Fechar
Publicidade

Domingo, 20 de Setembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

soraiapedrozo@dgabc.com.br | 4435-8057

Havan vai abrir loja em Santo André em até seis meses

Nario Barbosa/DGABC Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Unidade, que será erguida no antigo terreno da Balas Juquinha, na Avenida dos Estados, irá contratar cerca de 200 colaboradores


Yara Ferraz
Do Diário do Grande ABC

11/08/2020 | 00:04


A loja da Havan de Santo André, que será construída no antigo terreno da Balas Juquinha, na Avenida dos Estados, vai gerar até 200 empregos diretos. A previsão é a de que a nova unidade da gigante de departamentos, com a fachada inspirada na Casa Branca – residência presidencial norte-americana – e a famosa réplica da Estátua da Liberdade, seja inaugurada em até seis meses. O valor do investimento da loja gira em torno de R$ 30 milhões.

O empresário Luciano Hang, cofundador e proprietário da Havan, confirmou a nova loja em um vídeo publicado nas redes sociais no último fim de semana. Ele aparece no local com o prefeito Paulo Serra (PSDB) e o secretário de desenvolvimento e geração de emprego Evandro Banzato, que confirmou as informações ao Diário.

A empresa adquiriu o terreno, que tem aproximadamente 17 mil metros quadrados, onde antigamente funcionava a empresa Balas Juquinha e, hoje, abriga um estacionamento de caminhões. A área construída da loja deve girar entre 8 mil e 10 mil m² (metros quadrados), de acordo com Banzato.

“Já estamos dialogando há um bom tempo. Assim que a empresa der entrada no alvará de demolição da estrutura que está lá, o processo será todo digital, para simplificar e facilitar o processo. A empresa tem uma expectativa de quatro a seis meses para o tempo de conclusão da obra. Santo André é referência em agilidade e, provavelmente, o nosso desafio é entregarmos isso o mais rápido para sermos a cidade mais ágil (em ter uma nova loja da Havan) do País”, disse ele, ao destacar a simplificação e desburocratização dos processos na abertura de empresas, que foram realizados durante a atual gestão.

Além disso, a confirmação acontece em plena pandemia do novo coronavírus, situação que acabou prejudicando toda a economia e o mercado de trabalho. “É uma injeção de ânimo e serve de esperança para quem perdeu o posto de trabalho”, assinalou Banzato. “A empresa vai trazer novas oportunidades também para aqueles que buscam o primeiro emprego”, complementou.

Apesar de ainda não ter disponibilizado as vagas de Santo André, a Havan destacou que os candidatos podem acompanhar as oportunidades no site https://inauguracaohavan.gupy.io/#section-jobs. Conforme o secretário, toda a equipe do CPETR (Centro Público de Emprego, Trabalho e Renda) da cidade também foi colocada à disposição para ajudar, além da contratação, no processo de qualificação dos novos funcionários.

“E tenho certeza que viemos para cá para somar, para trazer empregos, alegria. Tenho absoluta certeza que a Havan aqui na avenida (dos Estados) vai tornar (a via) mais bonita. Costumo dizer que a Havan traz turismo, lazer, compra, deixando a cidade com maior qualidade de vida, afinal de contas, estamos falando de empregos”, disse Hang, no vídeo.

O Diário questionou a Havan sobre mais informações a respeito da loja e das demais unidades previstas para a região, mas não obteve resposta até o fechamento desta edição.

Em janeiro, o prefeito de São Bernardo, Orlando Morando (PSDB), foi à sede da Havan, onde encontrou Hang. Na ocasião, trataram sobre a instalação de uma unidade na cidade, com 8.000 m², na Avenida Piraporinha, divisa com Diadema, em galpão que sediava antigo feirão do automóvel, o Auto Shopping Piraporinha, que está desativado há cerca de três anos. A expectativa era a de que a loja abrisse as portas no primeiro semestre, o que ainda não ocorreu devido à pandemia. Os planos são os de gerar aproximadamente 200 empregos, com investimento de R$ 50 milhões.

Hang já citou interesse em cinco cidades do Grande ABC. Além de Santo André e São Bernardo, o empresário já afirmou que há negociações para abrir lojas em São Caetano, Mauá e Diadema.

HISTÓRICO

A primeira Havan foi inaugurada em 1986, em Brusque, Santa Catarina. A rede, conhecida por causa das fachadas das lojas inspiradas na Casa Branca e pelas réplicas da Estátua da Liberdade, possui 149 unidades em 17 Estados. Em 2019, o grupo passou dos R$ 10 bilhões de faturamento.
 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Havan vai abrir loja em Santo André em até seis meses

Unidade, que será erguida no antigo terreno da Balas Juquinha, na Avenida dos Estados, irá contratar cerca de 200 colaboradores

Yara Ferraz
Do Diário do Grande ABC

11/08/2020 | 00:04


A loja da Havan de Santo André, que será construída no antigo terreno da Balas Juquinha, na Avenida dos Estados, vai gerar até 200 empregos diretos. A previsão é a de que a nova unidade da gigante de departamentos, com a fachada inspirada na Casa Branca – residência presidencial norte-americana – e a famosa réplica da Estátua da Liberdade, seja inaugurada em até seis meses. O valor do investimento da loja gira em torno de R$ 30 milhões.

O empresário Luciano Hang, cofundador e proprietário da Havan, confirmou a nova loja em um vídeo publicado nas redes sociais no último fim de semana. Ele aparece no local com o prefeito Paulo Serra (PSDB) e o secretário de desenvolvimento e geração de emprego Evandro Banzato, que confirmou as informações ao Diário.

A empresa adquiriu o terreno, que tem aproximadamente 17 mil metros quadrados, onde antigamente funcionava a empresa Balas Juquinha e, hoje, abriga um estacionamento de caminhões. A área construída da loja deve girar entre 8 mil e 10 mil m² (metros quadrados), de acordo com Banzato.

“Já estamos dialogando há um bom tempo. Assim que a empresa der entrada no alvará de demolição da estrutura que está lá, o processo será todo digital, para simplificar e facilitar o processo. A empresa tem uma expectativa de quatro a seis meses para o tempo de conclusão da obra. Santo André é referência em agilidade e, provavelmente, o nosso desafio é entregarmos isso o mais rápido para sermos a cidade mais ágil (em ter uma nova loja da Havan) do País”, disse ele, ao destacar a simplificação e desburocratização dos processos na abertura de empresas, que foram realizados durante a atual gestão.

Além disso, a confirmação acontece em plena pandemia do novo coronavírus, situação que acabou prejudicando toda a economia e o mercado de trabalho. “É uma injeção de ânimo e serve de esperança para quem perdeu o posto de trabalho”, assinalou Banzato. “A empresa vai trazer novas oportunidades também para aqueles que buscam o primeiro emprego”, complementou.

Apesar de ainda não ter disponibilizado as vagas de Santo André, a Havan destacou que os candidatos podem acompanhar as oportunidades no site https://inauguracaohavan.gupy.io/#section-jobs. Conforme o secretário, toda a equipe do CPETR (Centro Público de Emprego, Trabalho e Renda) da cidade também foi colocada à disposição para ajudar, além da contratação, no processo de qualificação dos novos funcionários.

“E tenho certeza que viemos para cá para somar, para trazer empregos, alegria. Tenho absoluta certeza que a Havan aqui na avenida (dos Estados) vai tornar (a via) mais bonita. Costumo dizer que a Havan traz turismo, lazer, compra, deixando a cidade com maior qualidade de vida, afinal de contas, estamos falando de empregos”, disse Hang, no vídeo.

O Diário questionou a Havan sobre mais informações a respeito da loja e das demais unidades previstas para a região, mas não obteve resposta até o fechamento desta edição.

Em janeiro, o prefeito de São Bernardo, Orlando Morando (PSDB), foi à sede da Havan, onde encontrou Hang. Na ocasião, trataram sobre a instalação de uma unidade na cidade, com 8.000 m², na Avenida Piraporinha, divisa com Diadema, em galpão que sediava antigo feirão do automóvel, o Auto Shopping Piraporinha, que está desativado há cerca de três anos. A expectativa era a de que a loja abrisse as portas no primeiro semestre, o que ainda não ocorreu devido à pandemia. Os planos são os de gerar aproximadamente 200 empregos, com investimento de R$ 50 milhões.

Hang já citou interesse em cinco cidades do Grande ABC. Além de Santo André e São Bernardo, o empresário já afirmou que há negociações para abrir lojas em São Caetano, Mauá e Diadema.

HISTÓRICO

A primeira Havan foi inaugurada em 1986, em Brusque, Santa Catarina. A rede, conhecida por causa das fachadas das lojas inspiradas na Casa Branca e pelas réplicas da Estátua da Liberdade, possui 149 unidades em 17 Estados. Em 2019, o grupo passou dos R$ 10 bilhões de faturamento.
 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;