Fechar
Publicidade

Domingo, 20 de Setembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

soraiapedrozo@dgabc.com.br | 4435-8057

FGTS passa a render 4,9% ao ano, mais do que a poupança

 Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Correção da caderneta foi de 4,26% em 2019; para especialistas, trabalhador é beneficiado


Yara Ferraz
Do Diário do Grande ABC

12/08/2020 | 00:05


A rentabilidade do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço) vai aumentar para 4,9% ao ano. A correção supera a poupança, que em 2019 rendeu 4,26%, e fundos de investimento indexados à taxa Selic, atualmente em 2%. O percentual também é superior a inflação oficial do País, o IPCA (Índice de Preços ao Consumidor Amplo), do ano passado, que ficou em 4,31%. Até então, a remuneração era de 3% mais TR (Taxa Referencial), que está zerada.

O anúncio foi feito ontem pelo Conselho Curador do FGTS, com a aprovação pelo governo da distribuição de R$ 7,5 bilhões dos R$ 11,3 bilhões do resultado auferido pelo fundo em 2019.

“Sempre se reclamou, historicamente, que a pior remuneração que existia era do FGTS. A orientação era sempre para quem puder sacar, fazer isso. Mas, nos últimos anos, isso tem mudado, ou seja, manter o FGTS guardado pode ser uma boa alternativa. A poupança hoje está rendendo, até agora, 1,4% ao ano”, afirmou o coordenador do curso de administração do Instituto Mauá de Tecnologia, Ricardo Balistiero.

A remuneração de 4,9% será aplicada ao saldo existente na conta do fundo em 31 de dezembro de 2019. E os valores serão disponibilizados em 31 de agosto. O FGTS só pode ser acessado por quem for demitido sem justa causa, se aposentar, tiver câncer e optar por dar entrada em imóvel ou abater prestação do financiamento imobiliário.

“Com essa distribuição de lucros com a taxa acima do mercado, em tempos que a Selic está baixa, é atraente para o trabalhador recompor a perda econômica”, disse o advogado especialista em direito do trabalho e sócio do escritório Stuchi Advogados, Ruslan Stuchi. Como exemplo, o especialista citou que quem possuía R$ 10 mil na conta ao fim de 2019, anteriormente receberia adicional de R$ 300 e, agora, R$ 490. “Na prática, com valores pequenos é quase imperceptível essa mudança. Mas, quanto maior o valor, mais este reajuste terá impacto”, explicou.

O fundo vem sendo utilizado pelo governo federal como fonte de incremento de renda durante a pandemia. Neste ano, foi autorizado o saque extraordinário de até R$ 1.045 e também começou a valer o saque-aniversário, que permite retiradas anuais do fundo. 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

FGTS passa a render 4,9% ao ano, mais do que a poupança

Correção da caderneta foi de 4,26% em 2019; para especialistas, trabalhador é beneficiado

Yara Ferraz
Do Diário do Grande ABC

12/08/2020 | 00:05


A rentabilidade do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço) vai aumentar para 4,9% ao ano. A correção supera a poupança, que em 2019 rendeu 4,26%, e fundos de investimento indexados à taxa Selic, atualmente em 2%. O percentual também é superior a inflação oficial do País, o IPCA (Índice de Preços ao Consumidor Amplo), do ano passado, que ficou em 4,31%. Até então, a remuneração era de 3% mais TR (Taxa Referencial), que está zerada.

O anúncio foi feito ontem pelo Conselho Curador do FGTS, com a aprovação pelo governo da distribuição de R$ 7,5 bilhões dos R$ 11,3 bilhões do resultado auferido pelo fundo em 2019.

“Sempre se reclamou, historicamente, que a pior remuneração que existia era do FGTS. A orientação era sempre para quem puder sacar, fazer isso. Mas, nos últimos anos, isso tem mudado, ou seja, manter o FGTS guardado pode ser uma boa alternativa. A poupança hoje está rendendo, até agora, 1,4% ao ano”, afirmou o coordenador do curso de administração do Instituto Mauá de Tecnologia, Ricardo Balistiero.

A remuneração de 4,9% será aplicada ao saldo existente na conta do fundo em 31 de dezembro de 2019. E os valores serão disponibilizados em 31 de agosto. O FGTS só pode ser acessado por quem for demitido sem justa causa, se aposentar, tiver câncer e optar por dar entrada em imóvel ou abater prestação do financiamento imobiliário.

“Com essa distribuição de lucros com a taxa acima do mercado, em tempos que a Selic está baixa, é atraente para o trabalhador recompor a perda econômica”, disse o advogado especialista em direito do trabalho e sócio do escritório Stuchi Advogados, Ruslan Stuchi. Como exemplo, o especialista citou que quem possuía R$ 10 mil na conta ao fim de 2019, anteriormente receberia adicional de R$ 300 e, agora, R$ 490. “Na prática, com valores pequenos é quase imperceptível essa mudança. Mas, quanto maior o valor, mais este reajuste terá impacto”, explicou.

O fundo vem sendo utilizado pelo governo federal como fonte de incremento de renda durante a pandemia. Neste ano, foi autorizado o saque extraordinário de até R$ 1.045 e também começou a valer o saque-aniversário, que permite retiradas anuais do fundo. 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;