Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 4 de Agosto

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

dmais@dgabc.com.br | 4435-8396

Mais um passo dado pela boy band BTS

Divulgação Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Maior grupo de k-pop da atualidade revela faixas inéditas e revisita canções em disco oriental


Luís Felipe Soares
Do Diário do Grande ABC

25/07/2020 | 23:59


O pacote de novidades prometido pelo BTS para o público acaba de ser ampliado. A mais popular boy-band da Coreia do Sul consegue reunir elementos do universo pop mundial em seus trabalhos, mas agora retorna ao Oriente em mais um capítulo de sua história. Trata-se do lançamento do disco Map of the Soul: 7 – The Journey, seu quarto álbum japonês de estúdio e que pode ser ouvido por fãs de qualquer língua por meio das plataformas digitais desde a primeira quinzena de julho. O projeto conta com algumas faixas inéditas e é complementado por versões de singles de trabalhos anteriores, mostrando que a construção da hegemonia do septeto não para.

RM, Jimin, Suga, J-Hope, Jungkook, V e Jin estão juntos desde 2013 e são os maiores expoentes do k-pop nos últimos anos. Eles cantam misturando idiomas, dançam elaboradas coreografias e estrelam clipes cujos conceitos visuais se destacam em meio à diversidade audiovisual. Desde sua estreia nunca passaram uma temporada sem apresentar algo, sejam singles, discos inteiros, EPs ou coletâneas especiais, o que faz seu ‘exército’ de fãs estar atento e agitado o tempo todo.

Em 2020, no mês de fevereiro, já tinham revelado Map of the Soul: 7, o quarto álbum completo de estúdio da carreira. O projeto parece contar agora com uma espécie de ‘anexo’ japonês. Trata-se do primeiro lançamento no idioma em mais de dois anos especialmente para um dos maiores mercados do mundo. 

Os rapazes fortalecem os laços com esse público em específico apresentando versões exclusivas de faixas presentes no projeto do primeiro semestre, casos de Boy With Luv e Black Swan, além de rever sucessos anteriores, entre eles Idol e Fake Love, ambas de 2018. Destaque também para as inéditas Your Eyes Tell e Stay Gold, esta última o single do momento e que conta com clipe em alta no YouTube tendo ultrapassado 80 milhões de views desde o começo de julho. Apesar de o idioma primordial ser o do Japão, certas palavras e termos em inglês surgem ao longo das letras. No total, a tracklist tem 13 plays.

Performances das canções já podem ser vistas on-line, incluindo uma live especial realizada na semana passada com ar mais sério, pouca dança, cenas de bastidores do vídeo de Stay Gold e algumas perguntas e respostas sobre o disco, a música nova e o atual momento do grupo de k-pop, incluindo o tempo em meio à quarentena de combate à proliferação da Covid-19. “Para mim, ouro (em relação à canção) é o tempo que tenho agora. Recentemente, passar mais tempo comigo mesmo tem me feito perceber a importância desses momentos e seu poder de recuperação. Acho que, nesse tempo, tenho sentido que cresci mais como pessoa”, comentou Jungkook. Ele e o restante BTS tentam evoluir mesmo na pandemia, com o disco em japonês se comunicando com todo o mundo enquanto isso. 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Mais um passo dado pela boy band BTS

Maior grupo de k-pop da atualidade revela faixas inéditas e revisita canções em disco oriental

Luís Felipe Soares
Do Diário do Grande ABC

25/07/2020 | 23:59


O pacote de novidades prometido pelo BTS para o público acaba de ser ampliado. A mais popular boy-band da Coreia do Sul consegue reunir elementos do universo pop mundial em seus trabalhos, mas agora retorna ao Oriente em mais um capítulo de sua história. Trata-se do lançamento do disco Map of the Soul: 7 – The Journey, seu quarto álbum japonês de estúdio e que pode ser ouvido por fãs de qualquer língua por meio das plataformas digitais desde a primeira quinzena de julho. O projeto conta com algumas faixas inéditas e é complementado por versões de singles de trabalhos anteriores, mostrando que a construção da hegemonia do septeto não para.

RM, Jimin, Suga, J-Hope, Jungkook, V e Jin estão juntos desde 2013 e são os maiores expoentes do k-pop nos últimos anos. Eles cantam misturando idiomas, dançam elaboradas coreografias e estrelam clipes cujos conceitos visuais se destacam em meio à diversidade audiovisual. Desde sua estreia nunca passaram uma temporada sem apresentar algo, sejam singles, discos inteiros, EPs ou coletâneas especiais, o que faz seu ‘exército’ de fãs estar atento e agitado o tempo todo.

Em 2020, no mês de fevereiro, já tinham revelado Map of the Soul: 7, o quarto álbum completo de estúdio da carreira. O projeto parece contar agora com uma espécie de ‘anexo’ japonês. Trata-se do primeiro lançamento no idioma em mais de dois anos especialmente para um dos maiores mercados do mundo. 

Os rapazes fortalecem os laços com esse público em específico apresentando versões exclusivas de faixas presentes no projeto do primeiro semestre, casos de Boy With Luv e Black Swan, além de rever sucessos anteriores, entre eles Idol e Fake Love, ambas de 2018. Destaque também para as inéditas Your Eyes Tell e Stay Gold, esta última o single do momento e que conta com clipe em alta no YouTube tendo ultrapassado 80 milhões de views desde o começo de julho. Apesar de o idioma primordial ser o do Japão, certas palavras e termos em inglês surgem ao longo das letras. No total, a tracklist tem 13 plays.

Performances das canções já podem ser vistas on-line, incluindo uma live especial realizada na semana passada com ar mais sério, pouca dança, cenas de bastidores do vídeo de Stay Gold e algumas perguntas e respostas sobre o disco, a música nova e o atual momento do grupo de k-pop, incluindo o tempo em meio à quarentena de combate à proliferação da Covid-19. “Para mim, ouro (em relação à canção) é o tempo que tenho agora. Recentemente, passar mais tempo comigo mesmo tem me feito perceber a importância desses momentos e seu poder de recuperação. Acho que, nesse tempo, tenho sentido que cresci mais como pessoa”, comentou Jungkook. Ele e o restante BTS tentam evoluir mesmo na pandemia, com o disco em japonês se comunicando com todo o mundo enquanto isso. 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;