Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 23 de Setembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

À espera de respostas


Do Diário do Grande Abc

12/08/2020 | 11:14


Vai completar um ano que a população de São Caetano espera respostas sobre o destino do R$ 1 milhão que foi repassado pelo Executivo municipal à Aciscs (Associação Comercial e Industrial de São Caetano) para a realização do Natal Iluminado, evento ocorrido em 2016 e cuja prestação de contas deixou muito a desejar.

No dia 13 de agosto de 2019 foi instaurada na Câmara a CPI para investigar os fatos. Protocolado pelo parlamentar Tite Campanella – que depois tornar-se-ia presidente da Comissão Parlamentar de Inquérito –, o requerimento foi endossado por 15 de seus colegas de casa.

O tempo passou rápido. Muitas reuniões foram realizadas, pessoas ouvidas e documentos apresentados. Entretanto, ainda faltam as explanações do personagem central do enredo, o advogado Walter Estevam Junior, que na época dos acontecimentos ocupava a presidência da Aciscs.

E ele certamente terá muito a explicar. Dentre outras coisas, precisa esclarecer como parte da verba repassada pela Prefeitura foi usada para o pagamento de almoços com chope e cerveja e para decoração da própria entidade que comandava.

Estevam já deveria ter dado a sua versão dos fatos. Em 17 de março, alegou que tinha outro compromisso agendado para a data e faltou à convocação feita pelos integrantes da CPI. Depois disso, a pandemia do novo coronavírus impactou a realização dos trabalhos no Legislativo e paralisou as apurações.

Ontem, o presidente da CPI apresentou ofício no qual determina o comparecimento “com urgência” do ex-presidente da Aciscs na casa. Resta agora o departamento jurídico da Câmara marcar dia e hora para a efetiva realização da oitiva.

A população de São Caetano tem o direito de saber de que forma foi utilizado o montante confiado à Aciscs. E o senhor Walter Estevam Junior tem o dever de demonstrar, com todos os detalhes, o que fez com o dinheiro. Simples assim. 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

À espera de respostas

Do Diário do Grande Abc

12/08/2020 | 11:14


Vai completar um ano que a população de São Caetano espera respostas sobre o destino do R$ 1 milhão que foi repassado pelo Executivo municipal à Aciscs (Associação Comercial e Industrial de São Caetano) para a realização do Natal Iluminado, evento ocorrido em 2016 e cuja prestação de contas deixou muito a desejar.

No dia 13 de agosto de 2019 foi instaurada na Câmara a CPI para investigar os fatos. Protocolado pelo parlamentar Tite Campanella – que depois tornar-se-ia presidente da Comissão Parlamentar de Inquérito –, o requerimento foi endossado por 15 de seus colegas de casa.

O tempo passou rápido. Muitas reuniões foram realizadas, pessoas ouvidas e documentos apresentados. Entretanto, ainda faltam as explanações do personagem central do enredo, o advogado Walter Estevam Junior, que na época dos acontecimentos ocupava a presidência da Aciscs.

E ele certamente terá muito a explicar. Dentre outras coisas, precisa esclarecer como parte da verba repassada pela Prefeitura foi usada para o pagamento de almoços com chope e cerveja e para decoração da própria entidade que comandava.

Estevam já deveria ter dado a sua versão dos fatos. Em 17 de março, alegou que tinha outro compromisso agendado para a data e faltou à convocação feita pelos integrantes da CPI. Depois disso, a pandemia do novo coronavírus impactou a realização dos trabalhos no Legislativo e paralisou as apurações.

Ontem, o presidente da CPI apresentou ofício no qual determina o comparecimento “com urgência” do ex-presidente da Aciscs na casa. Resta agora o departamento jurídico da Câmara marcar dia e hora para a efetiva realização da oitiva.

A população de São Caetano tem o direito de saber de que forma foi utilizado o montante confiado à Aciscs. E o senhor Walter Estevam Junior tem o dever de demonstrar, com todos os detalhes, o que fez com o dinheiro. Simples assim. 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;