Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 21 de Setembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Goleiro Ivan parabeniza reação da Ponte Preta e despista sobre futuro



02/08/2020 | 22:00


A Ponte Preta se despediu do Campeonato Paulista neste domingo, ao perder a semifinal para o Palmeiras, por 1 a 0, no Allianz Parque, mas nada de lamentar. O sentimento é de dever cumprido.

Até a paralisação do campeonato por conta da pandemia, a Ponte estava virtualmente rebaixada, com sete pontos e na lanterna da classificação geral. O time só não escapou da queda com duas vitórias em dois jogos como avançou para a semifinal, ao ganhar do Santos, por 3 a 1, de virada, na Vila Belmiro, nas quartas de final.

"Claro que a gente queria chegar ainda mais longe. A gente sabia que não vinha bem, mesmo assim não desistimos e lutamos até o final. Independentemente do resultado de hoje, o time está de parabéns. Saímos de cabeça erguida. Temos o resto do ano pela frente e vamos atrás do nosso objetivo", afirmou o goleiro Ivan, que se destacou com boas defesas.

O jogador, porém, corre o risco de não terminar a Série B do Campeonato Brasileiro defendendo a Ponte Preta. Titular da seleção pré-olímpica e com convocações para a principal, Ivan recentemente teve seu nome ligado a Barcelona-ESP e Milan-ITA. "Eu tenho contrato aqui até 2023. Meu foco é estar em campo, é o que eu procuro fazer. Essas coisas eu deixo para a diretoria", despistou Ivan.

Agora, a Ponte Preta se concentra para o início da Série B, cujo acesso à elite é o principal objetivo em 2020. A estreia será no sábado, contra o América-MG, no Canindé. Isso porque Campinas ainda não pode receber jogos por conta da pandemia.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Goleiro Ivan parabeniza reação da Ponte Preta e despista sobre futuro


02/08/2020 | 22:00


A Ponte Preta se despediu do Campeonato Paulista neste domingo, ao perder a semifinal para o Palmeiras, por 1 a 0, no Allianz Parque, mas nada de lamentar. O sentimento é de dever cumprido.

Até a paralisação do campeonato por conta da pandemia, a Ponte estava virtualmente rebaixada, com sete pontos e na lanterna da classificação geral. O time só não escapou da queda com duas vitórias em dois jogos como avançou para a semifinal, ao ganhar do Santos, por 3 a 1, de virada, na Vila Belmiro, nas quartas de final.

"Claro que a gente queria chegar ainda mais longe. A gente sabia que não vinha bem, mesmo assim não desistimos e lutamos até o final. Independentemente do resultado de hoje, o time está de parabéns. Saímos de cabeça erguida. Temos o resto do ano pela frente e vamos atrás do nosso objetivo", afirmou o goleiro Ivan, que se destacou com boas defesas.

O jogador, porém, corre o risco de não terminar a Série B do Campeonato Brasileiro defendendo a Ponte Preta. Titular da seleção pré-olímpica e com convocações para a principal, Ivan recentemente teve seu nome ligado a Barcelona-ESP e Milan-ITA. "Eu tenho contrato aqui até 2023. Meu foco é estar em campo, é o que eu procuro fazer. Essas coisas eu deixo para a diretoria", despistou Ivan.

Agora, a Ponte Preta se concentra para o início da Série B, cujo acesso à elite é o principal objetivo em 2020. A estreia será no sábado, contra o América-MG, no Canindé. Isso porque Campinas ainda não pode receber jogos por conta da pandemia.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;