Fechar
Publicidade

Sábado, 24 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Boeing deve construir satélites espioes dos EUA


Do Diário do Grande ABC

08/09/1999 | 19:19


Um grupo de cinco empresas encabeçado pela Boeing venceu uma importante concorrência do governo dos EUA para projetar e construir um sistema de imagens por satélites, informou oficialmente quarta-feira o grupo aeroespacial norte-americano.

A Boeing, unida as Hughes, Raytheon, Kodak e Harris, foram selecionadas pelo Bureau Nacional de Reconhecimento, uma agencia federal secreta, para arquitetar o futuro sistema de imagens por satélites (The Future Imagerie Architecture/FIA), indicou a Boeing.

Este contrato, cujo valor nao foi revelado oficialmente é avaliado em quatro bilhoes e 500 milhoes de dólares, disseram fontes do governo.

Este programa deverá permitir nos próximos dez anos uma melhora importante das capacidades de arrecadaçao de informaçao considerada essencial pelos Estados Unidos, sublinhou o diretor do programa FIA para a Boeing, Ed Nowinski.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Boeing deve construir satélites espioes dos EUA

Do Diário do Grande ABC

08/09/1999 | 19:19


Um grupo de cinco empresas encabeçado pela Boeing venceu uma importante concorrência do governo dos EUA para projetar e construir um sistema de imagens por satélites, informou oficialmente quarta-feira o grupo aeroespacial norte-americano.

A Boeing, unida as Hughes, Raytheon, Kodak e Harris, foram selecionadas pelo Bureau Nacional de Reconhecimento, uma agencia federal secreta, para arquitetar o futuro sistema de imagens por satélites (The Future Imagerie Architecture/FIA), indicou a Boeing.

Este contrato, cujo valor nao foi revelado oficialmente é avaliado em quatro bilhoes e 500 milhoes de dólares, disseram fontes do governo.

Este programa deverá permitir nos próximos dez anos uma melhora importante das capacidades de arrecadaçao de informaçao considerada essencial pelos Estados Unidos, sublinhou o diretor do programa FIA para a Boeing, Ed Nowinski.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;