Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 27 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

São Paulo pega o Juventude no Morumbi


Edélcio Cândido
Do Diário do Grabde ABC
Com Agências

08/08/2003 | 00:49


O São Paulo conseguiu o que planejava: vai enfrentar o Juventude no sábado, às 18h, no Morumbi, pela 25ª rodada do Brasileirão. Isto porque o Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), que tirou o mando de dois jogos do Tricolor devido aos fatos ocorridos contra a Ponte Preta (agressões de torcedores a membros do Ponte após a partida no saguão do estádio), acatou pedido da diretoria do Tricolor solicitado junto a Confederação Brasileira de Futebol (CBF). O Morumbi foi liberado para este jogo pela CBF porque o Tricolor já havia vendido pacotes de ingressos válidos para três jogos, inclusive, o do Juventude.

O Tricolor vai cumprir as duas suspensões contra o Criciúma (dia 16 próximo) e depois contra o Paysandu (dia 30). Os locais ainda não são conhecidos, mas as principais opções são os estádios do Santa Cruz (Ribeirão Preto), Hermínio Ometto (Araras) e Teixeirão (São José do Rio Preto). O presidente do São Paulo, Marcelo Portugal Gouvêa, achou justo manter a partida no Morumbi e cumprir a pena depois. "O Juventude não se colocou contrário e tudo ficou mais fácil. Infelizmente, por causa de alguns baderneiros, o São Paulo acaba pagando caro. São-paulinos de coração não cometeriam essas besteiras com os atletas da Ponte", disse Gouvêa.

Suspense – Depois do empate contra o Cruzeiro por 1 a 1, quarta-feira, no Mineirão, o técnico Roberto Rojas ganhou problemas – terá cinco desfalques – para escalar o time. O treinador faz coletivo nesta sexta-feira e começa a armar o time e escolher os substitutos dos jogadores que estão fora da partida de sábado. Diego Tardelli é um dos nomes certos que começam jogando. Três atletas receberam o terceiro cartão amarelo, o zagueiro Jean, o meia Fábio Simplício e o lateral Gustavo Nery. Luís Fabiano e Júlio Santos foram condenados pelo STJD, em julgamento que aconteceu horas antes do jogo com o Cruzeiro. Rogério Ceni pegou apenas multa de R$ 30. "Foi muito. Eu não esperava nem ser punido", disse Ceni. O meia-atacante Kaká diz que não ficou preocupado em jogar no Morumbi, onde a torcida tem 'pegado no seu pé'.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;