Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 27 de Fevereiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Dirceu e Serra negam intenção de candidatura em S.Paulo



25/01/2004 | 20:14


O ministro-chefe da Casa Civil, José Dirceu, negou domingo que pretenda se candidatar ao governo do Estado de São Paulo, logo após ele ter dito que em seus 57 anos de idade só faltou ser governador do Estado. “Não sou candidato ao governo. O PT já tem bons candidatos”, afirmou Dirceu.

O mesmo fez o presidente nacional do PSDB e candidato derrotado à presidência da República nas eleições passadas, José Serra. Ele negou domingo que vá se candidatar à Prefeitura de São Paulo. “Não houve reabertura (de candidatura)”, disse Serra após participar da missa pelos 450 anos de São Paulo, domingo, na Catedral da Sé.

O ministro reiterou, durante as comemorações do aniversário de São Paulo, que o Brasil está pronto para crescer. “Vamos focar (este ano) no desenvolvimento e no emprego. Queremos estabilidade com crescimento.”

Segundo ele, passos importantes serão dados ao longo do ano, como as discussões sobre a reforma sindical, a reforma do Judiciário e a Lei de Falências. O ministro-chefe da Casa Civil repetiu as palavras do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, dizendo que a reforma trabalhista só sai em 2005.

José Serra, que evitou conversar com a prefeita Marta Suplicy e com Dirceu, depois de receber a comunhão sentou-se ao lado do senador Eduardo Suplicy para uma breve conversa.

Apesar de garantir que não pretende se candidatar à Prefeitura de São Paulo nas eleições deste ano, após a missa José Serra foi até a Praça da Sé cumprimentar populares.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Dirceu e Serra negam intenção de candidatura em S.Paulo


25/01/2004 | 20:14


O ministro-chefe da Casa Civil, José Dirceu, negou domingo que pretenda se candidatar ao governo do Estado de São Paulo, logo após ele ter dito que em seus 57 anos de idade só faltou ser governador do Estado. “Não sou candidato ao governo. O PT já tem bons candidatos”, afirmou Dirceu.

O mesmo fez o presidente nacional do PSDB e candidato derrotado à presidência da República nas eleições passadas, José Serra. Ele negou domingo que vá se candidatar à Prefeitura de São Paulo. “Não houve reabertura (de candidatura)”, disse Serra após participar da missa pelos 450 anos de São Paulo, domingo, na Catedral da Sé.

O ministro reiterou, durante as comemorações do aniversário de São Paulo, que o Brasil está pronto para crescer. “Vamos focar (este ano) no desenvolvimento e no emprego. Queremos estabilidade com crescimento.”

Segundo ele, passos importantes serão dados ao longo do ano, como as discussões sobre a reforma sindical, a reforma do Judiciário e a Lei de Falências. O ministro-chefe da Casa Civil repetiu as palavras do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, dizendo que a reforma trabalhista só sai em 2005.

José Serra, que evitou conversar com a prefeita Marta Suplicy e com Dirceu, depois de receber a comunhão sentou-se ao lado do senador Eduardo Suplicy para uma breve conversa.

Apesar de garantir que não pretende se candidatar à Prefeitura de São Paulo nas eleições deste ano, após a missa José Serra foi até a Praça da Sé cumprimentar populares.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;