Fechar
Publicidade

Sábado, 31 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Conta no Twitter de filho de Trump é limitada por 'compartilhar desinformação'

Shealah Craighead  / Fotos Públicas  Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra


28/07/2020 | 14:06


O Twitter "suspendeu" nesta terça-feira, 28, por 12 horas a conta na rede social de Donald Trump Jr., um dos filhos do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump. A justificativa dada pela empresa foi que o empresário de 42 anos "compartilhou desinformação" sobre a covid-19, por isso sua conta terá "funcionalidade limitada durante 12 horas".

Por meio da conta de sua equipe de comunicação, o Twitter diz que o conteúdo precisou ser deletado, por violar as regras da rede. De acordo com a imprensa americana, o tuíte que motivou a punição, já retirado da plataforma, trazia um vídeo sobre os supostos benefícios da hidroxicloroquina no combate ao novo coronavírus.

A imprensa americana diz ainda que o próprio presidente retuitou o mesmo vídeo, mas nesse caso não houve suspensão da funcionalidade da conta. A mensagem foi retirada, com uma mensagem de que ela "não está mais disponível", a qual remete para um site com as regras para os avisos do Twitter.

O presidente americano já criticou o Twitter várias vezes, pelo que considera um viés contrário a ideias e políticos conservadores, enquanto a rede argumenta que apenas aplica suas regras de uso.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Conta no Twitter de filho de Trump é limitada por 'compartilhar desinformação'


28/07/2020 | 14:06


O Twitter "suspendeu" nesta terça-feira, 28, por 12 horas a conta na rede social de Donald Trump Jr., um dos filhos do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump. A justificativa dada pela empresa foi que o empresário de 42 anos "compartilhou desinformação" sobre a covid-19, por isso sua conta terá "funcionalidade limitada durante 12 horas".

Por meio da conta de sua equipe de comunicação, o Twitter diz que o conteúdo precisou ser deletado, por violar as regras da rede. De acordo com a imprensa americana, o tuíte que motivou a punição, já retirado da plataforma, trazia um vídeo sobre os supostos benefícios da hidroxicloroquina no combate ao novo coronavírus.

A imprensa americana diz ainda que o próprio presidente retuitou o mesmo vídeo, mas nesse caso não houve suspensão da funcionalidade da conta. A mensagem foi retirada, com uma mensagem de que ela "não está mais disponível", a qual remete para um site com as regras para os avisos do Twitter.

O presidente americano já criticou o Twitter várias vezes, pelo que considera um viés contrário a ideias e políticos conservadores, enquanto a rede argumenta que apenas aplica suas regras de uso.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;