Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 21 de Setembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Nacional

nacional@dgabc.com.br | 4435-8301

'Estamos chegando ao número de 100 mil (mortes); vamos tocar a vida'

Isac Nóbrega/PR/Fotos Públicas Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra


06/08/2020 | 22:02


O presidente Jair Bolsonaro disse que mortes por outras causas estão sendo registradas como provocadas pela covid-19 no Brasil e que, nesses casos, os médicos "poupam autópsias".

"A pessoa está em situação complicada, vem a falecer e o pessoal mete covid. Não é uma regra isso, mas é em alguns casos, o médico poupa uma autópsia. Alguns casos têm chegado ao conhecimento da gente. Não vou dizer que são fontes confiáveis, mas vou dizer que chega ao conhecimento", disse ele em live transmitida pelo seu Facebook, nesta quinta-feira, 6.

"Alguns governadores, não sei com qual interesse, encaminham nesse sentido", disse.

A média móvel de mortes em decorrência da covid-19 nos últimos sete dias no Brasil passou de 1.066 ontem para 1.033, segundo o consórcio de imprensa formado por Estadão, G1, O Globo, Extra, Folha e UOL.

O País registrou na quarta-feira, 5, 1.322 mortes em decorrência da doença, levando o total de óbitos a 97.418. Sobre os infectados, já são 2.862.761 brasileiros com o novo coronavírus desde o começo da pandemia, 54.685 desses confirmados no último dia.

"Estamos chegando ao número de 100 mil (mortes); vamos tocar a vida", afirmou ainda o presidente da República.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

'Estamos chegando ao número de 100 mil (mortes); vamos tocar a vida'


06/08/2020 | 22:02


O presidente Jair Bolsonaro disse que mortes por outras causas estão sendo registradas como provocadas pela covid-19 no Brasil e que, nesses casos, os médicos "poupam autópsias".

"A pessoa está em situação complicada, vem a falecer e o pessoal mete covid. Não é uma regra isso, mas é em alguns casos, o médico poupa uma autópsia. Alguns casos têm chegado ao conhecimento da gente. Não vou dizer que são fontes confiáveis, mas vou dizer que chega ao conhecimento", disse ele em live transmitida pelo seu Facebook, nesta quinta-feira, 6.

"Alguns governadores, não sei com qual interesse, encaminham nesse sentido", disse.

A média móvel de mortes em decorrência da covid-19 nos últimos sete dias no Brasil passou de 1.066 ontem para 1.033, segundo o consórcio de imprensa formado por Estadão, G1, O Globo, Extra, Folha e UOL.

O País registrou na quarta-feira, 5, 1.322 mortes em decorrência da doença, levando o total de óbitos a 97.418. Sobre os infectados, já são 2.862.761 brasileiros com o novo coronavírus desde o começo da pandemia, 54.685 desses confirmados no último dia.

"Estamos chegando ao número de 100 mil (mortes); vamos tocar a vida", afirmou ainda o presidente da República.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;