Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 2 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Azulão esconde o jogo para pegar o Ramalhão


Nilton Valentim
Do Diário do Grande ABC

05/03/2005 | 16:04


O confronto entre Santo André e São Caetano ganhou, definitivamente, ares de clássico. Depois da preparação voltada exclusivamente para a partida, o técnico Zetti fechou os trabalhos, nesta sexta, com precauções dignas de final de campeonato. Entre elas, a solicitação para que cinegrafistas e fotógrafos não registrassem o treino tático da equipe no Anacleto Campanella.

Zetti armou o time no esquema 3-5-2 e ganhou um problema inesperado. O volante Paulo Miranda, com cansaço muscular, virou dúvida para o jogo e Pingo treinou em seu lugar. A surpresa veio quando o treinador pediu que o treino fosse interrompido e pediu ao assessor de imprensa para que os profissionais parassem de produzir imagens. "Eu trabalhei alguns posicionamentos, jogadas que podem ocorrer ou não dentro da partida. Por isso, pedi que não fossem feitas as imagens", justificou Zetti. "Mas isso não muda nada, o importante é que a equipe está motivada para este jogo", afirmou.

O técnico não admite abertamente, mas uma das preocupações para o clássico são as bolas altas cruzadas na área. Para evitar a jogada, ele substituiu o zagueiro Gustavo por Douglas (1,96m) e, no treino desta sexta, deu ênfase a este tipo de jogada. Ele ensaiou cobranças de faltas e orientou a posição de seus defensores durante muito tempo. "O Santo André joga junto há muito tempo, pois manteve a base do ano passado. Por isso, temos de tomar cuidado com todo o conjunto".

Na simulação, enquanto o time era atacado, os baixinhos Anaílson e Marcinho se posicionavam próximo à linha do meio-campo e esperavam a saída rápida de bola para puxar o contra-ataque em velocidade.

"Este será um jogo diferente, principalmente para as duas cidades em função da rivalidade. É diferente até mesmo de uma partida contra Corinthians ou São Paulo. Mexe muito com as cidades, então, a responsabilidade é muito grande e a motivação é grande para voltarmos a vencer", afirmou Marcinho.

O meia acredita que o fato de o Santo André ter perdido para o Deportivo Táchira no meio de semana pela Copa Libertadores e a longa viagem dificultem ainda mais a vida do Azulão. "Quando eu perco um jogo, não vejo a hora de poder entrar em campo novamente para voltar a vencer e, com eles, não será diferente", afirmou.

Desfalques – Para o jogo deste domingo, o técnico Zetti não poderá contar com o lateral Ceará, que continua entregue ao departamento médico, e Alessandro será mantido na equipe. Canindé também está fora, mas por ter recebido o terceiro cartão amarelo. Anaílson será o dono da vaga.

O terceiro desfalque poderá ser o volante Paulo Miranda. Caso ele não jogue, Pingo garante que pode dar conta do recado. "Eu estou preparado, se ele realmente não puder jogar, espero dar o meu melhor e ajudar a equipe a buscar a vitória", disse o jogador. "Neste setor eu estou tranqüilo, o Pingo tem plenas condições de substituir o Paulo", finalizou Zetti.



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;