Fechar
Publicidade

Domingo, 20 de Setembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

EUA/Robert O'Brien: hackers ligados à China atacam infraestrutura eleitoral



09/08/2020 | 19:08


Hackers ligados à China têm atacado a infraestrutura eleitoral norte-americana, disse o conselheiro de segurança nacional da Casa Branca, Robert O'Brien, neste domingo, em entrevista ao programa Face the Nation, da CBS. "Bem, eles (os chineses) gostariam que o presidente perdesse", disse O'Brien. "E a China, como a Rússia, como o Irã, se envolveram em ataques cibernéticos e phishing e esse tipo de coisa com relação à nossa infraestrutura eleitoral, com relação a sites e esse tipo de coisa. Estamos cientes disso e tomando medidas para combater isso."

Conforme O'Brien, hackers associados a China, Rússia e Irã tentaram acessar sites ligados ao Departamento de Estado, coletar dados sobre os norte-americanos e se envolver em operações de influência, "seja no Tik Tok ou Twitter ou em outros espaços". Segundo o representante, os Estados Unidos estão levando a sério qualquer ameaça às eleições presidenciais. "Seja a China, a Rússia ou o Irã, não vamos tolerar isso. E haverá graves consequências para qualquer país que tentar interferir em nossas eleições livres e justas, não importa se seus líderes preferem Joe Biden ou Donald Trump."



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

EUA/Robert O'Brien: hackers ligados à China atacam infraestrutura eleitoral


09/08/2020 | 19:08


Hackers ligados à China têm atacado a infraestrutura eleitoral norte-americana, disse o conselheiro de segurança nacional da Casa Branca, Robert O'Brien, neste domingo, em entrevista ao programa Face the Nation, da CBS. "Bem, eles (os chineses) gostariam que o presidente perdesse", disse O'Brien. "E a China, como a Rússia, como o Irã, se envolveram em ataques cibernéticos e phishing e esse tipo de coisa com relação à nossa infraestrutura eleitoral, com relação a sites e esse tipo de coisa. Estamos cientes disso e tomando medidas para combater isso."

Conforme O'Brien, hackers associados a China, Rússia e Irã tentaram acessar sites ligados ao Departamento de Estado, coletar dados sobre os norte-americanos e se envolver em operações de influência, "seja no Tik Tok ou Twitter ou em outros espaços". Segundo o representante, os Estados Unidos estão levando a sério qualquer ameaça às eleições presidenciais. "Seja a China, a Rússia ou o Irã, não vamos tolerar isso. E haverá graves consequências para qualquer país que tentar interferir em nossas eleições livres e justas, não importa se seus líderes preferem Joe Biden ou Donald Trump."

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;