Fechar
Publicidade

Domingo, 9 de Agosto

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

soraiapedrozo@dgabc.com.br | 4435-8057

Mourão diz não ter posição sobre CMPF e defende discussão do tema no Congresso



13/07/2020 | 21:20


O vice-presidente Hamilton Mourão afirmou na noite desta segunda-feira, 13, não ter uma posição firmada sobre uma nova CPMF, mas voltou a defender que a possibilidade de criação de imposto único ou sobre transações financeiras seja discutida no Congresso.

"Não tenho posição firmada a esse respeito. O que eu disse, e volto a repetir, é que qualquer discussão a respeito de um imposto único ou imposto sobre transações financeiras tem que ser discutido dentro do Congresso Nacional", disse.

Mais cedo, durante live promovida pela Genial Investimentos, o vice-presidente defendeu a retomada do debate sobre a criação da nova CPMF, apesar da contrariedade do presidente Jair Bolsonaro em relação ao tema. Segundo ele, "mais cedo ou mais tarde essa discussão vai ter que ser colocada na mesa."

Inpe

Perguntado sobre a demissão da pesquisadora responsável pelo trabalho de monitoramento da devastação florestal do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), Mourão afirmou que não irá cobrar explicações. Segundo ele, o assunto cabe ao Ministério da Ciência e Tecnologia. "Sai um, entra outro. O Inpe tem vários técnicos de qualidade, aparentemente pela notícia da forma como foi dada pode ser uma questão de saúde, sei lá, ou está indo para outra atividade", disse.

A demissão de Lubia Vinhas acontece após um alerta sobre recorde de desmatamento na Amazônia. Em entrevista ao Estadão, Mourão afirmou que os mecanismos de monitoramento atuais são "péssimos" e que a operação de combate ao crime ambiental começou tarde.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Mourão diz não ter posição sobre CMPF e defende discussão do tema no Congresso


13/07/2020 | 21:20


O vice-presidente Hamilton Mourão afirmou na noite desta segunda-feira, 13, não ter uma posição firmada sobre uma nova CPMF, mas voltou a defender que a possibilidade de criação de imposto único ou sobre transações financeiras seja discutida no Congresso.

"Não tenho posição firmada a esse respeito. O que eu disse, e volto a repetir, é que qualquer discussão a respeito de um imposto único ou imposto sobre transações financeiras tem que ser discutido dentro do Congresso Nacional", disse.

Mais cedo, durante live promovida pela Genial Investimentos, o vice-presidente defendeu a retomada do debate sobre a criação da nova CPMF, apesar da contrariedade do presidente Jair Bolsonaro em relação ao tema. Segundo ele, "mais cedo ou mais tarde essa discussão vai ter que ser colocada na mesa."

Inpe

Perguntado sobre a demissão da pesquisadora responsável pelo trabalho de monitoramento da devastação florestal do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), Mourão afirmou que não irá cobrar explicações. Segundo ele, o assunto cabe ao Ministério da Ciência e Tecnologia. "Sai um, entra outro. O Inpe tem vários técnicos de qualidade, aparentemente pela notícia da forma como foi dada pode ser uma questão de saúde, sei lá, ou está indo para outra atividade", disse.

A demissão de Lubia Vinhas acontece após um alerta sobre recorde de desmatamento na Amazônia. Em entrevista ao Estadão, Mourão afirmou que os mecanismos de monitoramento atuais são "péssimos" e que a operação de combate ao crime ambiental começou tarde.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;