Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 26 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Paulo Roberto admite poupar Santo André no domingo

Denis Maciel/DGABC Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Ramalhão ainda tem Ituano pela frente antes de enfrentar o Palmeiras, nas quartas de final


Dérek Bittencourt
Do Diário do Grande ABC

23/07/2020 | 23:59


O Santo André conquistou, de forma antecipada, as classificações para as quartas de final do Campeonato Paulista e para a Série D do Brasileiro de 2021. Mas, antes de pensar no Palmeiras, adversário do mata-mata do Estadual (possivelmente na quarta-feira), o time andreense ainda tem último compromisso pela primeira fase, domingo, contra o Ituano, no Estádio do Canindé. E o técnico Paulo Roberto admite a possibilidade de utilizar escalação alternativa.

“É hora de pensar na fase seguinte e também no próximo jogo, se vamos segurar alguém para poder ter time mais descansado contra o Palmeiras, porque é um jogo atrás do outro”, explicou o treinador ramalhino.

Na visão de Paulo Roberto, o Santo André “está de parabéns” pela conquista do ponto em Santos, quarta-feira, no empate por 1 a 1, independentemente de o time ter sofrido o empate após o meia adversário Carlos Sanchez já ter sido expulso. “Essa questão de levar gol com um a mais, no futebol de hoje, não faz tanta diferença, já foi o tempo que fazia muita diferença, principalmente quando é uma equipe grande contra uma pequena. Porque estamos fazendo grande campeonato, mas somos pequenas em comparação ao Santos”, argumentou.

O comandante também elogiou a postura e a entrega de seus jogadores. “Tivemos de nos superar, porque fomos equipe que menos treinou, nos reapresentamos dia 1º (de julho), enquanto as outras, inclusive o Santos, no dia 22 (de junho). Então sabíamos que estávamos atrás com relação à parte física. Então a equipe se superou, fez bom jogo, soube fechar espaços do adversário, que entra bem pelos lados do campo, e soube administrar resultado que era interessante, até porque sabíamos no fim do jogo qual era o resultado do Novorizontino (derrota por 2 a 0 para a Ponte Preta)”, exaltou Paulo Roberto, que salientou a conquista da classificação que leva o time de volta à competição nacional após sete anos. “Era tudo o que o clube queria: calendário para (todo) o ano seguinte”, concluiu. 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Paulo Roberto admite poupar Santo André no domingo

Ramalhão ainda tem Ituano pela frente antes de enfrentar o Palmeiras, nas quartas de final

Dérek Bittencourt
Do Diário do Grande ABC

23/07/2020 | 23:59


O Santo André conquistou, de forma antecipada, as classificações para as quartas de final do Campeonato Paulista e para a Série D do Brasileiro de 2021. Mas, antes de pensar no Palmeiras, adversário do mata-mata do Estadual (possivelmente na quarta-feira), o time andreense ainda tem último compromisso pela primeira fase, domingo, contra o Ituano, no Estádio do Canindé. E o técnico Paulo Roberto admite a possibilidade de utilizar escalação alternativa.

“É hora de pensar na fase seguinte e também no próximo jogo, se vamos segurar alguém para poder ter time mais descansado contra o Palmeiras, porque é um jogo atrás do outro”, explicou o treinador ramalhino.

Na visão de Paulo Roberto, o Santo André “está de parabéns” pela conquista do ponto em Santos, quarta-feira, no empate por 1 a 1, independentemente de o time ter sofrido o empate após o meia adversário Carlos Sanchez já ter sido expulso. “Essa questão de levar gol com um a mais, no futebol de hoje, não faz tanta diferença, já foi o tempo que fazia muita diferença, principalmente quando é uma equipe grande contra uma pequena. Porque estamos fazendo grande campeonato, mas somos pequenas em comparação ao Santos”, argumentou.

O comandante também elogiou a postura e a entrega de seus jogadores. “Tivemos de nos superar, porque fomos equipe que menos treinou, nos reapresentamos dia 1º (de julho), enquanto as outras, inclusive o Santos, no dia 22 (de junho). Então sabíamos que estávamos atrás com relação à parte física. Então a equipe se superou, fez bom jogo, soube fechar espaços do adversário, que entra bem pelos lados do campo, e soube administrar resultado que era interessante, até porque sabíamos no fim do jogo qual era o resultado do Novorizontino (derrota por 2 a 0 para a Ponte Preta)”, exaltou Paulo Roberto, que salientou a conquista da classificação que leva o time de volta à competição nacional após sete anos. “Era tudo o que o clube queria: calendário para (todo) o ano seguinte”, concluiu. 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;