Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 21 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

China ameaça retaliar Nokia e Ericsson se Huawei for barrada na UE

Reprodução/Instagram Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra


20/07/2020 | 13:13


Pequim está considerando retaliar as operações chinesas de dois grandes fabricantes europeus de equipamentos de telecomunicações, Nokia e Ericsson, caso os membros da União Europeia sigam EUA e do Reino Unido e impeçam a chinesa Huawei de operar as redes 5G na região, afirmam pessoas familiarizado com o assunto.

O Ministério do Comércio da China está ponderando sobre os controles de exportação que impediriam a Nokia e a Ericsson de enviar produtos fabricados na China para outros países, disseram as fontes.

Na semana passada, o Reino Unido, que deixou a UE no início deste ano, ordenou que suas operadoras de celular parassem de comprar equipamentos Huawei 5G até o final de 2020 e removessem os equipamentos Huawei 5G de suas redes até o final de 2027.

A UE não proibiu a Huawei, mas adotou uma postura mais cautelosa em janeiro, divulgando recomendações de segurança cibernética 5G que os Estados-membros poderiam adotar voluntariamente para restringir a presença da Huawei em cada país. Espera-se publicar em breve um relatório detalhando como seus 27 Estados membros os adotaram.

O Ministério do Comércio Chinês disse na quinta-feira passada que o país tomará as medidas necessárias para proteger os direitos legítimos das empresas chinesas, em resposta à recente proibição da Huawei pelo governo britânico.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

China ameaça retaliar Nokia e Ericsson se Huawei for barrada na UE


20/07/2020 | 13:13


Pequim está considerando retaliar as operações chinesas de dois grandes fabricantes europeus de equipamentos de telecomunicações, Nokia e Ericsson, caso os membros da União Europeia sigam EUA e do Reino Unido e impeçam a chinesa Huawei de operar as redes 5G na região, afirmam pessoas familiarizado com o assunto.

O Ministério do Comércio da China está ponderando sobre os controles de exportação que impediriam a Nokia e a Ericsson de enviar produtos fabricados na China para outros países, disseram as fontes.

Na semana passada, o Reino Unido, que deixou a UE no início deste ano, ordenou que suas operadoras de celular parassem de comprar equipamentos Huawei 5G até o final de 2020 e removessem os equipamentos Huawei 5G de suas redes até o final de 2027.

A UE não proibiu a Huawei, mas adotou uma postura mais cautelosa em janeiro, divulgando recomendações de segurança cibernética 5G que os Estados-membros poderiam adotar voluntariamente para restringir a presença da Huawei em cada país. Espera-se publicar em breve um relatório detalhando como seus 27 Estados membros os adotaram.

O Ministério do Comércio Chinês disse na quinta-feira passada que o país tomará as medidas necessárias para proteger os direitos legítimos das empresas chinesas, em resposta à recente proibição da Huawei pelo governo britânico.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;