Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 23 de Setembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

UE mobiliza ajuda emergencial ao Líbano equivalente a 33 milhões de euros



06/08/2020 | 09:07


A União Europeia (UE) mobilizou ajuda emergencial ao Líbano equivalente a 33 milhões de euros, informou a Comissão Europeia, órgão executivo do bloco, nesta quinta-feira, 6. O valor corresponde a oferecimento de embarcações militares, bombeiros e especialistas em detecção de produtos químicos.

A capital do Líbano, Beirute, foi parcialmente destruída na última terça-feira após uma forte explosão, decorrente de incêndio em depósito que armazenava nitrato de amônio no porto da cidade.

Já são ao menos 137 mortos, 5 mil feridos e 300 mil desabrigados.

A Comissão Europeia salientou, em nota enviada à imprensa, que considera apoio adicional ao Líbano, a depender do desenrolar de mais essa crise que assola o país árabe.

A presidente do órgão, Ursula Von der Leyen, disse ainda, no informe, que vai discutir facilitações comerciais e outros tipos de apoio econômico junto a instituições financeiras internacionais de forma aumentar a ajuda a Beirute.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

UE mobiliza ajuda emergencial ao Líbano equivalente a 33 milhões de euros


06/08/2020 | 09:07


A União Europeia (UE) mobilizou ajuda emergencial ao Líbano equivalente a 33 milhões de euros, informou a Comissão Europeia, órgão executivo do bloco, nesta quinta-feira, 6. O valor corresponde a oferecimento de embarcações militares, bombeiros e especialistas em detecção de produtos químicos.

A capital do Líbano, Beirute, foi parcialmente destruída na última terça-feira após uma forte explosão, decorrente de incêndio em depósito que armazenava nitrato de amônio no porto da cidade.

Já são ao menos 137 mortos, 5 mil feridos e 300 mil desabrigados.

A Comissão Europeia salientou, em nota enviada à imprensa, que considera apoio adicional ao Líbano, a depender do desenrolar de mais essa crise que assola o país árabe.

A presidente do órgão, Ursula Von der Leyen, disse ainda, no informe, que vai discutir facilitações comerciais e outros tipos de apoio econômico junto a instituições financeiras internacionais de forma aumentar a ajuda a Beirute.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;