Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 30 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

São Caetano lança pesquisa sobre retorno de aulas presenciais

Divulgação Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Prefeitura quer ouvir alunos, responsáveis e professores antes de definir programação


Da Redação

21/07/2020 | 00:01


A Prefeitura de São Caetano começou a questionar, ontem, alunos, responsáveis e professores da rede municipal de ensino quanto ao retorno às aulas presenciais a partir do dia 8 de setembro, como planeja o governo do Estado. O prefeito José Auricchio Júnior (PSDB) havia dito no fim de semana que não iria seguir as recomendações hierárquicas de retomada antes de ouvir a comunidade escolar.

A pesquisa é realizada pela plataforma Educação Conectada (gg.gg/scseduca), a mesma que os alunos utilizam para ter acesso ao material desenvolvido pela Secretaria de Educação do município durante as aulas não presenciais. “É fundamental que todos conversem sobre o assunto em casa e respondam esta pesquisa de opinião. Ela será um balizador das decisões que tomaremos”, convocou Auricchio.

A pesquisa ficará disponível na plataforma até o fim do mês e também está sendo divulgada por redes sociais e grupos de WhatsApp. A meta é conseguir ouvir a maior parte dos 22 mil alunos matriculados na rede municipal.

Segundo o secretário de Educação Fabricio Coutinho, além das questões sobre a retomada das aulas presenciais, a pesquisa busca avaliar a satisfação de alunos e famílias com relação à metodologia das aulas on-line, que, segundo a Prefeitura, chegaram a ter 95% de adesão – os estudantes que têm dificuldades para acessar a internet recebem material impresso. “Estamos buscando planejar as próximas ações de forma democrática, ouvindo a população. As opiniões também nos ajudarão a aprimorar a plataforma on-line e a qualidade das aulas”, comentou Coutinho.

O secretário acredita que será possível elaborar plano de retorno que contemple aulas presenciais e a distância, levando em consideração as demandas pedagógicas dos alunos e a necessidade de isolamento físico imposta pela pandemia do novo coronavírus. “Talvez possamos manter aulas virtuais e estabelecer plantões presenciais para alunos que estejam enfrentando alguma dificuldade. Mas qualquer decisão será tomada apenas após essa pesquisa”, afirmou o secretário.

O secretário estadual da Educação, Rossieli Soares, explicou que o planejamento de retorno das atividades presenciais a partir do dia 8 de setembro será mantido, com retorno gradual e em esquema do rodízio, caso todas as regiões do Estado permaneçam pelo menos 28 dias na Fase 2 (amarela) do Plano São Paulo de flexibilização. Na atualização de sexta-feira, apenas oito das 22 subdivisões estavam nesta condição, entre elas o Grande ABC. 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

São Caetano lança pesquisa sobre retorno de aulas presenciais

Prefeitura quer ouvir alunos, responsáveis e professores antes de definir programação

Da Redação

21/07/2020 | 00:01


A Prefeitura de São Caetano começou a questionar, ontem, alunos, responsáveis e professores da rede municipal de ensino quanto ao retorno às aulas presenciais a partir do dia 8 de setembro, como planeja o governo do Estado. O prefeito José Auricchio Júnior (PSDB) havia dito no fim de semana que não iria seguir as recomendações hierárquicas de retomada antes de ouvir a comunidade escolar.

A pesquisa é realizada pela plataforma Educação Conectada (gg.gg/scseduca), a mesma que os alunos utilizam para ter acesso ao material desenvolvido pela Secretaria de Educação do município durante as aulas não presenciais. “É fundamental que todos conversem sobre o assunto em casa e respondam esta pesquisa de opinião. Ela será um balizador das decisões que tomaremos”, convocou Auricchio.

A pesquisa ficará disponível na plataforma até o fim do mês e também está sendo divulgada por redes sociais e grupos de WhatsApp. A meta é conseguir ouvir a maior parte dos 22 mil alunos matriculados na rede municipal.

Segundo o secretário de Educação Fabricio Coutinho, além das questões sobre a retomada das aulas presenciais, a pesquisa busca avaliar a satisfação de alunos e famílias com relação à metodologia das aulas on-line, que, segundo a Prefeitura, chegaram a ter 95% de adesão – os estudantes que têm dificuldades para acessar a internet recebem material impresso. “Estamos buscando planejar as próximas ações de forma democrática, ouvindo a população. As opiniões também nos ajudarão a aprimorar a plataforma on-line e a qualidade das aulas”, comentou Coutinho.

O secretário acredita que será possível elaborar plano de retorno que contemple aulas presenciais e a distância, levando em consideração as demandas pedagógicas dos alunos e a necessidade de isolamento físico imposta pela pandemia do novo coronavírus. “Talvez possamos manter aulas virtuais e estabelecer plantões presenciais para alunos que estejam enfrentando alguma dificuldade. Mas qualquer decisão será tomada apenas após essa pesquisa”, afirmou o secretário.

O secretário estadual da Educação, Rossieli Soares, explicou que o planejamento de retorno das atividades presenciais a partir do dia 8 de setembro será mantido, com retorno gradual e em esquema do rodízio, caso todas as regiões do Estado permaneçam pelo menos 28 dias na Fase 2 (amarela) do Plano São Paulo de flexibilização. Na atualização de sexta-feira, apenas oito das 22 subdivisões estavam nesta condição, entre elas o Grande ABC. 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;