Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 23 de Setembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

EUA impõem sanções contra várias autoridades de Hong Kong

Shealah Craighead  / Fotos Públicas  Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra


07/08/2020 | 16:24


O Departamento do Tesouro dos Estados Unidos anunciou nesta sexta-feira, 7, sanções contra várias autoridades de Hong Kong, entre elas Carrie Lam, a chefe do Exército local. Outras autoridades, como a secretária de Justiça, o secretário de Segurança e o comissário de Polícia de Hong Kong, também foram alvos da medida.

Com a inclusão nesta lista, os EUA bloqueiam eventuais bens das pessoas citadas em solo americano, além de vetarem que cidadãos dos EUA realizem negócios com elas. O anúncio é feito em momento de tensões entre Washington e Pequim pela investida da China para reforçar o controle sobre Hong Kong, com uma nova lei de segurança, o que segundo o governo americano rompe acordos internacionais, enquanto o regime chinês diz se tratar de uma questão de política interna.

Lam é vista como responsável por conduzir uma agenda pró-China em Hong Kong.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

EUA impõem sanções contra várias autoridades de Hong Kong


07/08/2020 | 16:24


O Departamento do Tesouro dos Estados Unidos anunciou nesta sexta-feira, 7, sanções contra várias autoridades de Hong Kong, entre elas Carrie Lam, a chefe do Exército local. Outras autoridades, como a secretária de Justiça, o secretário de Segurança e o comissário de Polícia de Hong Kong, também foram alvos da medida.

Com a inclusão nesta lista, os EUA bloqueiam eventuais bens das pessoas citadas em solo americano, além de vetarem que cidadãos dos EUA realizem negócios com elas. O anúncio é feito em momento de tensões entre Washington e Pequim pela investida da China para reforçar o controle sobre Hong Kong, com uma nova lei de segurança, o que segundo o governo americano rompe acordos internacionais, enquanto o regime chinês diz se tratar de uma questão de política interna.

Lam é vista como responsável por conduzir uma agenda pró-China em Hong Kong.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;