Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 30 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Fórmula 1 corta GP Brasil do calendário 2020

Reprodução Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Corrida em Interlagos, em São Paulo, estava agendada inicialmente para 15 de novembro


da Redação

24/07/2020 | 10:57


A Fórmula 1 optou por excluir o Grande Prêmio do Brasil do Mundial 2020. Os motivos para a decisão foram o calendário apertado e a situação com o surto do novo coronavírus no País. México e Estados Unidos também não vão receber as corridas na temporada pelo mesmo motivo.

Os três países estão entre os mais graves índices de infecção do mundo na atualidade. O GP de Austin, no Texas, seria realizado no dia 23 de outubro. Uma semana depois, a Fórmula 1 viajaria para a Cidade do México. Já, a corrida em Interlagos, em São Paulo, estava agendada inicialmente para 15 de novembro.

O Brasil não vai receber a F1 pela primeira em quase 50 anos. Em entrevista coletiva no dia 10 de julho, o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), afirmou que a prova estava confirmada e que seria realizada com protocolos de saúde.
 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Fórmula 1 corta GP Brasil do calendário 2020

Corrida em Interlagos, em São Paulo, estava agendada inicialmente para 15 de novembro

da Redação

24/07/2020 | 10:57


A Fórmula 1 optou por excluir o Grande Prêmio do Brasil do Mundial 2020. Os motivos para a decisão foram o calendário apertado e a situação com o surto do novo coronavírus no País. México e Estados Unidos também não vão receber as corridas na temporada pelo mesmo motivo.

Os três países estão entre os mais graves índices de infecção do mundo na atualidade. O GP de Austin, no Texas, seria realizado no dia 23 de outubro. Uma semana depois, a Fórmula 1 viajaria para a Cidade do México. Já, a corrida em Interlagos, em São Paulo, estava agendada inicialmente para 15 de novembro.

O Brasil não vai receber a F1 pela primeira em quase 50 anos. Em entrevista coletiva no dia 10 de julho, o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), afirmou que a prova estava confirmada e que seria realizada com protocolos de saúde.
 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;