Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 22 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Oposiçao ao governo iugoslavo exige reformas


Do Diário do Grande ABC

29/06/1999 | 11:35


Na primeira manifestaçao de protesto contra o presidente Slobodan Milosevic desde o fim dos bombardeios aéreos da Organizaçao do Tratado do Atlântico Norte (OTAN), a fragmentada oposiçao iugoslava tentará explorar o descontentamento público para pressionar por reformas.

A manifestaçao, organizada pela Aliança para a Mudança, a principal coalizao opositora, está programada para esta tarde na cidade de Cacak, no centro da república da Sérvia, 100 quilômetros a sudoeste de Belgrado, a capital. "Estou otimista", declarou Goran Svilanovic, líder do partido Aliança Cívica, que integra a coalizao. "A Sérvia está estimulada".

A insatisfaçao aumentou na Sérvia, a principal república da federaçao iugoslava, desde que Milosevic cedeu às pressoes da OTAN e decidiu retirar suas tropas da província sérvia de Kosovo. Ainda nao se sabe se o governo permitirá a realizaçao da manifestaçao. Dirigentes opositores disseram que o governo nao retirou a proibiçao de realizar atos públicos, imposta no início dos bombardeios. "Estamos decididos a fazer a manifestaçao sem nos importar com a proibiçao", disse Svilanovic.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Oposiçao ao governo iugoslavo exige reformas

Do Diário do Grande ABC

29/06/1999 | 11:35


Na primeira manifestaçao de protesto contra o presidente Slobodan Milosevic desde o fim dos bombardeios aéreos da Organizaçao do Tratado do Atlântico Norte (OTAN), a fragmentada oposiçao iugoslava tentará explorar o descontentamento público para pressionar por reformas.

A manifestaçao, organizada pela Aliança para a Mudança, a principal coalizao opositora, está programada para esta tarde na cidade de Cacak, no centro da república da Sérvia, 100 quilômetros a sudoeste de Belgrado, a capital. "Estou otimista", declarou Goran Svilanovic, líder do partido Aliança Cívica, que integra a coalizao. "A Sérvia está estimulada".

A insatisfaçao aumentou na Sérvia, a principal república da federaçao iugoslava, desde que Milosevic cedeu às pressoes da OTAN e decidiu retirar suas tropas da província sérvia de Kosovo. Ainda nao se sabe se o governo permitirá a realizaçao da manifestaçao. Dirigentes opositores disseram que o governo nao retirou a proibiçao de realizar atos públicos, imposta no início dos bombardeios. "Estamos decididos a fazer a manifestaçao sem nos importar com a proibiçao", disse Svilanovic.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;