Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 28 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

EUA negam escalada de violência no Iraque


Da AFP

22/04/2005 | 00:05


Os Estados Unidos rejeitaram qualquer dúvida de uma possível escalada na violência no Iraque. Entre os incidentes registrados na quinta-feira está a derrubada de um helicóptero búlgaro por um míssil lançado por rebeldes, com saldo de 11 mortos.

"Não diria que há uma quebra na segurança. Diria que o que há é um persistente e constante padrão de ataques que flutua. Há picos e há períodos menos ativos", avaliou o porta-voz-adjunto do Departamento de Estado, Adam Ereli.

Ereli disse ainda que os Estados Unidos, a força multinacional no Iraque e as autoridades locais reconhecem que os ataques insurgentes "exigem nossa completa atenção e nossos esforços incansáveis para combatê-los".

Além disso, os comandantes americanos também se referiram à escalada da violência. Eles acreditam que sua habilidade para deter os ataques "cresce todo o tempo", apesar do aumento da violência, como apontou nesta quinta-feira o porta-voz do Pentágono, Lawrence DiRita.

O assessor comentou que o número médio de ataques ainda está abaixo de quando os Estados Unidos devolveram a soberania aos iraquianos, em junho passado, e antes das eleições para a Assembléia-Geral de 30 de janeiro.

"O fato é que a segurança e a coalizão estão desenvolvendo sua capacidade para interromper estes episódios ou de detê-los antes que aconteçam", afirmou.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;