Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 5 de Agosto

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Prainha observa aglomeração
e pessoas sem máscaras

Celso Luiz/DGABC Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Turistas ignoram quarentena e até pilotam moto aquática diante de falta de fiscalização


Vinicius Castelli
Do Diário do Grande ABC

11/07/2020 | 22:19


Sábado de sol, céu azul e temperatura na casa dos 28ºC geralmente dão aquela vontade de passear e aproveitar o fim de semana. E foi exatamente isso o que aconteceu ontem na Prainha do Riacho Grande, em São Bernardo, ainda que a quarentena por causa da pandemia da Covid-19 siga em vigor até dia 30, como foi decretado pelo governador de São Paulo João Doria (PSDB) na sexta-feira.

Crianças circulando e brincando sem máscara de proteção, dezenas de adultos conversando com a falta do equipamento de segurança sanitária e sem distanciamento foram algumas das situações observadas. Teve até quem tirou a moto aquática da garagem para um passeio na Represa Billings, além dos que entraram na água para se refrescar.

Populares aproveitaram o bom tempo para levar os cachorros para um passeio às margens da represa, enquanto casais e grupo maior de pessoas levaram cadeiras e geladeira portátil com bebidas para desfrutar o visual do local. Os quiosques funcionavam normalmente. Cenário normal para uma tarde de sábado não fosse a pandemia.

Em março, a Prefeitura de São Bernardo decretou restrição de acesso de moradores à Prainha do Riacho Grande por tempo indeterminado, como medida para combater o contágio e a transmissão do novo coronavírus. Agora, com o Grande ABC na fase amarela do Plano São Paulo de reabertura da atividade econômica, já podem funcionar estabelecimentos como restaurantes e bares, por exemplo – com horário e capacidade reduzidos. O uso da máscara de proteção é medida obrigatória, seja nos comércios ou em locais públicos, assim como pede-se distanciamento social. A equipe do Diário não notou fiscalização da administração municipal no local no começo da tarde de ontem.

Questionada, a Prefeitura informou, por meio de nota da Secretaria de Segurança Urbana, que ontem efetuou 55 abordagens nessa região, entre o período da manhã e tarde, sob orientação para o uso de máscara facial. “Um restaurante situado na Prainha teve ocorrência para a vigilância sanitária, por infrações, além de boletim de ocorrência registrado.”

Ainda segundo a Prefeitura, a GCM (Guarda Civil Municipal) vai reforçar o efetivo para fiscalização e circulação de pessoas, e seguindo o trabalho de orientação quanto à importância do distanciamento social. “Todas as pessoas flagradas no local são orientadas a retirarem-se, ou a colocar as máscaras caso não estejam usando. Não está sendo permitido pela GCM o acesso de moto aquática na Prainha, e os que eventualmente acessem o local estão sendo orientados e retirados do local”, afirmou a Prefeitura.

PARQUES
A Prefeitura de São Caetano publicou decreto estabelecendo a reabertura de parques municipais a partir de quarta-feira. Conforme a norma, as áreas de lazer ficarão abertas das 8h às 16h e poderão concentrar apenas 30% da capacidade máxima, bem como impedir acesso a playgrounds, quadras esportivas e ginásios. 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Prainha observa aglomeração
e pessoas sem máscaras

Turistas ignoram quarentena e até pilotam moto aquática diante de falta de fiscalização

Vinicius Castelli
Do Diário do Grande ABC

11/07/2020 | 22:19


Sábado de sol, céu azul e temperatura na casa dos 28ºC geralmente dão aquela vontade de passear e aproveitar o fim de semana. E foi exatamente isso o que aconteceu ontem na Prainha do Riacho Grande, em São Bernardo, ainda que a quarentena por causa da pandemia da Covid-19 siga em vigor até dia 30, como foi decretado pelo governador de São Paulo João Doria (PSDB) na sexta-feira.

Crianças circulando e brincando sem máscara de proteção, dezenas de adultos conversando com a falta do equipamento de segurança sanitária e sem distanciamento foram algumas das situações observadas. Teve até quem tirou a moto aquática da garagem para um passeio na Represa Billings, além dos que entraram na água para se refrescar.

Populares aproveitaram o bom tempo para levar os cachorros para um passeio às margens da represa, enquanto casais e grupo maior de pessoas levaram cadeiras e geladeira portátil com bebidas para desfrutar o visual do local. Os quiosques funcionavam normalmente. Cenário normal para uma tarde de sábado não fosse a pandemia.

Em março, a Prefeitura de São Bernardo decretou restrição de acesso de moradores à Prainha do Riacho Grande por tempo indeterminado, como medida para combater o contágio e a transmissão do novo coronavírus. Agora, com o Grande ABC na fase amarela do Plano São Paulo de reabertura da atividade econômica, já podem funcionar estabelecimentos como restaurantes e bares, por exemplo – com horário e capacidade reduzidos. O uso da máscara de proteção é medida obrigatória, seja nos comércios ou em locais públicos, assim como pede-se distanciamento social. A equipe do Diário não notou fiscalização da administração municipal no local no começo da tarde de ontem.

Questionada, a Prefeitura informou, por meio de nota da Secretaria de Segurança Urbana, que ontem efetuou 55 abordagens nessa região, entre o período da manhã e tarde, sob orientação para o uso de máscara facial. “Um restaurante situado na Prainha teve ocorrência para a vigilância sanitária, por infrações, além de boletim de ocorrência registrado.”

Ainda segundo a Prefeitura, a GCM (Guarda Civil Municipal) vai reforçar o efetivo para fiscalização e circulação de pessoas, e seguindo o trabalho de orientação quanto à importância do distanciamento social. “Todas as pessoas flagradas no local são orientadas a retirarem-se, ou a colocar as máscaras caso não estejam usando. Não está sendo permitido pela GCM o acesso de moto aquática na Prainha, e os que eventualmente acessem o local estão sendo orientados e retirados do local”, afirmou a Prefeitura.

PARQUES
A Prefeitura de São Caetano publicou decreto estabelecendo a reabertura de parques municipais a partir de quarta-feira. Conforme a norma, as áreas de lazer ficarão abertas das 8h às 16h e poderão concentrar apenas 30% da capacidade máxima, bem como impedir acesso a playgrounds, quadras esportivas e ginásios. 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;