Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 7 de Agosto

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

soraiapedrozo@dgabc.com.br | 4435-8057

Volkswagen inaugura modernização de estamparia na Anchieta

Divulgação Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Investimento faz parte do montante de R$ 2,4 bi anunciado no ano passado; nova prensa vai quadruplicar a capacidade de produção


Yara Ferraz
Do Diário do Grande ABC

16/07/2020 | 00:05


A montadora alemã Volkswagen inaugurou, ontem, a modernização da área de estamparia na fábrica Anchieta, em São Bernardo. O investimento para o projeto faz parte do montante de R$ 2,4 bilhões, anunciado no ano passado e destinado para as unidades paulistas da empresa (a planta da região e a de Taubaté, no Interior), e foi mantido mesmo com as implicações econômicas da pandemia.

A montadora adquiriu a prensa PXL Extra Large, que quadruplica a capacidade de fabricação em relação às prensas anteriores. “A nova prensa alcança em média 7,1 ciclos por minuto, chegando a 3.400 peças em um turno de produção, e sua força máxima de estampagem é de 2.100 toneladas”, explicou o vice-presidente de operações da Volkswagen do Brasil e Região América do Sul, António Pires.

A nova prensa será utilizada para estampar peças de todos os veículos produzidos sob a plataforma modular MQB da unidade Anchieta, ou seja, os modelos Polo, Virtus e Nivus, o mais recente lançamento da marca. Este último contribuiu para viabilizar o projeto, uma vez que com a prensa PXL o custo logístico de peças, que eram produzidas em Taubaté, foi reduzido. A unidade do Interior também conta com prensa similar à inaugurada em São Bernardo.

O investimento de R$ 2,4 bilhões foi utilizado em parte para a produção do novo modelo, o quinto da unidade, e faz parte dos R$ 7 bilhões anunciados pela montadora em 2016, e que devem ser aplicados até o fim deste ano. “Essa instalação permite que o processo de produção na estamparia da fábrica Anchieta tenha os mesmos níveis de tecnologia e qualidade disponível no Grupo Volkswagen mundialmente”, afirmou o presidente e CEO da montadora na América Latina, Pablo Di Si.

O projeto da estamparia nasceu no fim de 2018 e manteve o cronograma de instalação planejado, mesmo com as dificuldades que a pandemia trouxe para toda a indústria automotiva. A Anfavea (Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores) prevê queda de 45% na produção de veículos neste ano, na comparação com 2019. Na última semana, Di Si já havia falado sobre a previsão da empresa de que o mercado deste ano tenha queda de 39% em relação a 2019.

Além desta redução nos custos logísticos, a nova prensa PXL e suas instalações também trazem benefícios como redução do consumo de energia elétrica de aproximadamente 7.000 MWh por ano, equivalente ao consumo anual de 3.720 residências, e um processo mais moderno e eficiente, com redução de ruídos (até 60% menos), de vibração, do consumo de óleo e de geração de sucatas.

Ontem, a Volkswagen também celebrou o marco de 24 milhões de automóveis produzidos nas três unidades fabris do Brasil – São Bernardo, Taubaté e São José dos Pinhais, no Paraná.

TECNOLOGIA

Em razão da complexidade logística e com objetivo de oferecer segurança para os envolvidos, a empresa utilizou a fábrica digital no planejamento do projeto. Por meio de simulações virtuais, foi possível obter informações sobre possíveis gargalos, interrupções e espaço para armazenagem de materiais necessários. A tecnologia é similar à empregada no laboratório de protótipo virtual, inaugurado em 2019 em São Bernardo. Com ele, foi possível o desenvolvimento do Nivus de forma 100% digital.

No espaço, é utilizada tecnologia para tornar reais os carros que serão lançados futuramente, inclusive com a visualização do interior e exterior em detalhes e possibilidade de manusear peças, como abrir portas e capô. 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Volkswagen inaugura modernização de estamparia na Anchieta

Investimento faz parte do montante de R$ 2,4 bi anunciado no ano passado; nova prensa vai quadruplicar a capacidade de produção

Yara Ferraz
Do Diário do Grande ABC

16/07/2020 | 00:05


A montadora alemã Volkswagen inaugurou, ontem, a modernização da área de estamparia na fábrica Anchieta, em São Bernardo. O investimento para o projeto faz parte do montante de R$ 2,4 bilhões, anunciado no ano passado e destinado para as unidades paulistas da empresa (a planta da região e a de Taubaté, no Interior), e foi mantido mesmo com as implicações econômicas da pandemia.

A montadora adquiriu a prensa PXL Extra Large, que quadruplica a capacidade de fabricação em relação às prensas anteriores. “A nova prensa alcança em média 7,1 ciclos por minuto, chegando a 3.400 peças em um turno de produção, e sua força máxima de estampagem é de 2.100 toneladas”, explicou o vice-presidente de operações da Volkswagen do Brasil e Região América do Sul, António Pires.

A nova prensa será utilizada para estampar peças de todos os veículos produzidos sob a plataforma modular MQB da unidade Anchieta, ou seja, os modelos Polo, Virtus e Nivus, o mais recente lançamento da marca. Este último contribuiu para viabilizar o projeto, uma vez que com a prensa PXL o custo logístico de peças, que eram produzidas em Taubaté, foi reduzido. A unidade do Interior também conta com prensa similar à inaugurada em São Bernardo.

O investimento de R$ 2,4 bilhões foi utilizado em parte para a produção do novo modelo, o quinto da unidade, e faz parte dos R$ 7 bilhões anunciados pela montadora em 2016, e que devem ser aplicados até o fim deste ano. “Essa instalação permite que o processo de produção na estamparia da fábrica Anchieta tenha os mesmos níveis de tecnologia e qualidade disponível no Grupo Volkswagen mundialmente”, afirmou o presidente e CEO da montadora na América Latina, Pablo Di Si.

O projeto da estamparia nasceu no fim de 2018 e manteve o cronograma de instalação planejado, mesmo com as dificuldades que a pandemia trouxe para toda a indústria automotiva. A Anfavea (Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores) prevê queda de 45% na produção de veículos neste ano, na comparação com 2019. Na última semana, Di Si já havia falado sobre a previsão da empresa de que o mercado deste ano tenha queda de 39% em relação a 2019.

Além desta redução nos custos logísticos, a nova prensa PXL e suas instalações também trazem benefícios como redução do consumo de energia elétrica de aproximadamente 7.000 MWh por ano, equivalente ao consumo anual de 3.720 residências, e um processo mais moderno e eficiente, com redução de ruídos (até 60% menos), de vibração, do consumo de óleo e de geração de sucatas.

Ontem, a Volkswagen também celebrou o marco de 24 milhões de automóveis produzidos nas três unidades fabris do Brasil – São Bernardo, Taubaté e São José dos Pinhais, no Paraná.

TECNOLOGIA

Em razão da complexidade logística e com objetivo de oferecer segurança para os envolvidos, a empresa utilizou a fábrica digital no planejamento do projeto. Por meio de simulações virtuais, foi possível obter informações sobre possíveis gargalos, interrupções e espaço para armazenagem de materiais necessários. A tecnologia é similar à empregada no laboratório de protótipo virtual, inaugurado em 2019 em São Bernardo. Com ele, foi possível o desenvolvimento do Nivus de forma 100% digital.

No espaço, é utilizada tecnologia para tornar reais os carros que serão lançados futuramente, inclusive com a visualização do interior e exterior em detalhes e possibilidade de manusear peças, como abrir portas e capô. 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;