Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 21 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Encontros virtuais mantém vínculo afetivo entre escola municipais, estudantes e famílias

Divulgação Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Iniciativa tem objetivo de minimizar os impactos do afastamento social durante a pandemia


Da Redação

29/07/2020 | 11:12


A rede municipal de educação de Ribeirão Pires se adaptou ao ensino remoto adotado como mais uma das medidas de enfrentamento ao novo coronavirus. Entre as estratégias adotadas pela Prefeitura está a realização de lives e reuniões virtuais, promovidas pelas 33 unidades escolares com a participação de alunos e professores. A iniciativa tem como objetivo manter a interação social e fortalecer vínculos afetivos para minimizar os impactos do afastamento durante a pandemia.

Nestes encontros virtuais, os educadores explicam sobre a importância do programa Aprendendo em Casa, que leva atividades remotas para os alunos. Eles também explicam os protocolos de um possível retorno das aulas e esclarecem dúvidas das famílias. As reuniões virtuais são acompanhadas por gestores escolares e representantes da coordenadoria pedagógica da Secretaria da Educação.

“Desafios foram aparecendo ao longo dos últimos meses e fomos encontrando soluções. A proposta dos encontros virtuais é do estreitamento do relacionamento entre a escola e a família, pois essa interação mostra aos próprios familiares e estudantes a importância de reforçarem vínculos com os professores”, explicou a secretária de Educação, Flávia Banwart.

No início do mês, a Prefeitura criou comitê para discutir ações de planejamento para a retomada das aulas, prevista, dentro do Plano São Paulo, do Governo Estadual, para setembro. Santo André e São Bernardo disseram ontem que não pretendem voltar nesta data.

O comitê é composto por profissionais da Educação, incluindo da rede privada, e tem como objetivo elaborar protocolos de segurança e as atividades pedagógicas para os cerca de 7.500 alunos matriculados na rede municipal - Educação Infantil, Ensino Fundamental e Educação de Jovens e Adultos.

Em Casa
Como forma de manter as atividades pedagógicas, alunos da rede municipal de Ribeirão Pires estão tendo acesso a conteúdo por meio de canais digitais. A medida faz parte da ação Aprendendo em Casa, da Secretaria de Educação, que teve início em abril. Cerca de 95% dos estudantes matriculados participam do programa. Os conteúdos para os alunos que não têm acesso à Internet estão sendo impressos e são retirados pelos pais nas escolas.

--  



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Encontros virtuais mantém vínculo afetivo entre escola municipais, estudantes e famílias

Iniciativa tem objetivo de minimizar os impactos do afastamento social durante a pandemia

Da Redação

29/07/2020 | 11:12


A rede municipal de educação de Ribeirão Pires se adaptou ao ensino remoto adotado como mais uma das medidas de enfrentamento ao novo coronavirus. Entre as estratégias adotadas pela Prefeitura está a realização de lives e reuniões virtuais, promovidas pelas 33 unidades escolares com a participação de alunos e professores. A iniciativa tem como objetivo manter a interação social e fortalecer vínculos afetivos para minimizar os impactos do afastamento durante a pandemia.

Nestes encontros virtuais, os educadores explicam sobre a importância do programa Aprendendo em Casa, que leva atividades remotas para os alunos. Eles também explicam os protocolos de um possível retorno das aulas e esclarecem dúvidas das famílias. As reuniões virtuais são acompanhadas por gestores escolares e representantes da coordenadoria pedagógica da Secretaria da Educação.

“Desafios foram aparecendo ao longo dos últimos meses e fomos encontrando soluções. A proposta dos encontros virtuais é do estreitamento do relacionamento entre a escola e a família, pois essa interação mostra aos próprios familiares e estudantes a importância de reforçarem vínculos com os professores”, explicou a secretária de Educação, Flávia Banwart.

No início do mês, a Prefeitura criou comitê para discutir ações de planejamento para a retomada das aulas, prevista, dentro do Plano São Paulo, do Governo Estadual, para setembro. Santo André e São Bernardo disseram ontem que não pretendem voltar nesta data.

O comitê é composto por profissionais da Educação, incluindo da rede privada, e tem como objetivo elaborar protocolos de segurança e as atividades pedagógicas para os cerca de 7.500 alunos matriculados na rede municipal - Educação Infantil, Ensino Fundamental e Educação de Jovens e Adultos.

Em Casa
Como forma de manter as atividades pedagógicas, alunos da rede municipal de Ribeirão Pires estão tendo acesso a conteúdo por meio de canais digitais. A medida faz parte da ação Aprendendo em Casa, da Secretaria de Educação, que teve início em abril. Cerca de 95% dos estudantes matriculados participam do programa. Os conteúdos para os alunos que não têm acesso à Internet estão sendo impressos e são retirados pelos pais nas escolas.

--  

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;