Fechar
Publicidade

Sábado, 24 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

FPF define datas, horários e locais da reta final do Paulistão

Nario Barbosa/DGABC Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Santo André mandará jogo contra o Ituano no Canindé, enquanto São Bernardo receberá duas partidas no Estádio 1º de Maio


Dérek Bittencourt
Do Diário do Grande ABC

16/07/2020 | 23:59


A FPF (Federação Paulista de Futebol) publicou ontem os horários e locais das duas últimas rodadas da primeira fase do Campeonato Paulista. Desta maneira, o líder Santo André e o Água Santa, representantes do Grande ABC na competição, conheceram os caminhos a percorrer nessa reta final do Estadual. Lembrando que por determinação do Estado, todos os jogos serão sem a presença da torcida na arquibancada.

Na quarta-feira, dia 22, às 19h15, o Ramalhão tem parada dura diante do Santos, na Vila Belmiro. No dia seguinte, o Netuno recebe o Mirassol, às 15h, no Estádio do Inamar. Já no domingo (26), com rodada toda às 16h, o Santo André – que está sem casa em razão do hospital de campanha montado no Bruno Daniel – manda seu compromisso diante do Ituano no Canindé, na Capital, enquanto o Água Santa visita o Palmeiras, no Allianz Parque.

Para conquistar a classificação para a próxima fase, o Ramalhão, líder geral e do Grupo B, com 19 pontos, necessita de uma vitória nestes dois jogos, ou então de um empate, dependendo do desempenho do Novorizontino (que tem pela frente Ponte Preta e Santos). Além disso, se quiserem confirmar o primeiro lugar da chave sem depender dos resultados do Palmeiras (que também soma 19), os ramalhinos devem triunfar em seus dois compromissos.

Já o Água Santa, terceiro colocado do Grupo A, sonha com duas vitórias, primeiro para se livrar de qualquer possibilidade de rebaixamento e, em segundo lugar, pensando em um possível avanço ao mata-mata – a equipe de Diadema tem os mesmos dez pontos do Oeste, que é vice-líder da chave e está na zona de classificação

A surpresa ficou por conta da confirmação de que o Estádio 1º de Maio, em São Bernardo, será utilizado para duas partidas. Isso porque as cidades de Mirassol e Ribeirão Preto ainda não estão na Fase 3 (amarela) do Plano São Paulo de flexibilização econômica, condição mínima exigida pelo Estado para liberar a volta do futebol. Na quinta-feira, a casa de Tigre e Cachorrão recebe Botafogo x Guarani e, no domingo, Mirassol x Ponte Preta. A FPF havia consultado São Caetano para utilizar o Anacleto Campanella, mas neste primeiro momento a casa do Azulão não foi selecionada – mas poderá ser usada para as próximas fases do mata-mata e até mesmo para a disputa do Troféu do Interior.

Aliás, as partidas realizadas na praça esportiva são-bernardense serão totalmente custeadas pela Federação Paulista de Futebol, que já contratou empresa para realizar a manutenção do gramado e deverá pagar o preço público à Prefeitura pela utilização do espaço, que é de R$ 9.000 para jogos noturnos (caso do compromisso entre Botafogo e Guarani) e R$ 6.000 para partidas vespertinas (Mirassol x Ponte Preta). E se algum dos times quiser treinar no estádio, o preço é de R$ 2.000.

Outro estádio que não pertence a clubes da Série A-1 e vai ser utilizado é o José Liberatti, em Osasco, que sediará Red Bull x Botafogo (casa do Toro Loko, Bragança Paulista também não está na Fase 3). Como Campinas, Itu, Araraquara e Limeira também estão em estágios restritos de flexibilização, a Ponte Preta mandará jogo na Arena Barueri; o Guarani, na Vila Belmiro; o Ituano, no Canindé; a Ferroviária, no Morumbi; e a Inter de Limeira, na Arena Corinthians.

Água Santa refaz teste na delegação

O Água Santa deu sequência ao protocolo de reinício do Campeonato Paulista e realizou a segunda testagem para detecção de Covid-19 em todo o elenco, comissão técnica e funcionários que estão concentrados realizando a preparação para o regresso do torneio em um hotel na cidade de Itu. Os resultados só saem no domingo.

Segundo um dos médicos responsáveis pelo departamento do Netuno, Diego Mateus, o exame é preventivo, para identificar se há algum integrante infectado para impedi-lo de transmitir a doença aos companheiros. Foram realizados dois tipos de exame: rápido (com amostra de sangue) e swab (através do cotonete inserido no nariz).

“O teste swab identifica uma possível contaminação na fase inicial, na mucosa, onde ocorre a maior transmissão do vírus. Isso é importante porque a gente consegue evitar a disseminação da doença na concentração. Se houver alguém infectado, será afastado do restante da delegação”, disse Diego Mateus.

No domingo, toda a delegação deixa Itu e segue para um outro hotel, próximo da Capital, onde ficará hospedada para os jogos contra Mirassol e Palmeiras.

Série A-3 vive expectativa para volta

Enquanto a Série A-1 já tem data marcada para recomeçar e a Série A-2 está bem encaminhada, a Série A-3 ainda aguarda para saber qual será seu destino. Único representante do Grande ABC na competição, na qual era vice-líder quando houve a paralisação, o EC São Bernardo está na expectativa da definição para conclusão das quatro últimas rodadas da primeira fase e, posteriormente, do mata-mata.

Por ora, sem posição oficial da FPF (Federação Paulista de Futebol), existem especulações sobre o desfecho da Série A-3, com volta aos treinamentos em 10 de agosto e reinício da competição no dia 31 do mesmo mês.

Simultaneamente, há expectativa de começo da Copa Paulista. Ontem, clubes das três divisões estaduais receberam ofício da FPF sobre esta competição, ainda sem data oficial para início, mas que está confirmada, com o campeão conquistando vaga na Série D do Brasileiro de 2021 ou na Copa do Brasil de 2021 (o vice fica com a opção que não for escolhida). O São Caetano é atual campeão, mas não deverá participar, justamente por participar da Série D nacional. A região deverá ter na disputa EC São Bernardo, São Bernardo FC e Água Santa. 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

FPF define datas, horários e locais da reta final do Paulistão

Santo André mandará jogo contra o Ituano no Canindé, enquanto São Bernardo receberá duas partidas no Estádio 1º de Maio

Dérek Bittencourt
Do Diário do Grande ABC

16/07/2020 | 23:59


A FPF (Federação Paulista de Futebol) publicou ontem os horários e locais das duas últimas rodadas da primeira fase do Campeonato Paulista. Desta maneira, o líder Santo André e o Água Santa, representantes do Grande ABC na competição, conheceram os caminhos a percorrer nessa reta final do Estadual. Lembrando que por determinação do Estado, todos os jogos serão sem a presença da torcida na arquibancada.

Na quarta-feira, dia 22, às 19h15, o Ramalhão tem parada dura diante do Santos, na Vila Belmiro. No dia seguinte, o Netuno recebe o Mirassol, às 15h, no Estádio do Inamar. Já no domingo (26), com rodada toda às 16h, o Santo André – que está sem casa em razão do hospital de campanha montado no Bruno Daniel – manda seu compromisso diante do Ituano no Canindé, na Capital, enquanto o Água Santa visita o Palmeiras, no Allianz Parque.

Para conquistar a classificação para a próxima fase, o Ramalhão, líder geral e do Grupo B, com 19 pontos, necessita de uma vitória nestes dois jogos, ou então de um empate, dependendo do desempenho do Novorizontino (que tem pela frente Ponte Preta e Santos). Além disso, se quiserem confirmar o primeiro lugar da chave sem depender dos resultados do Palmeiras (que também soma 19), os ramalhinos devem triunfar em seus dois compromissos.

Já o Água Santa, terceiro colocado do Grupo A, sonha com duas vitórias, primeiro para se livrar de qualquer possibilidade de rebaixamento e, em segundo lugar, pensando em um possível avanço ao mata-mata – a equipe de Diadema tem os mesmos dez pontos do Oeste, que é vice-líder da chave e está na zona de classificação

A surpresa ficou por conta da confirmação de que o Estádio 1º de Maio, em São Bernardo, será utilizado para duas partidas. Isso porque as cidades de Mirassol e Ribeirão Preto ainda não estão na Fase 3 (amarela) do Plano São Paulo de flexibilização econômica, condição mínima exigida pelo Estado para liberar a volta do futebol. Na quinta-feira, a casa de Tigre e Cachorrão recebe Botafogo x Guarani e, no domingo, Mirassol x Ponte Preta. A FPF havia consultado São Caetano para utilizar o Anacleto Campanella, mas neste primeiro momento a casa do Azulão não foi selecionada – mas poderá ser usada para as próximas fases do mata-mata e até mesmo para a disputa do Troféu do Interior.

Aliás, as partidas realizadas na praça esportiva são-bernardense serão totalmente custeadas pela Federação Paulista de Futebol, que já contratou empresa para realizar a manutenção do gramado e deverá pagar o preço público à Prefeitura pela utilização do espaço, que é de R$ 9.000 para jogos noturnos (caso do compromisso entre Botafogo e Guarani) e R$ 6.000 para partidas vespertinas (Mirassol x Ponte Preta). E se algum dos times quiser treinar no estádio, o preço é de R$ 2.000.

Outro estádio que não pertence a clubes da Série A-1 e vai ser utilizado é o José Liberatti, em Osasco, que sediará Red Bull x Botafogo (casa do Toro Loko, Bragança Paulista também não está na Fase 3). Como Campinas, Itu, Araraquara e Limeira também estão em estágios restritos de flexibilização, a Ponte Preta mandará jogo na Arena Barueri; o Guarani, na Vila Belmiro; o Ituano, no Canindé; a Ferroviária, no Morumbi; e a Inter de Limeira, na Arena Corinthians.

Água Santa refaz teste na delegação

O Água Santa deu sequência ao protocolo de reinício do Campeonato Paulista e realizou a segunda testagem para detecção de Covid-19 em todo o elenco, comissão técnica e funcionários que estão concentrados realizando a preparação para o regresso do torneio em um hotel na cidade de Itu. Os resultados só saem no domingo.

Segundo um dos médicos responsáveis pelo departamento do Netuno, Diego Mateus, o exame é preventivo, para identificar se há algum integrante infectado para impedi-lo de transmitir a doença aos companheiros. Foram realizados dois tipos de exame: rápido (com amostra de sangue) e swab (através do cotonete inserido no nariz).

“O teste swab identifica uma possível contaminação na fase inicial, na mucosa, onde ocorre a maior transmissão do vírus. Isso é importante porque a gente consegue evitar a disseminação da doença na concentração. Se houver alguém infectado, será afastado do restante da delegação”, disse Diego Mateus.

No domingo, toda a delegação deixa Itu e segue para um outro hotel, próximo da Capital, onde ficará hospedada para os jogos contra Mirassol e Palmeiras.

Série A-3 vive expectativa para volta

Enquanto a Série A-1 já tem data marcada para recomeçar e a Série A-2 está bem encaminhada, a Série A-3 ainda aguarda para saber qual será seu destino. Único representante do Grande ABC na competição, na qual era vice-líder quando houve a paralisação, o EC São Bernardo está na expectativa da definição para conclusão das quatro últimas rodadas da primeira fase e, posteriormente, do mata-mata.

Por ora, sem posição oficial da FPF (Federação Paulista de Futebol), existem especulações sobre o desfecho da Série A-3, com volta aos treinamentos em 10 de agosto e reinício da competição no dia 31 do mesmo mês.

Simultaneamente, há expectativa de começo da Copa Paulista. Ontem, clubes das três divisões estaduais receberam ofício da FPF sobre esta competição, ainda sem data oficial para início, mas que está confirmada, com o campeão conquistando vaga na Série D do Brasileiro de 2021 ou na Copa do Brasil de 2021 (o vice fica com a opção que não for escolhida). O São Caetano é atual campeão, mas não deverá participar, justamente por participar da Série D nacional. A região deverá ter na disputa EC São Bernardo, São Bernardo FC e Água Santa. 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;