Fechar
Publicidade

Sábado, 31 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Trump diz não se importar que Microsoft compre TikTok, mas coloca prazo

Alan Santos/PR / Fotos Publicas  Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra


03/08/2020 | 14:55


O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, disse não se importar que a gigante tecnológica Microsoft ou outra empresa americana compre a operação do aplicativo chinês TikTok no país, mas estabeleceu um prazo de até 15 de setembro para que o negócio seja fechado. Caso contrário, o TikTok estará "fora do mercado", afirmou Trump, durante uma reunião com trabalhadores do setor de tecnologia.

No final de semana, a Microsoft confirmou que negocia a compra da operação do TikTok nos EUA com a ByteDance, companhia chinesa que é controladora do aplicativo.

O líder da Casa Branca disse, no entanto, que o governo americano deverá ser beneficiado. "O Tesouro terá que receber muito dinheiro de qualquer acordo pelo TikTok", declarou, sem dar mais detalhes.

Trump voltou a chamar a covid-19 de vírus chinês e repetiu que a China deveria ter impedido a disseminação da doença.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Trump diz não se importar que Microsoft compre TikTok, mas coloca prazo


03/08/2020 | 14:55


O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, disse não se importar que a gigante tecnológica Microsoft ou outra empresa americana compre a operação do aplicativo chinês TikTok no país, mas estabeleceu um prazo de até 15 de setembro para que o negócio seja fechado. Caso contrário, o TikTok estará "fora do mercado", afirmou Trump, durante uma reunião com trabalhadores do setor de tecnologia.

No final de semana, a Microsoft confirmou que negocia a compra da operação do TikTok nos EUA com a ByteDance, companhia chinesa que é controladora do aplicativo.

O líder da Casa Branca disse, no entanto, que o governo americano deverá ser beneficiado. "O Tesouro terá que receber muito dinheiro de qualquer acordo pelo TikTok", declarou, sem dar mais detalhes.

Trump voltou a chamar a covid-19 de vírus chinês e repetiu que a China deveria ter impedido a disseminação da doença.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;