Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 21 de Junho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Servidores farão ato por precatórios


Miriam Gimenes
Especial para o Diário

02/08/2005 | 08:22


Os servidores de Santo André preparam manifestação para a próxima quinta-feira, no Paço Municipal, para tentar reabrir negociações com a Prefeitura sobre o pagamento de precatórios atrasados. Segundo Osvaldo Fagundes, integrante da Comissão de Precatórios, Osvaldo Fagundes, mais de 4 mil funcionários públicos estão esperando pelos pagamentos. "Já usei diversas vezes a tribuna da Câmara mas até agora não tivemos retorno", afirma. "Já morreram 30 sem receber o dinheiro", completa.

A dívida atual da Prefeitura com precatórios não-trabalhistas é de R$ 175 milhões, sendo que R$ 25 milhões deverão ser pagos no final deste ano, segundo o secretário de finanças, Antonio Carlos Granado. O secretário disse ainda que os precatórios trabalhistas ainda não foram avaliados, já que estão em juízo desde o primeiro mandato do ex-prefeito Celso Daniel (1989-1992). Segundo Granado, a dívida só será contabilizada depois que a causa for resolvida nos trâmites legais.

Diadema – A Prefeitura de Diadema informou no final da tarde desta segunda-feira que o depósito de R$ 30.881, referente ao pagamento do primeiro precatório para servidores públicos, do ex-motorista Roberto Martinez, foi efetivado. Os funcionários que possuem dívidas a receber do Executivo se reúnem nesta terça-feira, às 9h no Sindicato dos Servidores Públicos, para definir nova estratégia e vão pressionar o pagamento dos próximos precatórios.

Segundo o diretor de Assuntos Comunitários da Prefeitura, Airton Germano da Silva, a demora no pagamento de Roberto Martinez ocorreu por causa da virada de mês. "Como é cálculo judicial, precisa ser feito no primeiro dia do mês para que não haja defasagem no saldo a pagar." Já o pagamento do segundo da lista ainda não foi marcado. "Teremos uma definição ainda nesta semana na secretaria de Finanças", finaliza o diretor. A próxima da lista é Maria José, que tem cerca de R$ 41 mil a receber.

O presidente da comissão dos precatorianos de Diadema, João Carlos dos Santos, não vê com bons olhos a demora no pagamento. Segundo ele, os servidores pretendem repetir manifestação feita há duas semanas, em frente ao Paço Municipal. João irá nesta terça-feira ao TRT (Tribunal Regional do Trabalho) de Diadema para pressionar a liberação de cerca de 20% dos R$ 366 mil depositados pela administração em 1º de fevereiro de 2005.

Em maio deste ano, a Prefeitura ficou de pagar R$ 170 mil por mês a partir de junho, mas as prestações não foram depositadas.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;