Fechar
Publicidade

Domingo, 20 de Setembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Gasperini vê chance para Atalanta provar que pode sonhar na Liga dos Campeões



11/08/2020 | 15:38


Uma das surpresas da Liga dos Campeões da Europa, a Atalanta fará nesta quarta-feira o, até agora, maior jogo de sua história. Em Lisboa, que recebe as fases decisivas da competição, a equipe italiana enfrentará o Paris Saint-Germain, de Neymar e cia., pela partida única da fase de quartas de final. O técnico Gian Piero Gasperini afirmou que, mesmo perdendo, o seu time nunca sairá derrotado.

"Somos a prova que uma equipe sem tanto prestígio europeu pode atingir objetivos nesta competição com ideias de jogo, motivação, paixão e entusiasmo, que são recursos ilimitados. Queremos continuar demonstrando que uma equipe como a Atalanta pode continuar em uma competição tão importante", afirmou Gasperini em entrevista coletiva por videoconferência direto do estádio da Luz, local da partida na capital de Portugal.

Considerando Neymar "um problema para todas as equipes que o enfrentam" e Mbappé, dúvida para o encontro por estar lesionado, "outro jogador extraordinário que pode mudar o jogo", Gasperini admitiu preferir um confronto de ida e volta, rejeitando uma possível vantagem em confronto de eliminação direta. "(O Paris Saint-Germain) É uma equipe contra a qual nunca jogamos e não temos parâmetros para conhecer. Temos de ser bons desde o início", alertou.

Gasperini, de 62 anos, lembrou a "série de bons resultados no Campeonato Italiano" por parte da Atalanta, que permitiu o acesso à fase de grupos da Liga dos Campeões pelo segundo ano consecutivo, após a estreia muito positiva nesta temporada com a chegada às quartas de final até o momento.

O técnico comparou a equipe italiana à seleção nacional. Só nesta temporada a Atalanta já marcou 98 gols e, por isso, está confiante para o duelo. "O PSG domina a França há anos, é uma grande equipe com grandes jogadores, mas a Atalanta também superou times difíceis. Estamos confiantes de que podemos jogar bem. E agora somos como a seleção nacional, esperamos representar bem a Itália. Estamos satisfeitos por estar aqui e ficaremos ainda mais se passarmos de fase", completou.

O duelo das quartas de final será jogado em partida única e em caso de empate haverá prorrogação e, posteriormente, caso o resultado não se altere, disputa de pênaltis. O vencedor irá encarar Atlético de Madrid ou RB Leipzig, da Alemanha, que duelam nesta quinta-feira.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Gasperini vê chance para Atalanta provar que pode sonhar na Liga dos Campeões


11/08/2020 | 15:38


Uma das surpresas da Liga dos Campeões da Europa, a Atalanta fará nesta quarta-feira o, até agora, maior jogo de sua história. Em Lisboa, que recebe as fases decisivas da competição, a equipe italiana enfrentará o Paris Saint-Germain, de Neymar e cia., pela partida única da fase de quartas de final. O técnico Gian Piero Gasperini afirmou que, mesmo perdendo, o seu time nunca sairá derrotado.

"Somos a prova que uma equipe sem tanto prestígio europeu pode atingir objetivos nesta competição com ideias de jogo, motivação, paixão e entusiasmo, que são recursos ilimitados. Queremos continuar demonstrando que uma equipe como a Atalanta pode continuar em uma competição tão importante", afirmou Gasperini em entrevista coletiva por videoconferência direto do estádio da Luz, local da partida na capital de Portugal.

Considerando Neymar "um problema para todas as equipes que o enfrentam" e Mbappé, dúvida para o encontro por estar lesionado, "outro jogador extraordinário que pode mudar o jogo", Gasperini admitiu preferir um confronto de ida e volta, rejeitando uma possível vantagem em confronto de eliminação direta. "(O Paris Saint-Germain) É uma equipe contra a qual nunca jogamos e não temos parâmetros para conhecer. Temos de ser bons desde o início", alertou.

Gasperini, de 62 anos, lembrou a "série de bons resultados no Campeonato Italiano" por parte da Atalanta, que permitiu o acesso à fase de grupos da Liga dos Campeões pelo segundo ano consecutivo, após a estreia muito positiva nesta temporada com a chegada às quartas de final até o momento.

O técnico comparou a equipe italiana à seleção nacional. Só nesta temporada a Atalanta já marcou 98 gols e, por isso, está confiante para o duelo. "O PSG domina a França há anos, é uma grande equipe com grandes jogadores, mas a Atalanta também superou times difíceis. Estamos confiantes de que podemos jogar bem. E agora somos como a seleção nacional, esperamos representar bem a Itália. Estamos satisfeitos por estar aqui e ficaremos ainda mais se passarmos de fase", completou.

O duelo das quartas de final será jogado em partida única e em caso de empate haverá prorrogação e, posteriormente, caso o resultado não se altere, disputa de pênaltis. O vencedor irá encarar Atlético de Madrid ou RB Leipzig, da Alemanha, que duelam nesta quinta-feira.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;