Fechar
Publicidade

Sábado, 5 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

|

E assim nasceu a 'Façanha do Ramalhão'

O estudante de Itaquera pesquisa como foi o título do EC Santo André em 2004 e se torna jornalista


Ademir Médici

20/07/2020 | 07:05


Paulistano da Freguesia do Ó, residindo em Itaquera, Luiz Felipe Gaspar precisava de um tema para o seu TCC conclusivo do curso de jornalismo e logo pensou no futebol. Lembrou do primeiro título brasileiro do Corinthians em 1990, mas desistiu diante da escassez de fontes.

E como chegou à campanha vitoriosa do Santo André em 2004? Luiz Felipe responde:

Foi aí que me lembrei de uma história muito mais interessante e curiosa, o título improvável da Copa do Brasil de 2004 que o EC Santo André conquistou em pleno Estádio do Maracanã lotado diante do Flamengo.

Não tive dúvidas de que esse seria meu tema. Mas eu não queria apenas relembrar essa conquista épica, queria entender de que maneira o Ramalhão tinha conseguido a tal façanha e também queria saber o que esse feito significou e impactou para o clube, seus torcedores e para os heróis daquela campanha.

Minha relação com a professora Maria Cecilia Carboni, que me orientou na construção desse trabalho, foi quase que de amor e ódio. Durante esses últimos seis meses ela mergulhou de cabeça comigo nessa história, e essa intensidade, por algumas vezes, causou alguns desentendimentos, mas a nossa mútua compaixão prevaleceu e só tenho que agradecer muito pela paciência e pelo companheirismo dela, foi fundamental.

O resultado – comprova Memória – foi muito bom e está no YouTube. Confiram e emocionem-se. Basta acessar o título do TCC – Façanha do Ramalho – conforme contamos ontem.

UM NOVO JORNALISTA
Luiz Felipe Gaspar foi aprovado e seu sonho, hoje, é trabalhar num jornal impresso, preferencialmente numa editoria de esportes, ele que desde pequeno tem futebol presente em sua vida.

Cresceu ouvindo jogos pelo rádio – seria esta a origem do podcast do seu TCC? Tentou ser jogador de futebol. Até se profissionalizou. Mas a carreira foi interrompida por conta de uma grave lesão no joelho.

Encontrou dificuldades para realizar seu trabalho acadêmico. Foi incessante a busca pelas fontes e escolher os melhores momentos das 37 entrevistas realizadas. “Foi muito prazeroso ver resultado final.”

E AGORA?
– O ECSA toparia imprimir em formato de CD os oito episódios? Há tratativas a respeito? – perguntou Memória.
– O presidente do Santo André, Sidney Riquetto, participou desse podcast, e gostou muito do resultado. Mas ainda não tive nenhuma posição do clube e sua assessoria de deixar esse material em seu acervo, nem nas redes sociais e no site. Para mim, seria uma grande honra.

Diário há meio século
Domingo, 19 de julho de 1970 – ano 13, edição 1287
Cultura & Lazer – A Banda Mirim de Vila Baeta Neves, em São Bernardo, vai se apresentar no programa de Hebe Camargo, na TV Record.

Em 20 de julho de...
1915 – Seguem para a Itália dois jovens andreenses, Julio Beccheri e Miguel D’Olio. Irão se incorporar ao Exército italiano que luta com os austríacos.
Nota – A sede antiga da Sociedade Ítalo-Brasileira mantinha uma placa com os nomes dos dois combatentes. Hoje são nomes que a história esqueceu.

1920 – O mundo musical assistia ao lançamento da valsa Sossega Coração, letra de J. L. Graziano, música de Guy d’Armnonville. Edição da Casa Mignon, localizada na Ladeira General Carneiro, número 30, Capital.

1950 – Inaugurado o serviço de tração elétrica da Estrada de Ferro de Santos a Jundiaí, que corta o Grande ABC.
Os trabalhos, ora concluídos, foram iniciados em 1947 e, nesse trecho eletrificado, vinham correndo desde o dia 5 de junho último, em caráter experimental, duas locomotivas elétricas, rebocando trens de carga e passageiros.

1960 – Projeto de lei autoriza a Prefeitura de Ribeirão Pires a adquirir uma motoniveladora pelo preço de 1 milhão e 500 mil cruzeiros; e um trator, por 3 milhões e 100 mil cruzeiros.

1975 – Volkswagen do Brasil anuncia o lançamento do seu primeiro caminhão.
Prefeitura de São Caetano oferece almoço à imprensa, no General Motors EC, na abertura das festividades de aniversário da cidade.

Hoje
Dia do Amigo e Internacional da Amizade
Dia Pan-americano do Engenheiro

Santos do dia
Aurélio de Cartago
Elias
Vilgeforte
Apolinário 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

E assim nasceu a 'Façanha do Ramalhão'

O estudante de Itaquera pesquisa como foi o título do EC Santo André em 2004 e se torna jornalista

Ademir Médici

20/07/2020 | 07:05


Paulistano da Freguesia do Ó, residindo em Itaquera, Luiz Felipe Gaspar precisava de um tema para o seu TCC conclusivo do curso de jornalismo e logo pensou no futebol. Lembrou do primeiro título brasileiro do Corinthians em 1990, mas desistiu diante da escassez de fontes.

E como chegou à campanha vitoriosa do Santo André em 2004? Luiz Felipe responde:

Foi aí que me lembrei de uma história muito mais interessante e curiosa, o título improvável da Copa do Brasil de 2004 que o EC Santo André conquistou em pleno Estádio do Maracanã lotado diante do Flamengo.

Não tive dúvidas de que esse seria meu tema. Mas eu não queria apenas relembrar essa conquista épica, queria entender de que maneira o Ramalhão tinha conseguido a tal façanha e também queria saber o que esse feito significou e impactou para o clube, seus torcedores e para os heróis daquela campanha.

Minha relação com a professora Maria Cecilia Carboni, que me orientou na construção desse trabalho, foi quase que de amor e ódio. Durante esses últimos seis meses ela mergulhou de cabeça comigo nessa história, e essa intensidade, por algumas vezes, causou alguns desentendimentos, mas a nossa mútua compaixão prevaleceu e só tenho que agradecer muito pela paciência e pelo companheirismo dela, foi fundamental.

O resultado – comprova Memória – foi muito bom e está no YouTube. Confiram e emocionem-se. Basta acessar o título do TCC – Façanha do Ramalho – conforme contamos ontem.

UM NOVO JORNALISTA
Luiz Felipe Gaspar foi aprovado e seu sonho, hoje, é trabalhar num jornal impresso, preferencialmente numa editoria de esportes, ele que desde pequeno tem futebol presente em sua vida.

Cresceu ouvindo jogos pelo rádio – seria esta a origem do podcast do seu TCC? Tentou ser jogador de futebol. Até se profissionalizou. Mas a carreira foi interrompida por conta de uma grave lesão no joelho.

Encontrou dificuldades para realizar seu trabalho acadêmico. Foi incessante a busca pelas fontes e escolher os melhores momentos das 37 entrevistas realizadas. “Foi muito prazeroso ver resultado final.”

E AGORA?
– O ECSA toparia imprimir em formato de CD os oito episódios? Há tratativas a respeito? – perguntou Memória.
– O presidente do Santo André, Sidney Riquetto, participou desse podcast, e gostou muito do resultado. Mas ainda não tive nenhuma posição do clube e sua assessoria de deixar esse material em seu acervo, nem nas redes sociais e no site. Para mim, seria uma grande honra.

Diário há meio século
Domingo, 19 de julho de 1970 – ano 13, edição 1287
Cultura & Lazer – A Banda Mirim de Vila Baeta Neves, em São Bernardo, vai se apresentar no programa de Hebe Camargo, na TV Record.

Em 20 de julho de...
1915 – Seguem para a Itália dois jovens andreenses, Julio Beccheri e Miguel D’Olio. Irão se incorporar ao Exército italiano que luta com os austríacos.
Nota – A sede antiga da Sociedade Ítalo-Brasileira mantinha uma placa com os nomes dos dois combatentes. Hoje são nomes que a história esqueceu.

1920 – O mundo musical assistia ao lançamento da valsa Sossega Coração, letra de J. L. Graziano, música de Guy d’Armnonville. Edição da Casa Mignon, localizada na Ladeira General Carneiro, número 30, Capital.

1950 – Inaugurado o serviço de tração elétrica da Estrada de Ferro de Santos a Jundiaí, que corta o Grande ABC.
Os trabalhos, ora concluídos, foram iniciados em 1947 e, nesse trecho eletrificado, vinham correndo desde o dia 5 de junho último, em caráter experimental, duas locomotivas elétricas, rebocando trens de carga e passageiros.

1960 – Projeto de lei autoriza a Prefeitura de Ribeirão Pires a adquirir uma motoniveladora pelo preço de 1 milhão e 500 mil cruzeiros; e um trator, por 3 milhões e 100 mil cruzeiros.

1975 – Volkswagen do Brasil anuncia o lançamento do seu primeiro caminhão.
Prefeitura de São Caetano oferece almoço à imprensa, no General Motors EC, na abertura das festividades de aniversário da cidade.

Hoje
Dia do Amigo e Internacional da Amizade
Dia Pan-americano do Engenheiro

Santos do dia
Aurélio de Cartago
Elias
Vilgeforte
Apolinário 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;