Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 1 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

soraiapedrozo@dgabc.com.br | 4435-8057

Merkel prevê que negociações sobre fundo de recuperação serão muito difíceis

Fotos Públicas Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra


17/07/2020 | 08:45


A chanceler da Alemanha, Angela Merkel, previu nesta sexta-feira que serão "muito difíceis" as negociações durante a reunião de cúpula de líderes da União Europeia (UE) para discutir a criação de um fundo de recuperação destinado aos países do bloco mais afetados pela pandemia de coronavírus.

"Preciso dizer que as diferenças ainda são muito, muito grandes e não tenho certeza de que podemos chegar a uma decisão desta vez", disse Merkel, antes de se encaminhar para a reunião.

Líderes da UE vão se reunir hoje e amanhã para debater uma proposta da Comissão Europeia de estabelecer um fundo de recuperação no valor de 750 bilhões de euros.

A aprovação do fundo exige consentimento de todos os 27 países da UE. Também antes de ir para a reunião, o primeiro-ministro holandês, Mark Rutte, disse ver "menos de 50% de chances" de a proposta ser aprovada neste fim de semana.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Merkel prevê que negociações sobre fundo de recuperação serão muito difíceis


17/07/2020 | 08:45


A chanceler da Alemanha, Angela Merkel, previu nesta sexta-feira que serão "muito difíceis" as negociações durante a reunião de cúpula de líderes da União Europeia (UE) para discutir a criação de um fundo de recuperação destinado aos países do bloco mais afetados pela pandemia de coronavírus.

"Preciso dizer que as diferenças ainda são muito, muito grandes e não tenho certeza de que podemos chegar a uma decisão desta vez", disse Merkel, antes de se encaminhar para a reunião.

Líderes da UE vão se reunir hoje e amanhã para debater uma proposta da Comissão Europeia de estabelecer um fundo de recuperação no valor de 750 bilhões de euros.

A aprovação do fundo exige consentimento de todos os 27 países da UE. Também antes de ir para a reunião, o primeiro-ministro holandês, Mark Rutte, disse ver "menos de 50% de chances" de a proposta ser aprovada neste fim de semana.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;