Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 25 de Setembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

soraiapedrozo@dgabc.com.br | 4435-8057

'Podemos chegar a um crescimento de 3,5% a 4% no fim desse governo', diz Guedes



06/08/2020 | 12:58


O ministro da Economia, Paulo Guedes, disse nesta quinta-feira, 6, confiar em uma recuperação acelerada da economia brasileira após a crise causada pela pandemia de covid-19. "Podemos chegar a um crescimento de 3,5% a 4% no fim desse governo, mas não gosto de fazer projeções sobre o crescimento, somos uma ciência social. Mas tenho certeza de que o Brasil surpreenderá o mundo e terá um crescimento maior que o de outros países na saída da crise", completou.

Guedes avaliou ainda que o auxílio emergencial de R$ 600 pago pelo governo a mais de 66 milhões desempregados e trabalhadores informais foi bem sucedido. "Não houve nenhum distúrbio social e as pessoas continuaram se alimentando durante as medidas de distanciamento social", citou, em evento promovido pela Fundação Internacional para a Liberdade (FIL).

A instituição é presidida pelo prêmio Nobel de literatura, Mario Vargas Llosa.

Guedes destacou ainda o fechamento de 1,2 milhão de vagas formais de trabalho desde o começo da pandemia, enquanto os Estados Unidos registraram 30 milhões de postos de emprego perdidos na crise. "Preservamos 11 milhões de empregos", afirmou, citando o Benefício Emergencial de Preservação do Emprego e da Renda (BEM), que permitiu a suspensão de contratos ou a redução de jornada e salário.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

'Podemos chegar a um crescimento de 3,5% a 4% no fim desse governo', diz Guedes


06/08/2020 | 12:58


O ministro da Economia, Paulo Guedes, disse nesta quinta-feira, 6, confiar em uma recuperação acelerada da economia brasileira após a crise causada pela pandemia de covid-19. "Podemos chegar a um crescimento de 3,5% a 4% no fim desse governo, mas não gosto de fazer projeções sobre o crescimento, somos uma ciência social. Mas tenho certeza de que o Brasil surpreenderá o mundo e terá um crescimento maior que o de outros países na saída da crise", completou.

Guedes avaliou ainda que o auxílio emergencial de R$ 600 pago pelo governo a mais de 66 milhões desempregados e trabalhadores informais foi bem sucedido. "Não houve nenhum distúrbio social e as pessoas continuaram se alimentando durante as medidas de distanciamento social", citou, em evento promovido pela Fundação Internacional para a Liberdade (FIL).

A instituição é presidida pelo prêmio Nobel de literatura, Mario Vargas Llosa.

Guedes destacou ainda o fechamento de 1,2 milhão de vagas formais de trabalho desde o começo da pandemia, enquanto os Estados Unidos registraram 30 milhões de postos de emprego perdidos na crise. "Preservamos 11 milhões de empregos", afirmou, citando o Benefício Emergencial de Preservação do Emprego e da Renda (BEM), que permitiu a suspensão de contratos ou a redução de jornada e salário.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;