Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 5 de Agosto

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

soraiapedrozo@dgabc.com.br | 4435-8057

Guedes: não vamos privatizar 4 grandes empresas em 4 meses, mas sim anunciar



15/07/2020 | 22:06


O ministro da Economia, Paulo Guedes, disse nesta quarta-feira, 15, que a necessidade de intervenção estatal na contenção dos impactos do coronavírus não muda a orientação liberal do governo e anunciou a intenção de privatizar entre três e quatro grandes estatais até o fim do mandato.

Durante entrevista para a Jovem Pan, Guedes afirmou que não se faz até quatro grandes privatizações em quatro meses, mas a ideia do governo é "anunciar" que fará essas privatizações.

"Queremos anunciar três ou quatro grandes privatizações", afirmou Guedes.

O ministro disse que um "meteoro" que cai sobre a terra a cada cem anos - em referência à pandemia do coronavírus - não altera a linha de redução do peso do Estado na economia. Ele considerou um equívoco a ideia de que populações de economias mais estatizadas estão mais protegidas na pandemia. "Isso é uma leitura ideologizada, de que todos vão ter economia mais estatizada porque o Estado é importante."

O ministro reforçou ainda durante a entrevista o comprometimento com a retomada da agenda de reformas, salientando também que, apesar de a covid-19 ter travado uma pauta que estava, segundo ele, encaminhada, o Congresso é reformista. "Vamos conseguir avançar", afirmou Guedes.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Guedes: não vamos privatizar 4 grandes empresas em 4 meses, mas sim anunciar


15/07/2020 | 22:06


O ministro da Economia, Paulo Guedes, disse nesta quarta-feira, 15, que a necessidade de intervenção estatal na contenção dos impactos do coronavírus não muda a orientação liberal do governo e anunciou a intenção de privatizar entre três e quatro grandes estatais até o fim do mandato.

Durante entrevista para a Jovem Pan, Guedes afirmou que não se faz até quatro grandes privatizações em quatro meses, mas a ideia do governo é "anunciar" que fará essas privatizações.

"Queremos anunciar três ou quatro grandes privatizações", afirmou Guedes.

O ministro disse que um "meteoro" que cai sobre a terra a cada cem anos - em referência à pandemia do coronavírus - não altera a linha de redução do peso do Estado na economia. Ele considerou um equívoco a ideia de que populações de economias mais estatizadas estão mais protegidas na pandemia. "Isso é uma leitura ideologizada, de que todos vão ter economia mais estatizada porque o Estado é importante."

O ministro reforçou ainda durante a entrevista o comprometimento com a retomada da agenda de reformas, salientando também que, apesar de a covid-19 ter travado uma pauta que estava, segundo ele, encaminhada, o Congresso é reformista. "Vamos conseguir avançar", afirmou Guedes.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;