas diligências para a análise de entrada e rivalidade no caso e conceder às empresas a oportunidade de apresentar as eficiências decorrentes da operação.

"A instrução realizada até o momento pela Superintendência-Geral apontou a necessidade de aprofundamento da análise do mercado de furgões pequenos, dado que a participação combinada das partes é extremamente elevada e há dúvidas acerca das condições de entrada e rivalidade no mercado em questão", cita nota técnica do Cade sobre a transação. As empresas têm 15 dias para, se quiserem, enviarem mais informações sobre o assunto.

A fusão de Fiat Chrysler e Peugeot foi notificada ao Cade em maio deste ano. Segundo informado pelas empresas, o negócio prevê a criação de um grupo automotivo com forte presença mundial em P&D e um ecossistema capaz de promover a inovação e enfrentar os desafios de mobilidade autônoma, conectada, elétrica e compartilhada. Anunciada no ano passado, a fusão das duas empresas foi avaliada em US$ 50 bilhões.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;