Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 10 de Agosto

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

soraiapedrozo@dgabc.com.br | 4435-8057

Alcolumbre diz que não pautará veto à desoneração nesta semana



14/07/2020 | 22:03


O presidente do Congresso, senador Davi Alcolumbre (DEM-AP), disse que não deve pautar o veto do presidente Jair Bolsonaro à desoneração da folha de pagamentos nesta semana. Além disso, manter ou não sessão agendada para esta quinta-feira (16) vai depender de um acordo para acelerar a votação da Medida Provisória (926), que flexibiliza as regras de contratação e libera licitação para obras e compras de bens e serviços para o combate à pandemia da covid-19.

A MP foi aprovada hoje pela Câmara e pode perder a validade na sexta-feira, 17, se não for aprovada pelo Senado. Por isso, Alcolumbre quer realizar uma sessão dos senadores na quinta-feira para aprovar essa proposta.

"Esse veto (desoneração) que o senhor fez a manifestação não estará entre os vetos apreciados na sessão do Congresso, porque ele mantém a obrigatoriedade, já que foi a decisão dos 30 dias de trancamento de pauta", disse ao responder sobre o tema ao senador Izalci Lucas (PSDB-DF).

Segundo Alcolumbre, a sessão está marcada, mas ele aguarda até amanhã uma decisão dos líderes do Senado sobre a MP 926. "Se conseguirmos um acordo, faremos uma sessão rápida, senão serei obrigado a cancelar a sessão do Congresso novamente", disse.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Alcolumbre diz que não pautará veto à desoneração nesta semana


14/07/2020 | 22:03


O presidente do Congresso, senador Davi Alcolumbre (DEM-AP), disse que não deve pautar o veto do presidente Jair Bolsonaro à desoneração da folha de pagamentos nesta semana. Além disso, manter ou não sessão agendada para esta quinta-feira (16) vai depender de um acordo para acelerar a votação da Medida Provisória (926), que flexibiliza as regras de contratação e libera licitação para obras e compras de bens e serviços para o combate à pandemia da covid-19.

A MP foi aprovada hoje pela Câmara e pode perder a validade na sexta-feira, 17, se não for aprovada pelo Senado. Por isso, Alcolumbre quer realizar uma sessão dos senadores na quinta-feira para aprovar essa proposta.

"Esse veto (desoneração) que o senhor fez a manifestação não estará entre os vetos apreciados na sessão do Congresso, porque ele mantém a obrigatoriedade, já que foi a decisão dos 30 dias de trancamento de pauta", disse ao responder sobre o tema ao senador Izalci Lucas (PSDB-DF).

Segundo Alcolumbre, a sessão está marcada, mas ele aguarda até amanhã uma decisão dos líderes do Senado sobre a MP 926. "Se conseguirmos um acordo, faremos uma sessão rápida, senão serei obrigado a cancelar a sessão do Congresso novamente", disse.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;