Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 10 de Agosto

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Rabobank: coronavírus terá impacto devastador na economia da Itália



13/07/2020 | 09:55


A economia da Itália está enfrentando um de seus momentos mais difíceis da história moderna com a crise do coronavírus, segundo avaliação de Maartje Wijffelaars, economista sênior do Rabobank. O banco holandês estima que o Produto Interno Bruto (PIB) italiano sofreu contração anual de quase 17% no segundo trimestre, após encolher 5,4% no primeiro trimestre.

"Embora haja espaço para uma recuperação técnica no segundo semestre, a economia italiana não conseguirá se recuperar totalmente antes de 2025", previu o economista. O Rabobank avalia que o impacto do coronavírus na Itália será devastador, com queda de 11,5% do PIB este ano. Para 2021, a projeção é de crescimento de 7%. "Não esperamos uma crise bancária imediata, mas os balanços de bancos vão se deteriorar e o quadro geral continua um tanto melancólico", disse Wijffelaars.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Rabobank: coronavírus terá impacto devastador na economia da Itália


13/07/2020 | 09:55


A economia da Itália está enfrentando um de seus momentos mais difíceis da história moderna com a crise do coronavírus, segundo avaliação de Maartje Wijffelaars, economista sênior do Rabobank. O banco holandês estima que o Produto Interno Bruto (PIB) italiano sofreu contração anual de quase 17% no segundo trimestre, após encolher 5,4% no primeiro trimestre.

"Embora haja espaço para uma recuperação técnica no segundo semestre, a economia italiana não conseguirá se recuperar totalmente antes de 2025", previu o economista. O Rabobank avalia que o impacto do coronavírus na Itália será devastador, com queda de 11,5% do PIB este ano. Para 2021, a projeção é de crescimento de 7%. "Não esperamos uma crise bancária imediata, mas os balanços de bancos vão se deteriorar e o quadro geral continua um tanto melancólico", disse Wijffelaars.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;